Japonês quer casar com desenho animado

Você gosta de desenhos animados? Se a resposta for positiva, tenho certeza que mesmo assim você não chega aos pés de Taichi Takashita, um japonês que deseja legalizar o casamento entre pessoas e desenhos.

De acordo com o jornal Daily Telegraph, o rapaz comentou que sente-se melhor nos relacionamentos bi-dimensionais, do que no mundo real: “Não estou mais interessado na terceira dimensão”, afirmou.

Segundo Takashita, sua decisão nasceu quando ele percebeu que, como não poderia habitar o mundo dos quadrinhos, “pelo menos seria possível conseguir autorização legal para casar com um desenho animado”.

Pensou que o rapaz está louco? Pois saiba que ele não é o único. Mais de mil pessoas – isso mesmo, mil pessoas – já assinaram o abaixo-assinado, que busca o reconhecimento da lei. “Há muito tempo que só consigo me apaixonar por pessoas bi-dimensionais. Hoje amo uma pessoa, mesmo que ela seja ficcional, mas ainda a amo. Eu gostaria de ter aprovação legal”, disse um dos adeptos do projeto de Takashita.

Além disso, o projeto conta com um aliado de peso: o primeiro-ministro do Japão, Taro Aso.

Mais alguém aqui apaixonado(a) por algum(a) personagem?

Veja mais notícias e posts no Buteco da Net

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!