Mulher não pode ser presa porque é gorda demais

Não é por acaso que a obesidade mórbida é uma das doenças mais combatidas em todo o mundo, mas, curiosamente, no caso de Lizbeth Mayra Rosales, a doença até foi benéfica (se é que podemos considerar dessa forma).

Lizbeth foi condenada pelo assassinato do seu sobrinho de 2 anos, mas por pesar quase meia tonelada (mais precisamente 453,59 kg), não pode ir para cadeia. Aliás, suas medidas exageradas, não permitem sequer que passe pela porta do seu quarto.

Em março desse ano, a texana de 27 anos feriu mortalmente Eliseo Gonzales Jr. com dois golpes na cabeça, mas alegou que o garoto teria escorregado e batido com a cabeça numa cadeira. Entretanto, as investigações revelaram que as lesões que causaram a morte de Eliseo foram causadas por “força bruta”, absolutamente incompatíveis com as declarações de Lizbeth.

Sem nenhuma chance de deslocamento, a alternativa foi manter a moça em prisão domiciliar e fotografá-la periodicamente. Lupe Trevino, xerife da cidade, explicou ao jornal Telegraph que prender Lizbeth em uma cadeia normal seria um risco muito grande, porque obviamente, sua saúde inspira cuidados especiais.

Fico imaginando como deve ser a vida dessa mulher.

Veja também

Confira outras matérias. Tem muuuuuuito mais…

Jade detona e diz que CBG proibiu água em Pequim
Loira + Capoeira+samba = 6 milhões de visualizações
Separados no nascimento, por um clique no Photoshop
Brincalhão usa 400 sacos de salgadinho em pegadinha
Enfim, ele deve ser punido por causa da “Pirikita”?
Praticar Taekwondo não é para qualquer um
10 erros que fazem seu currículo ir parar no lixo
Conheça o primeiro rapper mudo do planeta
Abertura dos Simpsons totalmente feita com Legos
Conheça a fantástica história de Christian, o Leão

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!