Gays registram boletim de ocorrência contra restaurante que se negou cobrar preço de casal para eles

gaysMario Sérgio Paiva e Cristian Roberto de Souza registraram boletim de ocorrência contra uma churrascaria de Piracicaba (SP) por serem proibidos de participar de uma promoção para casais no horário do jantar.

Segundo eles, há cerca de três meses, entraram em contato com o restaurante para saber sobre a promoção e, já naquela época, foi informado que não fazia parte do requisito estabelecido pelo dono do restaurante. Apesar da negativa na data, eles resolveram tentar pessoalmente neste último domingo. “Nós ficamos muito ofendidos e envergonhados. Somos assumidos, nossa família sabe que somos homossexuais, mas nos sentimos discriminados”, afirmou a vítima ao G1.

CONTINUE LENDO

Flagra: A dolorosa maratona para entrar no ENEM

E não é que teve gente se atrasando para o ENEM? Algumas pessoas ficaram na frente das escolas para registrar este momento. Confira um deles…

Em tempo, apesar da preocupação das pessoas em pedirem para o segurança colocar o rapaz para dentro, é importante dizer que é necessário tomar cuidado com uma pessoa que envolve-se em determinados tipos de acidente. “A primeira premissa é não mexer na vítima e chamar o socorro adequado, discar 192 para chamar a equipe do SAMU. Por exemplo, um acidente automobilístico, queda, atropelamento, quando a gente mexe na vítima pode causar uma sequela”, orienta p coordenador de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso.

CONTINUE LENDO

Após confusão, árbitro se revolta e dá soco em jogador

vermelhoUma cena pouco convencional, para quem acompanha o futebol, aconteceu num jogo no Kuwait.

Depois de marcar um pênalti a favor do Al Arabi, vários atletas do time adversário, o Al Naser, foram para cima do árbitro Saad Al Fadhili pressionando-o. Em determinado momento, o árbitro tem a camisa puxada e não pensou duas vezes, acertou em cheio um soco no rosto do jogador.

Apesar da revolta dos demais companheiros (e do próprio jogador, que levantou-se novamente para agredi-lo), Al Fadhili não se intimidou e continuou distribuindo cartões vermelhos.

O último ato ocorre no reinício de jogo, quando um outro jogador do Al Naser resolve chutar a bola contra o árbitro, que, sem titubear, o expulsou também.

CONTINUE LENDO

Como comprar o Playstation 4 por R$ 1 mil

PlayStation4-FeaturedImageE o alto preço do PS4 ainda continua repercutindo aqui no Brasil. Para quem não estava neste planeta nos últimos dias, a Sony anunciou que o videogame novo da empresa vai custar R$ 4 mil, aqui no nosso país. Segundo a própria empresa, o custo elevado se dá pela nossa altíssima carga tributária.

Depois disso, muita gente começou a cogitar a hipótese de trazer o videogame diretamente do exterior. O Bruno Bebianno, que tem um canal no Youtube, me mandou um e-mail com um vídeo dele explicando como você pode comprar o aparelho por cerca de R$ 1 mil na Inglaterra. Vale a pena conferir o vídeo.

CONTINUE LENDO