Um jovem em estado de coma e outros oito hospitalizados após piscina ser cheia de nitrogênio líquido

Um homem de 21 anos entrou em estado de coma e outras oito foram hospitalizadas depois de participar de uma festa na piscina na cidade mexicana de León, onde os organizadores do evento decidiram jogar nitrogênio líquido na água.

De acordo com as testemunhas, a intenção era criar um clima divertido com fumaça saindo da piscina.

CONTINUE LENDO

O maior absurdo dos últimos tempos no Brasil será votado no dia 26/06. Lute!

Vamos dar uma pausa nas notícias engraçadas e falar de um assunto muito, mas muito sério.

Você já deve ter pelo menos escutado falar na PEC 37, não é? A PEC 37, ou Proposta de Emenda à Constituição nº 37, é um das maiores tentativas de atentado contra o regime democrático, a cidadania e o estado de direito, que começamos a lutar com tanto fervor nas últimas semanas.

Eliminando todas as palavras difícieis e trazendo para a nossa realidade, a PEC 37 pretende tirar o poder de investigação criminal dos Ministérios Públicos Estaduais e Federal, modificando a Constituição Brasileira. Na prática, se aprovada, a emenda praticamente inviabilizará investigações contra o crime organizado, desvio de verbas, corrupção, abusos cometidos por agentes do Estado e violação de direitos humanos.

A votação está marcada para o dia 26 de junho de 2013.

“Se aprovada, o pior pode acontecer, estamos na rota do fracasso histórico”, disse Arnaldo Jabor em uma matéria da Rádio CBN.

Mas o que o Ministério Publico faz mesmo?

Dentre outras atribuições, o MP é responsável pela defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

Para você ter um exemplo próximo, lembram que no início do ano surgiram indícios de desvio de verba destinada a tragédias que ocorrem no Brasil? O Ministério Público criou um grupo de trabalho especial para investigar contratação de obras e serviços públicos sem licitação, a título de emergência.

Se a PEC for aprovada, isso não existirá mais!

Basicamente, a PEC 37 retira a possibilidade de que instituições como o Ministério Público, COAF, Receita Federal, Ibama, Previdência Social, Polícia Militar, entre outros órgãos do Estado, façam investigações criminais.

Para você ter uma ideia do absurdo, apenas três países em todo o mundo vedam a investigação do MP: Quênia, Indonésia e Uganda. A PEC enfraquece as instituições e desconsideram o interesse da sociedade e de cada cidadão, individualmente, que não teria a quem recorrer em caso de omissão da polícia.

Foi o Ministério Público, também, que pediu prisão temporária do ex-goleiro Bruno, do Flamengo, pela morte de Eliza Samudio, em 2010. O Ministério Público do Estado acatou pedido da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro para a prisão.

O que fazer?

Antes de mais nada, o intuito deste post é alertar. Em segundo, você ainda pode registrar sua indignação e ficar de olho nos deputados federais que podem ser a favor da impunidade.

Algumas enquetes e abaixo-assinados estão disponíveis na internet para que você mostre sua indignação. Não é necessário muito mais do que alguns dados pessoais e outros tantos cliques.

São elas:

– Enquete da Câmara – http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/BDFB431E-E8E3-4398-8B7B-DAC0B6DE8F1C

– Ministério Público do Estado do Paraná – http://www.mp.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=4889

– Change.org – https://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/impunidade-n%C3%A3o-mp-com-poder-de-investiga%C3%A7%C3%A3o-n%C3%A3opec37

– Avaaz – http://www.avaaz.org/po/petition/Convencer_senadores_a_rejeitarem_a_PEC_372011_que_limita_o_poder_de_investigacao_do_Ministerio_Publico/?wTUCTeb

Compartilhe este post com seus amigos, peça apoio para que eles também conheçam este absurdo e participem das enquetes e abaixo-assinados contra a PEC.

CONTINUE LENDO

Empresa cria cadeira para computador que custa R$ 60 mil

Seria este o escritório do futuro? Pode até parecer um adereço do último filme Star Trek, mas é, na realidade, um estação home office.

Mas, para quem estiver a fim de ter uma destas, vai precisar desembolsar mais de R$ 60 mil. Isso mesmo, mais caro que muito carro.

Segundo o fabricante, este é o home office mais avançado. Ele vem com um centro de controle touchscreen, três monitores de LED de 27 polegadas e um avançado sistema de filtragem de ar para controlar o calor.

O modelo mais “simples”, que você vê na foto e vídeo a seguir custa um pouco menos – R$ 8 mil.

De acordo com o Daily Mail, a estrutura é feita de alumínio e abriga uma cadeira de couro italiano que permite girar ou trabalhar de costas, deitado.

E você, comparia uma destas?

CONTINUE LENDO