Menino de 11 anos é nomeado "Analista Tecnológico" pela Microsoft

O que você diria se visse um garoto de 11 anos sendo sondado para trabalhar na Microsoft? Este é o pequeno egípcio Mahmoud Wael. Reconhecido como uma das crianças mais inteligentes do mundo.

Tudo começou aos três anos de idade, quando o pai do garoto percebeu que ele tinha facilidade com cálculos, enquanto ajudava sua irmã nas tarefas da escola.

Mahmoud acabou passando por uma avaliação e detectaram que seu QI é de 155, considerado muito alto.

A partir daí, o pequeno egípcio começou a estudar e aos nove anos entrou para a Universidade Americana do Cairo, onde estuda Informática, além de inglês e francês.

Mas não acabou aí. Há seis anos, a Microsoft o presenteou com um laptop e este anos o nomeou “Analista Tecnológico”.

Numa entrevista à agência EFE, Mahmoud brinca: “Já posso trabalhar com redes de computadores, já sou um profissional”, disse ele.

A rotina do garoto é bem pesada. Ele acorda às 06:30 e dedica praticamente todo o dia nas salas de aula de um colégio internacional e da universidade.

Do jeito que vai, Mahmoud logo conquistará seu sonho: ser premiado com o prêmio Nobel, assim como ocorreu com seu compatriota Ahmed Zewail. “Antes de completar 20 anos, vou morar fora do Egito para estudar. Depois volto para tentar inventar algo por aqui”, disse o pequeno gênio.

Fonte

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!