Bizarrices no Photoshop também atacam celebridades

O Photoshop é sucesso absoluto entre os poucos softwares existentes no mercado. É praticamente impossível ver uma imagem digital e pensar que ela não tenha passado por algum retoque. Talvez, por essa razão, alguns profissionais acabem se empolgando e exagerando nos cliques.

As celebridades abaixo sabem o que isso significa.


Clique para ampliar

A modelo Sabrina Boing Boing posou nua para a Playboy, mas o editor resolveu esconder “algumas partes” do corpo da loira turbinada, que normalmente apareceriam.


Clique para ampliar

Já estas fotos da cantora Beyoncé, para uma famosa marca de cosméticos, renderam bastante polêmica. A empresa foi acusada de ter clareado o rosto da moça, deixando-a “virtualmente irreconhecível” e levantando a hipótese de um suposto ato de racismo.

A marca de cosméticos se defendeu, admitindo que a empresa dá grande valor à relação com a cantora e desmentindo qualquer possibilidade de alteração nas fotos.


Clique para ampliar

CONTINUE LENDO

A inacreditável casa que sobreviveu ao furacão Ike

A capital do Texas, Austin, sofreu com a passagem do furacão ike na semana passada. A cidade ficou sem energia elétrica e mais de oito mil famílias estão desabrigadas.

O fenômeno natural deixou cenas de desolação, com postes e palmeiras no chão, cabos elétricos destruídos, semáforos pendurados, vidros quebrados, tetos arrancados, barcos em terra firme, mas a imagem que mais chamou atenção foi desta casa, que apesar de todo o quarteirão ficar em ruínas, ela permaneceu de pé, quase que intocável. Absolutamente inacreditável.


Clique na imagem para ampliar

CONTINUE LENDO

Você já ouviu falar no Pilobolus?

O grupo Pilobolus utiliza a milenar arte das sombras chinesas, entretanto, explorando ao máximo seus próprios corpos para a composição das imagens. Eles definitamente recusaram o universo coreográfico tradicional e desenvolveram uma forma muito particular de apresentação.

CONTINUE LENDO

Doença rara faz crescer fios de metal em barriga

Sem dúvida, esta foi uma das notícias mais curiosas que eu vi nos últimos tempos. Uma matéria publicada no Jornal Jakarta Post, conta a história de uma mulher indonésia que sofre de uma doença muito estranha. Da sua barriga, de repente, crescem fios de metal, que chegam a medir 20 centímetros.

Noorsyaidah, de 40 anos, afirma que há 17 anos notou que algumas cerdas de metal surgiram na altura da barriga e logo depois caíram. Um mês depois, eles voltaram a crescer e permaneceram, forçando-a a cortá-los. No entanto, ela percebeu que o ato de aparar os fios, estranhamente fazia com que eles surgissem em outras partes do corpo.

Uma equipe de quatro médicos foi recrutada para investigar as causas desse estranho fenômeno, mas até o momento não chegou a uma conclusão precisa. O mais curioso é que os raios-x revelaram que há mais de 40 fios metálicos dentro dela, ou seja, os que estão aparentes correspondem à minoria, o que obriga os médicos a utilizarem imãs para descobrir a posição exata dos demais.

Embora os médicos afirmem que não existe risco de tétano, Noorsyaidah está longe de se dar por satisfeita. Ela declarou que sua preocupação maior está no desconforto, conforme mostra o vídeo abaixo.

CONTINUE LENDO

Mulher não pode ser presa porque é gorda demais

Não é por acaso que a obesidade mórbida é uma das doenças mais combatidas em todo o mundo, mas, curiosamente, no caso de Lizbeth Mayra Rosales, a doença até foi benéfica (se é que podemos considerar dessa forma).

Lizbeth foi condenada pelo assassinato do seu sobrinho de 2 anos, mas por pesar quase meia tonelada (mais precisamente 453,59 kg), não pode ir para cadeia. Aliás, suas medidas exageradas, não permitem sequer que passe pela porta do seu quarto.

