O homem que acabou fazendo parte de uma das capas de discos mais famosas da história sem perceber

Fique ligado: você pode estar famoso sem saber! Foi exatamente isso que aconteceu com Paul Cole, um aposentado americano que, sem perceber, acabou fazendo parte de uma das capas de discos mais famosas da história.

Curiosamente, Cole nunca foi fã dos Beatles e jamais planejou aparecer na capa de Abbey Road. Entretanto, a foto tirada em 1969, tornou-se ícone e fez com que o aposentado fosse eternizado, mesmo que de uma maneira bastante sutil. Para quem não percebeu, Cole aparece ao fundo, próximo à cabeça de John Lennon.

Uma matéria do site TCPalm, de 2008, contou a versão da história do aposentado.

“Eu estava de férias com minha esposa em Londres e disse: ‘Já vi museus demais. Te vejo mais tarde’. Aí eu vi aquela viatura parada e fui até ela. Eu devia estar conversando com o policial durante uma mais hora mais ou menos. Então vi aqueles quatro caras atravessando a rua como numa fila de patos. Eu achei que se tratava de um bando de arruaceiros, pois todos tinham cabelos compridos e um deles estava descalço. Não se anda descalço em Londres”, contou ele.

Cole só foi perceber sua participação “especial” cerca de um ano depois, quando encontrou o “Abbey Road” em cima do toca-discos da família. “Minha foto está e milhares de lares por aí”, brincou ele.

A foto da famosa capa dos Beatles foi tirada por Ian McMillian e alimentou grande polêmica. Na ocasião, surgiram boatos de que Paul McCartney estaria morto. Tudo porque McCartney aparece descalço, com passo trocado em relação aos outros membros. Além disso, é possível ver um fusca branco estacionado com a placa “28IF”, sendo interpretada como a idade do músico naquele ano.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!