Prato do dia: Cupcake de chocolate festeiro

Sem nenhum critério lógico, o Gerente do Buteco da Net escolhe uma quantidade de links e serve-os sempre acompanhados de um bom vinho. Bom apetite, porque os links hoje estão sensacionais!

Namorado traido quebra o Samsung Galaxy S3

HUMOR – Vem Cá Cachorro! | Veja

VIDEO – O incrivel atabaque de pepeka do MC Magrinho | Veja

VIDEO – Evolução da música | Veja

VIDEO – Homem quebra madeiras com o poder da mente | Veja

HUMOR – Porque não consigo aprender inglês | Veja

VÍDEO – O dia em que a Globo voltou contra si mesma | Veja

HUMOR– Bomba no avião | Veja

POST – A Morte do Demônio / Remake para uma geração que não sabe brincar | Veja

POST – Revelados novos detalhes sobre a trama do novo Superman | Veja

HUMOR – Dureza colocar o jeans | Veja

CONTINUE LENDO

Mágico xingando e gritando com crianças

Um sujeito resolveu fazer algumas mágicas numa festa, mas acabou se estressando com duas crianças.

Estou indignada com este mágico, ele gritou com meu enteado de 6 anos e com minha filha de 2 anos, eu como mãe estou com o coração em pedaços e minha família está muito triste. Um absurdo total!!! Quero justiça!“, escreveu a dona do vídeo.

O caso foi registrado na 37ª DP na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro, segundo informações do site G1. O mágico chegou a ser procurado pela publicação, mas ele não atendeu as ligações. A festa aconteceu no dia 2 de fevereiro, mas o caso só foi registrado dois meses depois, quando a família teve acesso ao vídeo. A madrasta diz que não viu as agressões, pois estava em outro local da festa.

“Nossa família estava num ambiente e o show de mágica acontecia no outro, mas as crianças pediram para ver a apresentação. Deixei as crianças lá, sentadinhas, e não vimos o que aconteceu. Só soubemos que algo de errado havia acontecido, quando a irmã do mágico veio me pedir desculpas pelo comportamento dele”, contou Tathiane, acrescentando que a mãe do mágico, que era a anfitriã da festa, também se desculpou com a família através de uma rede social.

O mágico terá o registro cassado. Rodrigo Valadares ainda poderá responder pelo artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente: “Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento” com pena prevista de seis meses a dois anos de detenção.

CONTINUE LENDO