Opa… o Ziraldo ficou maluquinho

Apesar de não saber o contexto do que estava conversando achei que Ziraldo, ao chamar 32 milhões de pessoas de idiota foi no mínimo inconseqüente. Logo ele, que tem na internet um dos meios de divulgação do seu trabalho com um site e venda de seus livros através de lojas virtuais. Esse tom arrogante e preconceituoso que ele usou para fazer referência aos usuários de internet é inversamente proporcional ao espírito intelectual que ele prega e incentiva que as pessoas tenham (principalmente as crianças).

Update, em 08/07
Percebi que esse post rendeu muita polêmica (veja pelos vários comentários), por isso vou aproveitar a ocasião para quebrar o protocolo e justificar meu ponto de vista, não por me sentir ofendido (faço questão de escrever todos os meus posts respeitando – ou tentando respeitar – as boas regras do nosso idioma) e mais porque não gosto de deixar as coisas sem entendimento.

O Ziraldo foi sim muito infeliz em sua colocação pelo fato de ter generalizado sua afirmação, independente do contexto em que a conversa foi conduzida ou da afeição de muitos pelo escritor. Formei minha opinião porque tive a oportunidade de ouvir o podcast do Flash com a entrevista na íntegra. Afirmações de natureza a generalizar qualquer situação deve ser feitas com bastante cuidado e foi essa a minha indignação. Quem leu (e compreendeu) o comentário que fiz a respeito do vídeo pôde perceber que, ao contrário do que muitos afirmaram sobre ‘tomar a carapuça para si mesmo’ em momento algum me senti ofendido ou destratado, afirmei claramente que ele ‘foi no mínimo inconseqüente’ e acredito que esse deve ser um cuidado constante para quem é formador de opinião como o Zirado.

Sobre haver muita coisa inútil na internet, ele está coberto de razão, não há nenhuma novidade nisso. A possibilidade de expressar-se de forma ‘livre’ faz com que as pessoas assumam posturas que nem sempre agradam a todos. Lembrei-me do que dizia Dona Noca: ‘quem nunca comeu melado, quando come se lambuza!’ e do Nelson Rodrigues sussurrando, ‘toda unanimidade é burra’.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!