Pornochanchadas: Os cartazes de filmes nacionais mais ‘provocantes’ da história

Quem nunca assistiu às famosas ‘pornochanchadas’ produzidas pelo cinema nacional? Segundo a Wikipedia, os filmes eram chamados desta forma por trazer alguns elementos dos filmes do gênero conhecido como chanchada e pela dose alta de erotismo que, em uma época de censura no Brasil, fazia com que fosse comparado ao gênero pornô, embora não houvesse, de fato, cenas de sexo explícito nos filmes.

Depois de popularizar atores e atrizes como: Matilde Mastrangi, Xuxa, David Cardoso, Nicole Puzzi, Aldine Muller, Sônia Braga, Nádia Lippi, Antonio Fagundes, Reginaldo Faria e Vera Fischer, o gênero iniciou sua decadência nos anos 80, com o fim da obrigatoriedade das cotas de exibição de fitas nacionais, o surgimento do videocassete e a exibição de filmes de sexo explícito nos cinemas. Apesar disso, os amantes do gênero ainda podem acompanhar algumas destas produções em um canal especializado em filmes nacionais.

Quer conferir as pérolas?

CONTINUE LENDO

Vídeo com imagens chocantes de agressão a adolescente vaza e provoca polêmica

Um vídeo que mostra imagens chocantes da agressão de dois policiais a uma adolescente de 15 anos acabou sendo divulgado e provocou discussões acaloradas sobre o abuso de poder nos EUA. O xerife adjunto do estado de Washington, Paul Schene, é o terceiro policial a enfrentar acusações de força excessiva.

Tudo aconteceu em novembro de 2008, quando a garota foi detida por ter sido acusada de roubar um carro. O vídeo, feito por uma câmera de vigilância e divulgado pela TV, mostra claramente o momento em que os policiais partem para cima da moça após colocá-la dentro de uma sala. Segundo o policial, a maneira escolhida para deter a adolescente tinha o objetivo de evitar novos ataques. Ele explicou que pediu a garota que retirasse o tênis e, como ela livrou-se dele de forma brusca, pareceu que tentava agredi-lo.

Segundo o site Seattlepi, a advogada do policial explicou que o vídeo não mostra a história completa e não deveria ser considerado no processo que seu cliente responde, além de “inflamar a opinião pública“.

A adolescente comentou que sentiu muita dificuldade de respirar após a agressão. Já Schene pode pegar até um ano de prisão, se condenado. Ele encontra-se de licença desde o início de dezembro.

CONTINUE LENDO

Revolucionário capacete à prova de balas já está sendo testado

Você já deve ter escutado alguém questionar a segurança dos policiais e soldados, afinal de contas, o uso do colete à prova de balas não protege a cabeça. Felizmente isto já começa a mudar. Uma empresa britânica recebeu um prêmio de $ 100 mil euros por desenvolver uma substância capaz de paralizar o ataque de uma bala.

O gel, batizado como D3O, pode ser aplicado nos capacetes de soldados, evitando a entrada da bala (ou qualquer fragmento). Seu uso ainda está restrito aos testes, pois a última análise mostrou que os capacetes ficaram muito volumosos e pesados.

A “mágica” está no movimento das moléculas. Segundo o Daily Mail, a energia resultante do impacto de uma bala faz com que as moléculas do gel movam-se tão lentamente que absorve completamente o impacto.

O D3O faz parte de uma série de inovações apresentadas como “plano de defesa tecnológica”, que concede quase 2 milhões de euros para invenções hi-tech.

Além do gel revolucionário, que já está sendo utilizado em materiais esportivos, como luvas e sapatos de equitação, os designers estão desenvolvendo um novo sistema para ajudar pilotos de helicópteros a pousar de maneira segura em espessas nuvens de poeira levantadas ao seu redor.

O inventor do gel, Richard Palmer, declarou: “é como comparar Robocop e Homem-Aranha. O Robocop é pesado, fortemente protegido, mas volumoso e pesado. O Homem-Aranha é ágil e flexível”.

Os policiais brasileiros esperam ansiosamente.

CONTINUE LENDO

Um MP3 Player para lembrar do passado

É impressionante vermos a velocidade com que avança a tecnologia. Veja as formas como escutávamos músicas, por exemplo. Há pouco tempo atrás, a oferta por walkmans era grande e esta era a única forma prática de escutar suas músicas favoritas na rua ou no trabalho. O mais curioso de tudo, é imaginar que para isso só era possível se carregássemos conosco aquele bom estoque de fitas K7, pois nem sempre era possível gravar tudo que queríamos em apenas dois lados de uma fitinha.

