Masturbação pode ser prejudicial para jovens e benéfica para homens acima dos 50

Mais um episódio para um capítulo polêmico chamado: masturbação! Um estudo publicado no British Journal of Urology, chegou à conclusão que jovens entre 20 e 30 anos, que se masturbam com frequencia, têm maior chance de desenvolver câncer de próstata do que os demais. Entre os adolescentes que desenvolveram a doença, 34% masturbavam-se frequentemente.

Uma outra grande descoberta mostra que homens com idade acima dos 50, que têm o hábito de se mastubar, têm mais chance de evitar a doença, pois eliminam resíduos que ficam acumulados na próstata.

A próstata secreta um líquido leitoso que mistura-se com o esperma e forma o sêmen. O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte nos EUA, depois do câncer de pulmão, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention.

Já nos jovens, a pesquisa identificou que a masturbação pode ser prejudicial porque a próstata ainda está desenvolvimento, se apresentando mais suscetível às mudanças hormonais.

Assustou? De acordo com matéria do site Live Science, a medicina explica tudo. À medida que os homens envelhecem, o corpo acaba acumulando toxinas. A masturbação e a atividade sexual, são capazes de eliminar estas toxinas.

“Hormônios parecem desempenhar um papel fundamental no câncer de próstata, e é muito comum que a terapia estimule a eliminação das células cancerosas”, disse Polyxeni Dimitropoulou, autora principal do estudo.

Pelo visto, parece que a melhor alternativa é dosar o desejo.

Veja mais imagens, fotos, vídeos e notícias curiosas

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!