‘Jornal Nacional’ da Rússia é interrompido por mulher com cartaz antiguerra; assista

A exibição do maior jornal russo, o Tempo, que é uma espécie de Jornal Nacional de lá, foi interrompido por uma produtora segurando um cartaz contra a invasão russa, com os dizeres: “não acreditem em propaganda, estão mentindo para vocês – Russos contra a guerra”. Antes da invasão, Marina Ovsyannikova, que também foi apresentadora da emissora Canal Um, postou nas suas redes sociais que sentia-se envergonhada do trabalho que fazia. “Infelizmente, nos últimos anos, trabalhei no Canal Um e estava envolvida na propaganda do Kremlin – e agora estou envergonhada disso”.

Ela disse que seu pai é ucraniano e sua mãe russa, mas eles nunca foram inimigos.

Pelo ato de protesto, ela pode ser condenada a até 15 anos de prisão, de acordo com as leis rigorosas do presidente Putin.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
À Toa na Net Garotas de Programa Tenso Acompanhantes SP O Macho Alpha Disk Acompanhantes
Comenta aí, butequeiro!