Em março desse ano, a texana de 27 anos feriu mortalmente Eliseo Gonzales Jr. com dois golpes na cabeça, mas alegou que o garoto teria escorregado e batido com a cabeça numa cadeira. Entretanto, as investigações revelaram que as lesões que causaram a morte de Eliseo foram causadas por “força bruta”, absolutamente incompatíveis com as declarações de Lizbeth.

Sem nenhuma chance de deslocamento, a alternativa foi manter a moça em prisão domiciliar e fotografá-la periodicamente. Lupe Trevino, xerife da cidade, explicou ao jornal Telegraph que prender Lizbeth em uma cadeia normal seria um risco muito grande, porque obviamente, sua saúde inspira cuidados especiais.

Fico imaginando como deve ser a vida dessa mulher.

Veja também

Confira outras matérias. Tem muuuuuuito mais…

Jade detona e diz que CBG proibiu água em Pequim
Loira + Capoeira+samba = 6 milhões de visualizações
Separados no nascimento, por um clique no Photoshop
Brincalhão usa 400 sacos de salgadinho em pegadinha
Enfim, ele deve ser punido por causa da “Pirikita”?
Praticar Taekwondo não é para qualquer um
10 erros que fazem seu currículo ir parar no lixo
Conheça o primeiro rapper mudo do planeta
Abertura dos Simpsons totalmente feita com Legos
Conheça a fantástica história de Christian, o Leão

CONTINUE LENDO

Policiais inovam e são treinados no Counter-Strike

Por essa ninguém esperava, acredite. A polícia da cidade chinesa de Tianjin, resolveu revolucionar, treinando seus profissionais usando o jogo Counter-Strike. Isso mesmo, usando o mais famoso jogo de tiro em primeira pessoa, em LAN houses da cidade.

Para quem não sabe, o Counter-Strike (também conhecido como CS), foi um dos responsáveis pela massificação dos jogos por rede no início do século, sendo considerado o grande responsável pela popularização das LAN houses no mundo.

Mas voltando ao assunto principal, o intuito dos chefes é ajudar a avaliar quais policiais são mais hábeis ao lidar com diferentes tipos de armas e como reagem a mudanças repentinas e inusitadas. De acordo com informações da agência Xinhua, cerca de 300 policiais envolvidos na prevenção e combate ao terrorismo já aderiram ao treinamento.

A técnica é controversa, mas o instrutor de táticas policiais, Han Zhen, garante que é bastante eficaz: “Dada a sua estreita semelhança com cenários da vida real, o jogo aumenta a consciência sobre o terrorismo dos nossos oficiais.”

Já imaginaram nossos policiais devidamente uniformizados jogando a versão carioca do Counter-Strike, como a imagem abaixo?

CONTINUE LENDO

Que tal compra um animal de estimação genético?

Eles respiram, têm sentimento, sangram – se forem feridos, têm personalidade própria e emitem sons, embora suas cordas vocais tenham sido manipuladas, de forma que seus ruídos não incomodem os donos. Esta é a descrição dada pela Genpets para os animais de estimação genéticos, que levam o nome da empresa.

Os Genpets são bichinhos de estimação ao estilo “Tamagotchi”, que são vendidos num estado de hibernação, à espera de um dono disposto a dar carinho para eles. As pessoas simplesmente escolhem uma embalagem, levam para casa e cuida deles como se fossem um cão ou gato.

Para fazê-los despertar, basta retirar o tubo que fornece proteínas, capazes de induzir o sono, que os mantém na embalagem e alimentá-los com um pacote de nutrientes, responsável pela primeira alimentação, fora da caixa.

Achou tudo isso absurdo e surreal? Realmente é. Tudo não passa de um trabalho criado pelo artista canadense Adam Brandejs, que inicialmente apresentou o projeto como um trabalho acadêmico e que deixa, até hoje, os menos avisados totalmente assustados.

Brandejs declarou que “não sabia bem” qual seria o impacto. “Meu principal objetivo era criar uma obra que questionasse onde vai parar a biotecnologia e o consumismo”.

