Mulher se descontrola após ser abordada por policiais militares no Rio de Janeiro

discussao_policia
Uma mulher foi detida por desacato, no Rio de Janeiro, após desacatar um policial militar que a havia abordado em uma inspeção no Recreio.

Segundo o policial, ele desconfiou do carro que tinha os vidros escuros e ligou a sirene para faze-lo parar. No entanto, a motorista teria ignorado o pedido e só parado mais de 2 km depois.

No vídeo, gravado pelo próprio policial, a mulher afirma que eles a desacataram e que deveriam procurar prender ladrões e não ela, que era arquiteta e estava fazendo uma obra em várias UPPs. Veja o vídeo.

Crédito

CONTINUE LENDO

Como nos quadrinhos, Brasil conhece seu mais novo “herói”

justiceiro
Há alguns dias, um sujeito gravou um vídeo no qual se coloca como um justiceiro disposto a acabar com a bandidagem em São João de Miriti, na Baixada Fluminense. Com o rosto coberto, ele fala que há um mês está atuando na cidade e já bateu em oito bandidos.

No final, ele manda um recado para os bandidos: “posso aparecer e surrar vocês”.

Apesar da boa intenção, o rapaz está sendo investigado pela polícia. Segundo o delegado da 64ª DP, ninguém pode fazer justiça com as suas próprias mãos. O correto, segundo ele, é entrar em contato com a polícia para denunciar atos criminosos.

O “Kick Ass” brasileiro continua anônimo.

CONTINUE LENDO

Homem se revolta jogando FIFA e protagoniza momento inusitado

controle_xbox
O FIFA é hoje o jogo de futebol mais famoso da atualidade. Logo, é natural encontrarmos jogadores brasileiros desafiando uns aos outros em partidas online. E foi uma dessas partidas que rendeu um dos momentos mais inusitados do game.

Um jogador vencia a partida por 2×0, quando o desafiante disparou a xingá-lo, alegando que ele estava recebendo ajuda do “sistema” para vencer o jogo. A voz, para quem não sabe, é captada por um dispositivo do Xbox One e reproduzido na casa do outro jogador, por este motivo foi capaz de registrar o fato.

Dica do amigo Matheus Simoni

CONTINUE LENDO

Repórter é atingido por tiro disparado em manifestação contra tarifa em SP

tiro_policia
O repórter Fernando Otto, da TV Estadão, filmava ação de manifestantes que depredavam os vidros da estação Faria Lima quando foi atingido por um tiro disparado por um policial e não se feriu porque a bala (de borracha) atingiu o celular que estava em seu bolso; o confronto começou após manifestantes bloquearem parte das catracas, após protesto contra a tarifa. Veja o vídeo.

CONTINUE LENDO