Fórmula matemática comprova que as garotas não devem ter relações sexuais no primeiro encontro

As mulheres aumentam as chances de ter sorte no amor se evitar dormir com os parceiros na primeira oportunidade, é o que afirma um estudo divulgado no jornal Daily Mail.

Usando um modelo matemático, que para muitos é bastante conhecido, os pesquisadores demonstraram que a morosidade no andamento da relação evolui de modo que as mulheres eliminem parceiros aproveitadores.

O professor Robert Seymour, da University College de Londres, utilizou um ramo da matemática chamado jogo de acasalamento para explorar os rituais de namoro entre homens e mulheres. Os resultados espelham os conselhos dados há gerações pelas vovós e tias mais velhas.

Seu modelo é baseado na ideia de que as mulheres têm mais a perder em qualquer novo relacionamento, sobretudo pelo risco de poder acabar com um filho indesejável ou um pai ausente.

“Um dos parceiros, frequentemente o macho, arca com a maior parte do custo financeiro, mas ambos pagam um custo em tempo, que poderia estar sendo usado de forma mais produtiva”, explica. Por que as pessoas, e outros animais, não aceleram as coisas? A resposta parece ser o fato de que o cortejo longo ajuda a fêmea a obter informação sobre o macho”.

Ao atrasar as atividades sexuais, a fêmea é capaz de reduzir a chance de que ela irá copular com um sujeito desagradável.”, diz a pesquisa.

O modelo simplificado observa o namoro de homens e mulheres em uma sociedade sem contracepção. O namoro termina quando o homem ou a mulher aceita o parceiro como um amigo. O modelo também assume que existem apenas dois tipos de homens (bons e ruins). Ele assume que os homens bons vão esperar mais tempo antes de ter relações sexuais.

“O namoro longo é o preço pago para aumentar a chance de acasalamento. Se ocorrer, será um jogo harmonioso que beneficia ambos os sexos. Isso pode ajudar a explicar a crença de que é aconselhável não dormir com um homens em seu primeiro encontro”, complementa o estudo.

O modelo não funciona tão bem em uma sociedade onde a contracepção remove grande parte do risco de engravidar.

O professor Seymour acredita que o modelo ajuda a explicar a forma como o namoro longo pode ter evoluído em sociedades pré-históricas de dezenas de milhares de anos atrás.

Anotaram a receita, meninas?

Veja mais imagens, fotos, vídeos e notícias curiosas

CONTINUE LENDO

Excesso de café causa alucinações, diz estudo

Essa notícia interessa diretamente a várias pessoas, que não dispensam um cafezinho todos os dias.

De acordo com uma pesquisa, publicada no site da BBC, indica que pessoas que consomem mais de sete xícaras de café instantâneo por dia têm três vezes maior probabilidade de ouvir vozes, sentir a presença de pessoas que já morreram e ver coisas que não existem, do que pessoas que consomem menos de uma xícara.

Para o líder da pesquisa, Simon Jones, as “alucinações não são um sinal de doença mental”. A pesquisa sugere que o risco de ocorrer essas alucinações aumenta com o alto consumo de café e outras fontes de cafeína.

Os pesquisadores chegaram à essa conclusão após perceberem o aumento da produção do cortisol, um hormônio responsável por produzir efeitos fisiológicos do estresse.

“Acredita-se que vários destes fatores podem estar ligados a alucinações em parte por causa do seu impacto sobre a reação do organismo ao estresse. Dada a ligação entre comida e humor, e especialmente entre cafeína e a resposta do organismo ao estresse, parece sensato examinar o que uma perspectiva nutricional pode esclarecer”, concluiu Jones.

CONTINUE LENDO

Escutar música no seu MP3 pode transmitir bactéria potencialmente mortal

O jornal Daily Mail publicou o resultado de uma pesquisa, que mostra que pessoas que usam regularmente fones de ouvido têm milhares de vezes mais bactérias em seus ouvidos do que as pessoas que não usam.

Embora a maioria destas bactérias sejam inócuas, outras, como a estafilococos (que normalmente causa otite externa, doenças sistêmicas e infecções cutâneas) pode provocar uma série de males, desde dor de ouvido até feridas potencialmente letais.

Os pesquisadores disseram que tapar regularmente os ouvidos com fones permite a proliferação dos vírus e bactérias, e que as pessoas devem pensar duas vezes antes de partilhar seus fones com outras pessoas.

