Prato do dia: Arroz integral com soja

Sem nenhum critério lógico, o Gerente do Buteco da Net escolhe uma quantidade de links e serve-os sempre acompanhados de um bom vinho. Bom apetite, porque os links hoje estão sensacionais!

CURIOSIDADE – Redecard banca o seu Lollapaooza. Concorra em | Veja

CURIOSIDADE – Loja Voe Gol no Facebook… Muito boa! | Veja

HUMOR – Curtiu? | Veja

HUMOR – Enquanto isso, no Instagram do Marco Feliciano | Veja

FOTOS – Estaciono feito um idiota | Veja

CURIOSIDADE – Que tal escolher um novo emprego para o mecânico? | Veja

VÍDEO – Mulher explica como Deus criou o pênis | Veja

POST – Os Vingadores em estilo Power Rangers | Veja

VÍDEO – MC Magrinho deixa mulher pelada no baile! | Veja

HUMOR – Belas pernas hein, rapaz | Veja

CONTINUE LENDO

Descubra a diferença entre ser original ou apenas mais um na multidão


Alguma vez você deixou de ser apenas mais um na multidão?

Esta pergunta me ocorreu no momento em que lembrei de uma situação exatamente assim.

Uma vez, fui convidado para fazer a cobertura de um grande festival de música em Salvador. Como eu tinha credencial de imprensa, conseguia acesso a lugares onde a maioria das pessoas não conseguia, como os bastidores, por exemplo. Foi quando aconteceu uma situação inusitada.

Após o show da banda Restart, numa das noites, a entrada do backstage ficou lotada de adolescentes querendo autógrafos e fotos. No entanto, a produção proibiu a entrada de qualquer fã e disse que naquela noite não iriam receber ninguém.

Uma garota em prantos me pedia para que levasse seu caderno para que os músicos autografassem. Eu cheguei a comentar que não poderia, mas ela e os pais insistiram tanto que acabei pegando os três cadernos.

Eu bem tentei conseguir os autógrafos, mas como a produção estava irredutível, tomei uma atitude… resolvi eu mesmo autografá-los.

Ao entregar os cadernos, a garota, emocionadíssima, agradeceu e eu disse que eles haviam comentado que ela deveria fazer daquele o melhor ano dela na escola.

O ato acabou chamando a atenção das outras garotas, que me rodeavam e pediam que fizesse a mesma coisa. Acabei pegando uma pilha de cadernos de outras garotas e autografando cada um deles, sem que percebessem. A cada entrega, dizia para elas deveriam se dedicar aos estudos mais do que nunca.

Um ano depois, andando pelo shopping, fui parado por um rapaz, que me perguntou se eu lembrava dele. Na minha negativa, ele disse que era pai de uma das dezenas de garotas que estavam naquele dia, no show. Ele disse que me reconheceu do blog e que queria me agradecer porque fui responsável por algo incrível. A menina, que não tinha nenhum compromisso com os estudos, mudou incrivelmente seu aproveitamento na escola. No último ano, inclusive, ela conseguiu passar direto na escola (algo que nunca tinha feito) e foi primeira colocada em um concurso no qual dava uma vaga para o Colégio da Polícia Militar – sonho do seu avô, que estava internado, e morreu uma semana depois.

Obviamente, não contei o que havia feito, mas tive minha culpa um pouco aliviada pelas consequências. 🙂

Bom, falei isso para ilustrar um pouco a ideia do novo vídeo do Malbec. Descubra a diferença entre ser original ou apenas mais um na multidão.

E você, também tem alguma história na qual se destacou na multidão?

CONTINUE LENDO

Estudante escreve receita de Miojo no meio da redação do ENEM e recebe nota 560

E não param de surgir provas inusitadas na última prova do Enem, o Exame Nacional de Ensino Médio.

A mais recente, mostra um estudante que descreveu como se prepara um Miojo no meio de sua redação.

No início, o estudante até comenta de forma coerente a questão da imigração no Brasil. No entanto, mais adiante, começa o parágrafo com a frase: “Para não ficar muito cansativo, vou agora ensinar a fazer um belo miojo“.

A redação não só foi aceita, como recebeu 560 pontos. Vale lembrar que a pontuação máxima são 1000 pontos.

É bom deixar claro que, segundo os critérios de avaliação, esta brincadeira deveria desqualificar a prova, como fuga total do tema e impropérios ou atos propositais de anulação.

Em nota, o MEC afirmou que “a presença de uma receita no texto do participante foi detectada pelos corretores e considerada inoportuna e inadequada, provocando forte penalização especialmente nas competências 3 e 4”. O órgão entende que o aluno não fugiu do tema nem teve a intenção de anular a redação, pois não feriu os direitos humanos e não usou palavras ofensivas.

Via

CONTINUE LENDO

Implante de silicone vaza de seio de garota

Lauren Yardley sempre foi complexada com o tamanho dos seus seios. Aos 25 anos, ela achava que eles tinham uma forma “infantil” e, então, resolveu que iria aumentá-los cirurgicamente.

A britânica pagou quase R$ 12 mil pelos implantes mas teve uma desagradável surpresa, apenas dois meses após o procedimento. Seu corpo começou a rejeitar um dos implantes, fazendo com que ele ficasse pendurado fora do peito. Os médicos disseram que nunca tinham visto algo assim.

CONTINUE LENDO