Publicidade

Publicidade

28/10/2010 - 12:00

Tiririca afirma que teve ajuda para escrever declaração e pode ser preso

Compartilhe: Twitter

Parece que a carreira política do deputado federal mais votado do Brasil terá vida bem curta. Pelo menos, é o que a justiça afirma, caso fique constatado que Francisco Everardo, o Tiririca, teve ajuda para escrever a declaração que afirma que ele é alfabetizado.

Segundo matéria no site da Veja, Tiririca admitiu que recebeu ajuda da sua esposa, pois – de acordo com a defesa do deputado – os anos que trabalhou no circo provocaram um problema em sua mão que dificulta a aproximação do dedo polegar do indicador.

Para quem não está sabendo, para assumir seu cargo, Tiririca teve que preencher uma declaração à mão para provar que sabe ler e escrever – requisito básico para que alguém assuma um cargo político aqui no Brasil.

O problema, é que a declaração foi submetida a peritos do Instituto de Criminalística que identificaram que o autor da carta possui “habilidade gráfica maior do que aquela que objetivou registrar ao longo do texto de declaração”.

Caso se comprove a fraude, Tiririca pode ser condenado a cinco anos de prisão e pagamento de multa por, segundo a lei, “omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais”.

Além disso, Tiririca pode se envolver em um problema maior ainda! Caso ele seja considerado analfabeto, como assinou sua carteira de habilitação, tirada em 1996?

A defesa do humorista trabalha para mostrar que Tiririca tem dificuldade de dicção e reflexos, usando laudos e pareceres de fonoaudiólogos e psicólogos.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade Tags: , , , , , , ,
02/03/2009 - 00:03

Vídeo com imagens chocantes de agressão a adolescente vaza e provoca polêmica

Compartilhe: Twitter

Um vídeo que mostra imagens chocantes da agressão de dois policiais a uma adolescente de 15 anos acabou sendo divulgado e provocou discussões acaloradas sobre o abuso de poder nos EUA. O xerife adjunto do estado de Washington, Paul Schene, é o terceiro policial a enfrentar acusações de força excessiva.

Tudo aconteceu em novembro de 2008, quando a garota foi detida por ter sido acusada de roubar um carro. O vídeo, feito por uma câmera de vigilância e divulgado pela TV, mostra claramente o momento em que os policiais partem para cima da moça após colocá-la dentro de uma sala. Segundo o policial, a maneira escolhida para deter a adolescente tinha o objetivo de evitar novos ataques. Ele explicou que pediu a garota que retirasse o tênis e, como ela livrou-se dele de forma brusca, pareceu que tentava agredi-lo.

Segundo o site Seattlepi, a advogada do policial explicou que o vídeo não mostra a história completa e não deveria ser considerado no processo que seu cliente responde, além de “inflamar a opinião pública“.

A adolescente comentou que sentiu muita dificuldade de respirar após a agressão. Já Schene pode pegar até um ano de prisão, se condenado. Ele encontra-se de licença desde o início de dezembro.

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Flagra, Video Tags: , ,
17/02/2009 - 00:03

Fotos mostram imagens dentro de cadeia que pouca gente conhece

Compartilhe: Twitter

Direitos humanos ou humanos direitos? As cadeias brasileiras estão lotadas e milhares de detentos estão presos, mesmo após terem cumprido pena.

Uma inspeção feita, e publicada no jornal O Globo, constatou que mil detentos em cadeias de quatro estados já deveriam estar soltos. De acordo com a matéria, sem advogado particular ou defensor público designado para suas causas os detentos acabam amontoando-se nas celas.

As fotos a seguir mostram imagens do antigo Carandiru que pouca gente conhece. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Fotos Tags: , ,
Voltar ao topo