Durante os estudos, 50 jovens do sexo masculino foram avaliados. Metade escutam música nos seus MP3 players, enquanto os demais não. Após o uso, seus ouvidos e os fones foram limpos e as amostras foram incubadas durante a noite. Algumas amostras, cujos relatórios foram publicados no Online Journal of Health and Allied Sciences, indicaram que os usuários regulares de fones de ouvido tinham milhares de vezes mais bactérias do que os demais usuários.

O uso dos fones torna o ouvido mais quente e úmido e aumenta o risco de cortes e arranhões, auxiliando o contágio. A prática comum de partilhar os fones ajuda a piorar essa situação.

Sugere-se, portanto, não compartilhar fones ou se for compartilhar, fazer com cautela. Deve-se limpá-los antes de emprestar a alguém“, afirmou um dos pesquisadores.

Curiosamente, este não é o primeiro estudo a concluir que iPods e MP3 players podem prejudicar a saúde. Fones de ouvido podem transmitir piolhos, além da grande possibilidade de causar surdez, em virtude da intensidade do volume.

Aqui no Brasil, de 6 a 12% das pessoas que trabalham em funções nas quais têm de usar fones de ouvido sofrem de algum tipo de perda auditiva. Isso significa que, dos 750 mil operadores de tele-atendimento e telemarketing que atuam no Brasil, cerca de 4,5 mil, no mínimo, podem apresentar esse problema.

CONTINUE LENDO

Música Sem Fronteiras

Não há como negar. A música é a mais universal das linguagens e quem gosta de música, sobretudo, quem gosta de de saber informações sobre o assunto precisa de um lugar onde possa encontrar fontes variadas. Por esse motivo, foi criado o portal Música Sem Fronteiras, que com a facilidade e velocidade de um toque, traz notícias, artigos, entrevistas, resenhas, vídeos, podcasts, coberturas dos principais shows e festivais, entre outros.

Com todos os avanços tecnológicos que facilitaram a produção e ajudaram a conectar cabeças ao longo do planeta, o mundo da música ficou ainda maior e mais diverso. E, ao mesmo tempo, ele também ficou muito mais fácil de ser percorrido. O universo dos sons está em expansão. Todo dia, toda hora. Sem fronteiras.

Para conhecer o portal, basta clicar aqui.

Publieditorial

CONTINUE LENDO

Doença faz adolescente rir sem parar

A cada dia penso que não viveremos o suficiente para vermos tudo no mundo. Dessa vez, a notícia curiosa vem da China. Segundo o jornal The Sun, uma adolescente de 13 anos sequer pode falar, porque ri sem parar.

Xu Pinghui, que precisou desenvolver uma nova forma de comunicação – evidentemente, usando o riso – tem buscado ajuda de vários médicos desde que o problema surgiu, depois de um período de febre quando ela ainda tinha oito meses.

Seus pais agora estão desesperados para encontrar a cura. “Desde então ela ri incontrolavelmente”, disse sua mãe Yang Longying.

Seu pai acrescentou: “Não há felicidade para nós. Vê-la rir nos deixa mais triste do que se ela estivesse chorando.

Os médicos, porém, deram uma nova esperança, após identificarem que o lobo frontal do seu cérebro foi danificado pela febre. Eles agora pretendem realizar uma tomografia computadorizada na adolescente e esperam que isto possa fornecer respostas para a misteriosa condição.

CONTINUE LENDO

Guia afirma que mulheres cariocas são "máquinas de sexo"

Um guia chamado “Rio for Parties” está dando o que falar nos últimos dias. A publicação, que visa dar orientações “valiosas” aos turistas, utiliza uma linguagem bastante polêmica para descrever o estilo dos cariocas, sobretudo das mulheres.

Para se ter uma ideia, um dos trechos do livro diz: “As popozudas são máquinas de sexo. Elas malham, vestem calças apertadas que entram no bumbum, pintam o cabelo de louro e fazem de tudo para ficarem lindas. Bom investimento, já que o motel é sempre uma possibilidade com estas gatas…se você também é sarado”.

De acordo com uma reportagem publicada na Folha de São Paulo, a Advocacia Geral da União já encaminhou à Justiça Federal um pedido para retirar a publicação de circulação, utilizando a alegação de que o texto viola a dignidade humana e expõe o povo brasileiro à situação vexatória. O não cumprimento da determinação obrigará o pagamento de R$ 10 mil de multa.

O guia, que é editado em inglês, também afirma que as mulheres acima de 30 anos gostam de se divertir, dançar e beber. “Trate ela como uma dama e elas o tratarão como um rei, talvez não esta noite, mas amanhã certamente“.

Sem dúvida, esse episódio renderá muitos capítulos.

