Publicidade

Publicidade

27/04/2011 - 00:01

Membro de gangue acaba preso após tatuar cena de crime no corpo

Compartilhe: Twitter

Em 2004, um membro de uma gangue de Los Angeles, chamado John Juarez, acabou sendo assassinado. O processo foi conduzido por Kevin Lloyd, responsável pela divisão de homicídios, mas acabou sendo arquivado por falta de pistas.

Quatro anos depois, enquanto vasculhava algumas fotos de integrantes de gangues, o sargento Kevin acabou tendo sua atenção presa por um sujeito.

Sem camisa, Anthony Garcia, de 25 anos, trazia uma cena completa no corpo. A tatuagem ilustra os acontecimentos que originaram a morte de John Juarez. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Curiosidade, Inusitadas Tags: , , , ,
Voltar ao topo