Cuidado quando tatuar o nome do seu amor na pele. Você pode se arrepender

É comum encontrarmos alguém explicitando sua paixão no próprio corpo, através de uma tatuagem. Com um pouco menos de frequência, também é comum vermos pessoas arrependidas por terem se desiludido ou simplesmente terminado o relacionamento. Daí é que surge o problema: o que fazer com a velha tattoo?

Alguns profissionais já estão habituados a cobrir antigas tatuagens, apagando visualmente a existência de uma antiga declaração. Afinal, encobrir tatuagens não pode apagar seus erros, mas cobri-los definitivamente. Além disso, um discreto nome pode se transformar numa enorme tatuagem. É bom pensar nisso!

A seguir, você confere o “antes e o depois” de várias tattoos apaixonadas. E você, conhece alguém que se arrependeu de alguma tatuagem apaixonada?

CONTINUE LENDO

Prato do dia: Sarapatel de peru defumado

Sem nenhum critério lógico, o Gerente do Buteco da Net escolhe uma quantidade de links e serve-os sempre acompanhados de um bom vinho. Bom apetite, porque os links hoje estão sensacionais!

Defenda seu time do coração e vá ver a Copa do Mundo na África | Veja

Fantasias nerds para o carnaval (hilário) | Veja

Como sacanear sua namorada | Veja

Joguinho simples, mas viciante | Veja

Coisas que sabemos graças às séries de televisão | Veja

Garotas com os corpos pintados para o halloween | Veja

Real ou Fake | Veja

O que a raiva é capaz de fazer | Veja

Incrível estátua do Wolverine | Veja

Celebridades de ponta cabeça | Veja

Sou alérgico às partes íntimas de uma mulher | Veja

Descoberta: Angelina Jolie é alienígena! | Veja

Como mijar no carnaval sem ser preso | Veja

O que significa Miojo? | Veja

A cena mais inusitada do Google Street View | Veja

Top 10 – Os 10 melhores discos de todos os tempos | Veja

10 Curiosidades sobre o Sexo | Veja

Mande a insônia dormir | Veja

Um dueto como você nunca viu | Veja

Absurdo: O limite da cultura | Veja

CONTINUE LENDO

Veja imagens em 3D no seu computador

Para quem não conhece, estereoscopia é um fenômeno que funde duas imagens que são observadas, criando profundidade, distância, posição e tamanho dos objetos, gerando uma sensação de visão em 3D.

A seguir você verá algumas imagens onde poderá notar o efeito 3D. Para isso, você deve adotar uma distância confortável do monitor para que seus olhos não sejam forçados. Nestas fotos, o efeito estereoscópico não depende da distância, uma vez que as duas imagens apresentam as mesmas informações para os olhos, independente da distância de visualização. Você pode, contudo, necessitar afastar um pouco da tela para mesclar com sucesso o tamanho das imagens.

Deixe os olhos relaxarem. Assim você começará a ver uma imagem dupla das imagens. Isso significa simplesmente fazer com que seus olhos não fixem em apenas uma imagem, mas procurando paralelos, como se colocasse seus olhos olhando o horizonte, como nesta imagem. Provavelmente, você verá três imagens individuais. Você deve concentrar-se na imagem do centro, talvez inclinando a cabeça ligeiramente para um lado ou outro até encontrar o foco correto. Seu foco deve permanecer na tela e a imagem não deve aparecer borrada.

Apesar de parecer um pouco complexo, o efeito é bem simples de ser notado. Quem conseguiu, pode comentar a sensação.

CONTINUE LENDO

Vem aí: Avatar 2 (ou não)

Quem assistiu “Avatar” certamente deve ter se impressionado com o trabalho feito com personagens criados em computador, os famosos CG’s. Agora, já pensou se os personagens reais se revoltassem com a invasão dos personagens animados no cinema? O trailer abaixo mostra como seria uma nova versão de Avatar, o “Avatar, a Guerra” com personagens de carne e osso revoltando-se contra os CG’s.

CONTINUE LENDO