Veja mais posts, notícias, fotos e vídeos curiosos.

CONTINUE LENDO

15 fatos interessantes sobre o cigarro

O site Listverse fez uma lista muito interessante, que mostram algumas curiosidades sobre o cigarro, desde dados históricos até um fetiche – acredite – por gente que fuma.

Veja quais 15 fatos interessantes:

1. Cigarro é o item comercial mais bem sucedido do planeta. Com cerca de US$ 400 bilhões, é uma das maiores indústrias do mundo.

2. O teor de nicotina de várias marcas está declaradamente em ascensão. A universidade de Harvard e o Departamento de Saúde de Massachusetts revelou que, entre 1997 e 2005 a quantidade de nicotina nos Camel, Newport e Doral aumentaram, no mínimo, 11%.

3. Os fabricantes de cigarros dos EUA agora fazem mais dinheiro vendendo cigarros para o resto do mundo do que vendendo para os próprios americanos.

4. Os cigarros contém arsênio, formaldeído, chumbo, cianeto de hidrogênio, óxidos de azoto, monóxido de carbono, amônia e mais 43 agentes cancerígenos conhecidos.

CONTINUE LENDO

Professora é acusada de abusar de aluno mais de 300 vezes

Christine A. McCallum, uma professora de 29 anos de Boston, foi acusada de estuprar um garoto de 13 anos de idade por mais de 300 vezes num período de um ano e meio.

Achou a história estranha? Não pára por aí. Segundo o Jornal The Boston Globe, McCallum tinha o hábito de oferecer bebida alcoólica ao garoto e logo depois manter relações sexuais com ele, sem se importarem com o lugar: cozinha, sofás e chuveiro.

De acordo com a acusação, a primeira relação sexual ocorreu em 7 de fevereiro de 2006, sobre o sofá de sua casa, enquanto o marido dormia no andar de cima. Ele (o marido), foi casado com a moça durante cinco anos, e estava ao seu lado no tribunal.

Um dos fatos que pesam contra McCallum é o dela ter se tornado tutora do garoto, que agora tem 16 anos. O inquérito mostra que este episódio mexeu com a libido dos dois e fez com que todos os dias eles fizessem sexo desesperadamente.

O advogado de defesa, Frederick McDermott, contestou a acusação e disse que não existem provas de que sua cliente tivesse relações sexuais com o adolescente. Segundo ele, McCallum tinha se tornado uma espécie de substituta da mãe, já que seu pai morava sozinho.

O caso só foi descoberto porque McCallum descobriu alguns torpedos que o garoto enviou para outra menina. Além disso, no seu MySpace, ela explicitou seus sentimentos, declarando que era “duro beijá-lo e dizer não“.

O pai do garoto descobriu algumas cartas apaixonadas e ficou absolutamente perturbado. Um colega do garoto declarou que a professora realmente era diferente: “Ela era legal, mas não era como os outros professores… ela era jovem e muito bonita”.

CONTINUE LENDO

Governo da Austrália oferece vaga de zelador em ilha paradisíaca por R$ 46 mil por mês

Se você sempre sonhou em ganhar bem e trabalhar num dos locais mais agradáveis do mundo, chegou a sua vez. O governo de Queensland, na Austrália, está recrutando um zelador para trabalhar em uma ilha paradisíaca da região – e o melhor de tudo, para ganhar R$ 46 mil por mês, durante 6 meses. Isso mesmo caro leitor, um zelador para cuidar de uma ilha paradisíaca por módicos R$ 46 mil. Por esse motivo, ele está sendo considerado “o melhor emprego do mundo” e também servirá para esquentar o turismo na região.

De acordo com a BBC, o local de trabalho é na ilha Hamilton, que faz parte da Grande Barreira Coralina, maior recife de coral do mundo. O escolhido terá muitas tarefas, entre elas: coletar as correspondências, alimentar as tartarugas marinhas e peixes, limpar a piscina, observar as baleias e mergulhar. Complicado não?

Na ilha, o zelador terá direito a uma casa de três quartos com vista para o mar, além de um buggy para locomover-ser na ilha.

Bom, quem estiver interessado na vaga, o processo seletivo estará disponível até o dia 22 de fevereiro. Basta clicar aqui. Os requisitos são básicos, já que o governo não exige qualificações acadêmicas e só precisa saber nadar e ter espírito aventureiro.

“Acredito que o maior risco será que o empregado não vai querer mais voltar pra casa no final dos seis meses”, comentou Desley Boyle, ministra do Turismo de Queensland.

Dica do Marcos Alves, via MSN

CONTINUE LENDO