O jovem artista disse que trabalhou durante oito meses antes de apresentar um catálogo de venda dos bichinhos para o professor e recorda que sua nota foi muito boa e o trabalho foi apresentado em diversas exposições, atraindo a atenção da imprensa.

Atualmente, os Genpets, que na realidade são robôs que simulam respiração e movimentos, são vendidos por preços que variam entre 560 e 760 euros, mas a venda só é feita em galerias de arte. “Não quero que ninguém compre pensando que eles são reais”, explica o artista.

CONTINUE LENDO

Conheça os álbuns mais gays de todos os tempos

Para quem pensou em ver Village People no topo da lista, uma grande surpresa. David Bowie, com “The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars” tem o álbum mais gay de todos os tempos, segundo um júri selecionado pela revista Out.

A lista conta com 100 álbuns, que foram escolhidos segundo critérios pessoais de cada um dos jurados. Boy George, que foi um deles, explicou que o álbum de David Bowie quebrou uma série de tabus, comuns na época. “Ziggy Stardust (um dos personagens de Bowie) criou um mundo onde você podia ser quem quisesse”.

Veja no ranking se algum álbum de sua preferência faz parte da lista.

1. David Bowie, “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars” (1972)

Influenciado pela onda de Glam Rock que existia na Inglaterra na época, e condizente com cenário imaginado em filmes como Laranja Mecânica e 2001 – Uma Odisséia no Espaço (de Stanley Kubrick) lançados nessa mesma época, Bowie acabou criando uma espécie de álbum conceitual e futurista, sobre um rockstar extraterrestre e sua saga no planeta terra, Ziggy Stardust e todo seu glamour.

Existem boatos de que o nome Ziggy tenha vindo de Iggy Pop (amigo de Bowie) e/ou Twiggy (modelo, também amiga de Bowie) e de que Bob Marley escolheu o nome do seu filho (Ziggy Marley) por causa desse disco.

2. The Smiths, “The Smiths” (1984)

Já com uma vasta legião de fãs, os Smiths gravam o seu primeiro LP. Em 1984 sai o primeiro álbum, com o mesmo nome que o grupo, The Smiths, que atinge o nº 2 do Top do Reino Unido e é bastante aclamado pela crítica. Este álbum é particularmente importante porque vinha contrapor a tendência do synth pop.

3. Tracy Chapman, “Tracy Chapman” (1988)

Ainda durante a faculdade, Chapman começou a apresentar-se nas ruas, tocando seu violão em cafés de Cambridge, Massachussets. Enquanto esperava sua graduação acadêmica, assinou contrato com a SBK Records, em 1988, lançando seu primeiro álbum, intitulado “Tracy Chapman” – que foi logo aclamado pela crítica, e ela passou a realizar tournês e conquistar o público.

4. Indigo Girls, “Indigo Girls” (1989)

Lésbicas assumidas, Amy Ray e Emily Saliers levaram o folk-rock às paradas de sucesso quando formaram a banda Indigo Girls.

A Indigo Girls existe desde 89, já vendeu mais de 7 milhões de discos e abocanhou por 6 vezes o Grammy, boa parte do sucesso se deve à personalidade e atitudes destas vozes que representam uma nova geração de mulheres.

5. Judy Garland, “Judy at Carnegie Hall” (1961)

Judy Garland foi a primeira ‘madrinha-gay’ na comunidade americana. Em 1961, o seu disco Judy Garland at Carnegie Hall arrebatou cinco prêmios Grammy.

Os demais escolhidos são:

