Colecionador paga US$ 1 milhão em gibi do Superman

Esqueça a crise, a recessão e as dificuldades financeiras. Se você for dono de um objeto muito raro, pode tornar-se milionário da noite para o dia. Duvida? Um colecionador anônimo pagou a vultuosa quantia de US$ 1 milhão por um gibi do Superman, que no seu lançamento, em 1938, custava 10 cents.

Para quem achou tudo absurdo, vale explicar que não estamos falando de um simples gibi. Trata-se da primeira edição da Action Comics. Para se ter uma ideia, existem apenas cerca de 100 exemplares desta edição, mas esta é a única em boas condições.

Stephen Fishler, proprietário do site de leilões E.U. Comic Connect, referiu-se à revista como o “Santo Graal dos quadrinhos”, e disse que o comprador é um cliente conhecido.

Segundo o Daily Mail, o valor pago pelo milionário corresponde ao triplo do valor pago há um ano por um exemplar semelhante a este. A diferença está no estado da publicação.

CONTINUE LENDO

Pelé faz sua primeira declaração na TV sobre Robinho, na época com 15 anos

Este vídeo foi editado por mim há algum tempo, mas resolvi republicá-lo, pois pouca gente o viu. Ele mostra a primeira declaração oficial de Pelé sobre um novo garoto que surgia para o futebol: o Robinho. Na época, o garoto santista de apenas 15 anos era apenas uma promessa.

Quem poderia apostar que aquele garotinho se transformaria num dos jogadores mais valorizados do nosso futebol?

CONTINUE LENDO

Incrível foto de formiga conquista prêmio internacional de fotografia

Esta imagem estraordinária mostra uma formiga carregando 100 vezes seu próprio peso corporal. A foto ajudou Thomas Endlein, do departamento de Zoologia da Universidade de Cambridge, a ganhar o primeiro prêmio em um concurso de fotografia científica.

A foto mostra uma formiga tecelã asiática pendurada de cabeça para baixo – isso mesmo, de cabeça para baixo – em um vidro e mantendo um peso de 500 mg em suas mandíbulas.

“As almofadas nas patas das formigas são auto-limpantes e podem fixá-la em qualquer tipo de superfície. Nenhum humano ou adesivo pode se igualar a isso. Compreender como os animais podem controlar os seus sistemas adesivos devem nos ajudar a criar adesivos inteligentes no futuro”, declarou ele ao Daily Mail.

Para fazer a formiga segurar o peso, Thomas teve que seduzi-la. “As formigas são muito agressivas por natureza. Elas tentam agarrar e arrancar tudo o que você coloca perto delas.”

CONTINUE LENDO

Flashmob: A revolução na propaganda

Certamente, você já deve ter visto alguns Flashmobs pela internet. Para quem não associou o nome à atividade, ele consiste na reunião de várias pessoas, que não precisam necessariamente serem amigas, com a mesma finalidade.

Foi com o boom dos blogs e sites de vídeos que o Flashmob ganhou força. Afinal, quem não lembra do clipe feito pela banda Black Eyed Peas com a presença da apresentador Oprah? O movimento foi tão bem planejado, que muita gente sequer percebeu que se tratava de uma combinação entre as pessoas. Poucas vezes se viu um Flashmob tão bem executado. E do vídeo abaixo, onde aparece centenas de pessoas absolutamente imóveis num centro comercial em Berlim?

Curiosamente, segundo a Wikipedia, o Flashmob não é um conceito tão novo. Prisioneiros da Tasmânia teriam reunido-se no ano de 1800, num movimento pouco parecido com o que conhecemos hoje.

O primeiro grande Flashmob foi organizado via e-mail por um jornalista de Manhattan, chamado Bill Wasik. Ele havia mandado cerca de 50 e-mails para amigos, convidando-os para aparecerem em frente a uma loja de acessórios femininos. A intenção era fazer com que os e-mails criassem “asas próprias” e aguçassem a curiosidade de outros leitores, criando um mob anônimo.

