Mc Miltinho x GTA: Brasileiro de oito anos consegue proibir venda de um dos mais famosos jogos do mundo

Quem teve a oportunidade de jogar GTA na sua versão mais recente, A Balada do Tony Gay, deve ter escutado algo bem familiar. Numa das passagens do jogo, a música executada é de um brasileiro, o funkeiro Milton, mais conhecido como Mc Miltinho, de apenas oito anos.

Para quem não está muito ligado no mundo dos games, o GTA é um dos títulos mais famosos e polêmicos de todos os tempos. O jogo de ação já vendeu mais de 17 milhõs de cópias, apesar de estar proibido em alguns países, em virtude da trama que envolve doses de violência.

A história de Miltinho com o jogo começou em julho deste ano. Ele e o pai gravaram um funk em um estúdio do Rio de Janeiro e a música começou a fazer sucesso nos bailes da cidade. Pouco tempo depois, um DJ alemão remixou o funk e lançou com o nome de Kid Konga.

A versão foi incorporada no game e a família do garoto só soube quando ele foi lançado. A princípio todos ficaram muito felizes, mas logo perceberam que o jovem Mc poderia ter ganhado algum dinheiro com a venda dos direitos autorais. Confira no vídeo a seguir.

Segundo o site Kotaku, a Rockstar, produtora do jogo, apresentou documentos que autorizam o uso da música, mas as assinaturas não eram as dos autores da canção.

Através de uma decisão judicial, o advogado da família conseguiu suspender a comercialização do jogo e exige uma indenização de R$ 500 mil por direitos autorais, danos morais e materiais.

A família de Milton afirma que essa é a chance deles melhorarem um pouco de vida. Por falta de recursos o garoto foi retirado da escola particular .

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!