Garota ganha na loteria e gasta R$ 700 mil em cocaína

coke1

Todos nós sabemos que o grande problema para os viciados em drogas, além do próprio vício e riscos óbvios à saúde, é a maneira como eles tentam adquirir a droga. Sem dinheiro e recursos, muitos acabam partindo para o roubo ou as eternas dívidas com traficantes para manter o vício. Curiosamente, para Callie Rogers dinheiro nunca foi problema – afinal de contas, a jovem gastou o equivalente a mais de R$ 700 mil em cocaína.

CONTINUE LENDO

Jornal elege as fotos de bebês mais engraçadas da atualidade


Fotografias de bebês são sempre bonitas, mas esta série de imagens de uma fotógrafa americana é especialmente adorável.

Tracy Raver, que descreve seu estilo como casual simples e recém-nascidos, costuma capturar a imagem deles enquanto estão dormindo. Envoltas em lã macia ou aninhados em cestas, as crianças já fazem sucesso no mundo inteiro.

CONTINUE LENDO

Os 10 primeiros acontecimentos curiosos da internet

Fala sério. Você já parou para pensar como surgiram várias criações que usamos hoje com frequência na internet? Para acabar um pouco com a curiosidade, pesquisamos e descobrimos os 10 primeiros acontecimentos curiosos da internet.


1. A primeira imagem da web
A primeira imagem da história da web foi uma foto com quatro mulheres, as Les Horribles Cernettes. Um programador chamado Silvano de Gennaro, que trabalhou para a CERN (Organização Europeia de Pesquisa Nuclear), localizada em Genera, Suiça, recebeu a incumbência de escanear a foto e enviar via FTP. A intenção do solicitante, Tim Berners-Lee, era disponibilizar a foto num novo sistema de compartilhamento de informações que ele próprio tiha inventado e batizado. Tratava-se da “World Wide Web”.

CONTINUE LENDO

Homem estimula seus mamilos na TV para tentar amamentar crianças

Não, não se trata de nenhum caso de homem grávido, mas Ragnar Bengtsson, um estudante sueco de 26 anos, está realmente disposto a induzir a lactação dos seus próprios peitos.

A curiosa tentativa foi apresentada num programa sueco e tem o objetivo de provar que os homens são capazes de produzir leite suficiente para amamentar seus filhos. Bengtsson obviamente torce para que a experiência dê certo.

“Qualquer coisa que não faça mal, vale a pena experimentar. E se funcionar, pode ser muito importante para o homem chegar muito mais perto de seus filhos”, disse ele ao jornal The Local.

Até o mês de dezembro, em intervalos de três em três horas, Bengtsson usará uma bomba de sucção para estimular seus mamilos.

A endocrinologista Sigbritt Werner disse ao The Local que a missão de Bengtsson não é tão simples. Segundo ela, o rapaz poderá produzir apenas “uma ou duas gotas”, após três ou quatro meses, sendo impossível, portanto, produzir leite suficiente para amamentar uma criança sem induzir a lactação através da utilização de hormônios – algo que ele não pretende fazer.

Enquanto algumas pessoas considerem a ideia de um pai amamentar seu filho completamente doente, Bengtsson acha que, com ou sem leite, é absolutamente reconfortante para a criança e pode incentivar a relação entre eles, diz Werner.

Bengtsson afirma que não se importa em transgredir os hábitos tradicionais. Ele insiste que vai usar a bombinha em público e até mesmo durante as aulas de sua universidade.

“Isso realmente não me incomoda se isso deixa as pessoas desconfortáveis”, disse ele.

Já acessou o iG Jovem hoje?

CONTINUE LENDO

Professores Pardal: Inventores criam helicóptero e submarino caseiro

Após a Revolução Industrial, que ocorreu no século XVIII, uma série de inventores resolveram dar uma força para os nossos dias atuais.

Desde o telefone até o avião a jato, as contribuições foram diversas. Mas, curiosamente, depois de algum tempo, parece que a criatividade entrou em crise e não vemos mais tantas invenções maravilhosas.

Quebrando um pouco a rotina, dois chineses resolveram desenvolver suas próprias versões para invenções bastante úteis: um helicóptero e um submarino.

CONTINUE LENDO