O rebobinamento era um trabalho à parte. Quem nunca se viu obrigado a rebobinar a fita com os dedos ou uma caneta, só porque a pilha do walkman já estava acabando? Hoje, até os celulares oferecem essa comodidade, tudo numa incrível praticidade e conforto que espanta.

Pensando um pouco neste passado, alguns designers italianos lançaram o NVDRS Tape, um MP3 Player que parece muito com uma fita K7. O mais curioso, é que para recarregá-lo você só precisa rebobiná-lo com os dedos ou uma caneta, exatamente como era feito antigamente com as tradicionais fitinhas. Um tanto chato para quem está acostumado com a praticidade, mas extremamente divertido para quem é nostálgico.

Ah, antes que eu esqueça, ele está disponível em três capacidades, assim como antigamente: 45, 60 e 90 minutos.

Via RaveRant

CONTINUE LENDO

Entrevistar a Los Hermanos definitivamente rende momentos curiosos

Quem acompanha, mesmo que de longe, o grupo Los Hermanos já deve ter percebido que algumas entrevistas acabam rendendo momentos extremamente curiosos. Quem não lembra da entrevista em que o Rodrigo Amarante se chateou com um jornalista ao ser questionado sobre o primeiro sucesso “Ana Júlia”?

No vídeo abaixo, que já tem alguns anos, os repórteres parecem um pouco tensos e desconcertados ao entrevistar o Marcelo Camelo, chegando a pronunciar equivocadamente seu sobrenome e comparar a apresentação da banda com seu antigo desafeto, Charlie Brown Jr.

Via deScendência

CONTINUE LENDO

Ilha britânica possui o primeiro resort de sexo do mundo

Você já decidiu onde vai passar suas próximas férias? Para quem gosta de experiências exóticas e pouco convencionais, o Viking’s Exotic Resort oferece dias extremamente emocionantes.

Para quem não sabe, o Viking’s Exotic Resort é um legítimo resort do sexo. Localizado numa paradisíaca ilha britânica, o hotel oferece vários pacotes que deixam o cliente livre para escolher sua aventura, desde um pacote ‘standard’, que inclui a companhia de uma moça para todos os dias (e noites, claro), até o ‘Viking´s Ultimate Fantasy Package‘, onde duas moças ficam absolutamente disponíveis por todos os dias de estadia.

De acordo com o Wallstreet Fighter, por módicos US$ 7,900, além de duas garotas, o cliente tem direito a 4 dias e 3 noites incluindo: alojamento em uma suite VIP, massagens complementares, recepção VIP no aeroporto e uma pré-seleção de garotas durante um coquetel de boas-vindas.

As fotos acima mostram um pouco da ilha.

Veja mais notícias, fotos e vídeos

CONTINUE LENDO

Homem afirma que não bebe nada além de Coca-Cola há 40 anos

A fórmula da bebida é segredo

Todos nós temos uma bebida favorita, mas para Pero Ajtman a coisa é bem mais séria. O croata de 71 anos prometeu à sua mãe que iria parar de consumir bebida alcoólica quatro décadas atrás, e agora só consegue beber Coca-Cola.

Minha mãe não gostava quando eu bebia álcool“, explicou ele ao tablóide croata 24 Sata.

“Ela me fez prometer nunca mais tomar álcool. Depois disso, a única coisa que provei tão bom quanto o vinho foi a Coca-Cola. Agora eu tomo um copo de manhã, um antes e outro após o almoço, no jantar e antes de dormir. Não bebo mais nada“, garante ele.

De acordo com o jornal inglês Telegraph, o aposentado que vive na aldeia de Karanac, leste da Croácia, disse que não tem intenção de abandonar seu hábito.

“Minha mãe não está mais aqui para orientar-me, mas eu não tenho a menor vontade de trocar a Coca pelo álcool. Coca-Cola é minha droga agora, e vou beber até morrer”, disse ele, acrescentando que acredita que não sofrerá quaisquer grandes problemas de saúde em virtude do seu hábito.

A fabricante da bebida ainda não se pronunciou sobre o assunto.

CONTINUE LENDO

Gafe ao vivo vaza e vai parar na internet

Cometer erros e gafes não é nada novo. A grande diferença é que hoje, depois da popularização dos vídeos via internet, ficou mais constrangedor errar ao vivo.

A mais recente gafe foi cometida pelo narrador da SporTV, Milton Leite, afirmando que o goleiro do São Paulo, Rogério Ceni é “chato para c…” sem saber que estava ao vivo.

Coincidência ou não, este não foi o primeiro episódio envolvendo o goleiro e um repórter da emissora. Em 2006, a comentarista Milly Lacombe acabou discutindo no ar com o jogador, depois de fazer um comentário ao vivo.

CONTINUE LENDO