Se você tem interesse em participar de um Flashmob, a Club Social criou um site para falar sobre o assunto. Lá, você poderá saber como pode participar do Flashmob, que será realizado em Fortaleza, no dia 27 de fevereiro. Além disso, para quem usa Twitter, o perfil @flash_mobs dará dicas de vídeos sobre o assunto.

Publieditorial

CONTINUE LENDO

Cuidado quando tatuar o nome do seu amor na pele. Você pode se arrepender

É comum encontrarmos alguém explicitando sua paixão no próprio corpo, através de uma tatuagem. Com um pouco menos de frequência, também é comum vermos pessoas arrependidas por terem se desiludido ou simplesmente terminado o relacionamento. Daí é que surge o problema: o que fazer com a velha tattoo?

Alguns profissionais já estão habituados a cobrir antigas tatuagens, apagando visualmente a existência de uma antiga declaração. Afinal, encobrir tatuagens não pode apagar seus erros, mas cobri-los definitivamente. Além disso, um discreto nome pode se transformar numa enorme tatuagem. É bom pensar nisso!

A seguir, você confere o “antes e o depois” de várias tattoos apaixonadas. E você, conhece alguém que se arrependeu de alguma tatuagem apaixonada?

CONTINUE LENDO

Prato do dia: Sarapatel de peru defumado

Sem nenhum critério lógico, o Gerente do Buteco da Net escolhe uma quantidade de links e serve-os sempre acompanhados de um bom vinho. Bom apetite, porque os links hoje estão sensacionais!

Defenda seu time do coração e vá ver a Copa do Mundo na África | Veja

Fantasias nerds para o carnaval (hilário) | Veja

Como sacanear sua namorada | Veja

Joguinho simples, mas viciante | Veja

Coisas que sabemos graças às séries de televisão | Veja

Garotas com os corpos pintados para o halloween | Veja

Real ou Fake | Veja

O que a raiva é capaz de fazer | Veja

Incrível estátua do Wolverine | Veja

Celebridades de ponta cabeça | Veja

Sou alérgico às partes íntimas de uma mulher | Veja

Descoberta: Angelina Jolie é alienígena! | Veja

Como mijar no carnaval sem ser preso | Veja

O que significa Miojo? | Veja

A cena mais inusitada do Google Street View | Veja

Top 10 – Os 10 melhores discos de todos os tempos | Veja

10 Curiosidades sobre o Sexo | Veja

Mande a insônia dormir | Veja

Um dueto como você nunca viu | Veja

Absurdo: O limite da cultura | Veja

CONTINUE LENDO

Veja imagens em 3D no seu computador

Para quem não conhece, estereoscopia é um fenômeno que funde duas imagens que são observadas, criando profundidade, distância, posição e tamanho dos objetos, gerando uma sensação de visão em 3D.

A seguir você verá algumas imagens onde poderá notar o efeito 3D. Para isso, você deve adotar uma distância confortável do monitor para que seus olhos não sejam forçados. Nestas fotos, o efeito estereoscópico não depende da distância, uma vez que as duas imagens apresentam as mesmas informações para os olhos, independente da distância de visualização. Você pode, contudo, necessitar afastar um pouco da tela para mesclar com sucesso o tamanho das imagens.

Deixe os olhos relaxarem. Assim você começará a ver uma imagem dupla das imagens. Isso significa simplesmente fazer com que seus olhos não fixem em apenas uma imagem, mas procurando paralelos, como se colocasse seus olhos olhando o horizonte, como nesta imagem. Provavelmente, você verá três imagens individuais. Você deve concentrar-se na imagem do centro, talvez inclinando a cabeça ligeiramente para um lado ou outro até encontrar o foco correto. Seu foco deve permanecer na tela e a imagem não deve aparecer borrada.

Apesar de parecer um pouco complexo, o efeito é bem simples de ser notado. Quem conseguiu, pode comentar a sensação.

CONTINUE LENDO