Os erros mais freqüentes de quem malha

Muitas vezes o entusiasmo de quem acabou de se matricular em uma academia pode fazer com que o novo malhador exagere na dose.

Um dos erros mais comuns é buscar resultados imediatos a qualquer custo. “Tem gente que passa cinco anos sem se exercitar e quer que em menos de um mês o corpo fique como se nunca houvesse parado de treinar”, comenta o personal trainer Marco Aurélio Viana.

Fique atento aos sinais de seu corpo. Aquela dorzinha depois dos exercícios é comum na primeira semana, mas, se persistir, pode mostrar que há algo errado, na carga ou na freqüência. Outro erro apontado pelos especialistas é não se alimentar para treinar. Isso é mais comum entre pessoas que buscam redução de medidas.

“Não é porque você quer emagrecer que tem de parar de comer ou comer muito pouco. Muita gente não sabe, mas quando se fica muito tempo em jejum ou comendo errado, o corpo passa a metabolizar massa magra, ou seja perder músculo”, ensina Marco Aurélio Viana. Por isso, é ideal seguir uma alimentação balanceada, que contenha todos os grupos de alimentos.

Ao contrário do que muita gente acredita, os carboidratos jamais devem ser cortados do prato, já que fornecem pelo menos 40% de toda a energia que o corpo humano precisa.

Anabolizantes e GH: perigo à vista
Eles são usados por alguns dos praticantes de musculação, mas são condenados por grande parte dos especialistas. São vendidos de forma clandestina em muitas lojas e farmácias, e usados entre malhadores para garantir maior tônus muscular, aumentar a massa magra (queimar gorduras, no caso dos chamados fat burners).

Os anabolizantes são substâncias que potencializam os efeitos do exercício no corpo, recuperando as fibras musculares que foram anteriormente gastas ou danificadas durante a atividade. Entretanto, se usados de forma errônea, podem provocar não apenas retenção de líquidos e estrias, como também causam aumento da massa óssea e alterar as funções cardíacas, hepáticas e renais.

Outro produto de uso controvertido é o hormônio de crescimento, conhecido como GH. Ele é produzido pelo corpo até a adolescência, mas é usado por atletas e malhadores para “secar” o corpo.

Terra.

Compare preços de:
Celular | PS3 | Webcam | Miniaturas de bonecos | Disco de Vinil | Fotografias antigas

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!