Os 10 momentos históricos da web

Com algumas variações de cálculo, a Web tem entre 15 e 17 anos, um adolescente desajeitado buscando a maturidade. Decidimos, então, listar os 10 grandes momentos da história e da pré-história da Web.

10 – O escândalo do presidente Clinton


17 de janeiro de 1998: Drudge anuncia o escândalo Lewinsky

Ame Matt Drudge, odeie ou pense o menos possível nele, é um jornalista que merece seus créditos. Um dia após a Newsweek matar a história sobre o escândalo com Clinton na Casa Branca, o Drudge Report publicou o caso de Mônica Lewinsky mesmo assim.

Foi o primeiro exemplo da Web furando a mídia nos Estados Unidos, mas não seria o último. Assim como o telégrafo sustentou a pony express, a mídia tradicional percebeu que não poderia competir com o caráter instantâneo da internet. Começou então a furar seus próprios veículos ao publicar matérias na versão online e depois no impresso. Algumas publicações encerraram suas versões impressas e passaram a publicar exclusivamente online, outras foram redesenhadas ou desapareceram por completo. A era das notícias na Web havia começado.

9 – Câmera escondida


Abril de 1996: Entra no ar a JenniCam

Por mais de sete anos, Jennifer Ringley publicou sua vida pelos olhos de uma Webcam, inicialmente como um projeto artístico e depois cobrando assinaturas de 15 dólares para 20 milhões de visitantes. Apesar de algumas vezes ela aparecer nua e até ter relações sexuais em frente à câmera, o conteúdo é menos pornográfico que uma tediosa janela.

8 – Nasce o Yahoo


Fevereiro de 1994: Jerry e David ‘favoritam’ a Web.

Alguns hobbies seguem uma vida própria, outros mudam o mundo. Em 1994 os estudantes PhD da Universidade de Stanford, Jerry Yang e David Filo, postaram na Web uma lista, contendo seus sites favoritos da rede. O nome original dessa lista era “O Guia para a World Wide Web de Jerry e David”. Em abril daquele ano, o nome foi reformulado para “Yet Another Hierarchical Officious Oracle” ou Yahoo.

O Yahoo representa a primeira tentativa de catalogar a web, oferecendo listas de diretórios de quaisquer sites que fossem interessantes. Quando a cobertura exaustiva tornou-se impossível, o Yahoo renasceu como portal combinando o diretório com busca, notícias, mensagens instantâneas, e-mail, hospedagem de fotos, listas de empregos e muitos outros serviços. Enquanto outros portais como Lycos e Excite foram fechados ou comprados, o Yahoo
continuou sua expansão. Apesar de o Yahoo ter sido ultrapassado pelo gigante das buscas, Google, muitos outros momentos memoráveis devem ser alcançados no futuro com o co-fundador, Jerry Yang, no comando.

7 – Blogando o Katrina


28 de agosto de 2005: O blog ‘Os Sobreviventes de Nova Orleans’ é inaugurado

Quando um furacão de Categoria 5 atingiu Nova Orleans, Michael Barnes blogou: “Estamos no 10º e 11º andares de um prédio corporativo. Temos geradores e toneladas de comida e água. Somos cinco no total. Não estou certo se a conexão de internet será afetada. Eu tenho uma câmera e minha arma… Honestamente, isso pode ser bíblico.”

Dezenas de milhares de internautas visitaram o blog todos os dias, agregando coberturas pessoais não encontradas na CNN ou no The New York Times.

A iniciativa de Barnes provou que os blogs podem ser ferramentas valiosas no registro e na compreensão da experiência humana.

6 – O primeiro grande site de leilões


3 de setembro de 1995: eBay completa seu primeiro leilão

Há pouco tempo, a única forma de obter retorno com as velharias da sua garagem era organizar um brechó. Agora milhares de empresas de pequeno e médio porte utilizam o eBay como sua principal vitrine, levando o e-commerce para as pessoas.

