Médicos removem rins de doadora através da vagina

Não, você não leu errado! Cirurgiões retiraram um rim de uma mulher através da vagina para que ela pudesse salvar sua sobrinha, numa operação pouco convencional, que também tem o objetivo de encorajar outras pessoas a doar.

A inusitada cirurgia foi realizada por médicos na John Hopkins University of Medicine, que vêem nesse tipo de intervenção uma forma de auxiliar o pós-operatório, porque reduz a dor, acelera o tempo de cicatrização e de recuperação.

Jennifer Gilbert, de 23 anos, recebeu o rim doado pela tia Kimberly Johnson (foto acima), de 48, que declarou que todo o procedimento “foi mais fácil do que um parto“.

Segundo a ABCNews, a remoção transvaginal de rim foi feita anteriormente para remover tumores e rins que perderam o funcionamento em pacientes doentes.

A operação deixou três cicatrizes do tamanho de uma ervilha no abdômen da mulher. Com isso, os cirurgiões esperam que mais mulheres sintam-se encorajadas e transformem-se em doadoras. O Dr. Robert Montgomery, que liderou a equipe durante a intervenção, declarou que a operação é menos dolorosa do que uma cirurgia de vesícula e que a recuperação é extremamente rápida.

Mas é preciso ter cautela, o diretor da Cleveland Clinic, Dr. Jihad Kaouk, declarou que “existe um risco de infecção com o rim passando através de uma área contaminada e depois indo para outro paciente que está imunocomprometido”.

“Essa é uma preocupação que temos, e gostaríamos de acompanhar o resultado a este respeito”, encerrou Kaouk.

Kimberly, a doadora já pôde sair da cama no mesmo dia da cirurgia, sem nenhum risco.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!