Segundo a lenda, o primeiro item leiloado no eBay foi um apontador laser, quebrado, vendido por 14,83 dólares, provando que alguém em algum lugar compra qualquer coisa. Vários bilhões de dólares depois, a prova está mais firme do que nunca.

5 – Nasce a Wikipedia


15 de Janeiro de 2001: Wikipedia tem seu primeiro artigo

Todo mundo é um especialista. Essa frase nunca foi tão verdadeira quanto na Wikipedia, a enciclopédia online onde qualquer um pode adicionar ou editar artigos. A Wikipedia possui mais de 2 milhões de artigos em inglês (mais de 7 milhões no total) sobre tudo, desde o game Aaargh! até ZZZap!, um programa de TV para crianças.

Pense na Wikipedia como uma série interminável de argumentos, munida de guerras de edição e revisões de revisões, arquivadas e identificadas por colaboradores. O resultado é uma fonte de informação que serve as pessoas buscando por algo na web.

O criador Jimmy Wales não se lembra do primeiro artigo da Wikipedia, mas sim das primeiras palavras digitadas no wiki: “Olá mundo”.

4 – Os criadores dos nomes de domínio


23 de junho de 1983: Nasce o sistema de nomes de domínio

Agradeça a Paul Mockapetris, Craig Partridge e Jon Postel pelo fato de você não ter que digitar 70.42.185.10 para chegar lá. Juntos eles criaram o sistema de nomes para domínios, substituindo os endereços numéricos de internet pela linguagem de domínios, permitindo que o mundo “não-geek” pudesse aproveitá-la.

3 – Nasce o Google


7 de setembro de 1998: a criação do Google

De volta a 1995, quando os co-fundadores Sergey Brin e Larry Page se encontraram na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, eles não se gostavam muito. Mas em janeiro de 1996 estavam colaborando com o BackRub, um projeto de graduação para a análise de como os links poderiam ser usados para aprimorar resultados de buscas.

No início de 1998, a dupla montou um data center no dormitório de Larry e começou a vender o conceito do BackRub. (Uma das primeiras pessoas a recusar a oferta foi David Filo, do Yahoo, que provavelmente deve estar se lamentando até agora.)

Em setembro de 1998, quando o Google Inc. abriu sua operação dentro de uma garagem do vale do Silício, a web ingressou em uma segunda fase.

2 – O primeiro browser


15 de março de 1993: Nasce o browser gráfico

Marc Adreessen e Eric Bina eram somente estudantes do National Center for Supercomputing Applications na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. Mas quando anunciaram o beta do Mosaic, um browser para o sistema de gerenciamento de janelas X Windows System, não imaginavam o impacto que isso causaria no desenvolvimento da web.

No lugar de abrir imagens em uma nova janela, o Mosaic as anexava dentro do texto. A simplicidade esperta do Mosaic funcionou, logo surgiram versões para outros sistemas operacionais.

1. Nasce a Internet


25 de dezembro de 1990: criação da Web

O grande momento da história da web tinha de ser o instante de sua própria criação. Em uma manhã de Natal de 1990, Tim Berners Lee e Robert Cailliau, do laboratório de pesquisas CERN, em Genebra, se comunicaram com o primeiro servidor web do mundo e continuam dando a todos nós mais do que um presente de Natal.

Segundo o site Living Internet, Berners Lee originalmente desenvolveu um sistema de hipertextos para rastrear centenas de projetos, softwares e computadores em uso no Departamento de Física do CERN. Usando um computador NeXT, Berners Lee desenvolveu um browser rudimentar em meados de 1990. Em seguida, ele e Cailliau criaram o primeiro conteúdo da internet: o diretório
de telefones do CERN.

Em agosto do ano seguinte, Berners Lee apresentou sua criação ao mundo (ou pelo menos à porção do mundo que estava conectada ao grupo de notícias alt.hypertext). No final de 1992, a rede hospedava 50 servidores web. No final de 1994, o número subiu para 2.500. O Big Bang já havia começado.

O fato de você estar lendo esta reportagem na tela de seu desktop, e não em papel, já diz tudo.

[ FONTE ]

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!