6. The Smiths, “The Queen is Dead” (1986)
7. Elton John, “Goodbye Yellow Brick Road” (1973)
8. Madonna, “The Immaculate Collection” (1990)
9. Cyndi Lauper, “She’s So Unusual” (1983)
10. Antony and the Johnsons, “I Am A Bird Now” (2005)
11.Coletânea “Hedwig and the Angry Inch” (2001)
12. The Velvet Underground & Nico, “The Velvet Underground & Nico” (1967)
13. Ani DiFranco, “Dilate” (1996)
14. Erasure, “The Innocents” (1988) 15. George Michael, “Faith” (1987)
16. Queen, “A Night at the Opera” (1975)
17. Lou Reed, “Transformer” (1972) 18. George Michael, “Listen Without Prejudice, Vol. I” (1990)
19. The B-52s, “The B-52’s” (1979)
20. Queen, “A Day at the Races” (1976)
21. David Bowie, “Hunky Dory” (1971)
22. The Gossip, “Standing in the Way of Control” (2006)
23. Deee-Lite, “World Clique” (1990)
24. Sylvester, “Living Proof” (1979)
25. k.d. lang, “Ingénue” (1992)
26. Scissor Sisters, “Scissor Sisters” (2004)
27. Eurythmics, “Sweet Dreams (Are Made of This)” (1983)
28. Queen, “The Game” (1980)
29. Pet Shop Boys, “Actually” (1987)
30. Diana Ross, “Diana” (1980)
31. Sarah McLachlan, “Fumbling Towards Ecstacy” (1993)
32. The Smiths, “Meat Is Murder” (1985)
33. The Smiths, “Hatful of Hollow” (1984)
34. Donna Summer, “Bad Girls” (1979)
35. Yaz, “Upstairs at Eric’s” (1982)
36. Madonna, “Erotica” (1992)
37. Blondie, “Parallel Lines” (1978)
38. Dusty Springfield, “Dusty in Memphis” (1969)
39. Laura Nyro and Labelle, “Gonna Take A Miracle” (1971)
40. Pet Shop Boys, “Behavior”, (1990)
41. Melissa Etheridge, “Yes I Am” (1993)
42. ABBA, “Gold” (1992)
43. Prince, “Purple Rain” (1984)
44. Pet Shop Boys, “Very” (1993)
45.Bikini Kill, “Pussy Whipped” (1993)
46. Madonna, “Ray of Light” (1998)
47. The Magnetic Fields, “69 Love Songs” (1999)
48. Cris Williamson, “The Changer and the Changed” (1975)
49. Patti Smith, “Horses” (1975)
50. Rufus Wainwright, “Poses” (2001)
51. Frankie Goes to Hollywood, “Welcome to the Pleasuredome” (1984)
52. Kate Bush, “Hounds of Love” (1985)
53. Culture Club, “Colour by Numbers” (1983)
54. Tori Amos, “Little Earthquakes” (1992)
55. David Bowie, “Diamond Dogs” (1974)
56. Team Dresch, “Personal Best” (1994)
57. Prince, “Dirty Mind” (1980)
58. Liz Phair, “Exile in Guyville” (1993)
59. Bronski Beat, “The Age of Consent” (1984)
60. R.E.M., “Automatic for the People” (1992)
61. Sleater-Kinney, “Dig Me Out”, (1997)
62. Jeff Buckley, “Grace” (1994)
63. Björk, “Debut” (1993)
64. Patti Smith, “Easter” (1978)
65. Le Tigre, “Le Tigre” (1999)
66. Soft Cell, “Non-Stop Erotic Cabaret” (1981)
67. Hüsker Dü, “Candy Apple Grey” (1986)
68. Nirvana, “Nevermind” (1991)
69. Frances Faye, “Caught in the Act” (1959)
70. Coletânea do espetáculo “Rent”, (1996)
71. Elton John, “Captain Fantastic and the Brown Dirt Cowboy” (1975)
72. Donna Summer, “Once Upon a Time” (1977)
73. Coletânea, “Fame soundtrack” (1980)
74. Michael Jackson, “Off the Wall” (1979)
75. Carole King, “Tapestry” (1971)
76. Ani DiFranco, “Imperfectly” (1992)
77. New Order, “Substance” (1987)
78. Coletânea “The Rocky Horror Picture Show” (1975)
79. T. Rex, “Electric Warrior” (1971)
80. Rufus Wainwright, “Want One” (2003)
81. Scissor Sisters, “Ta-Dah” (2006)
82. Cher, “Believe” (1998)
83. Bette Midler, “The Divine Miss M” (1972)
84. Cyndi Lauper, “True Colors” (1986)
85. Nina Simone, “Anthology” (2003)
86. Madonna, “Madonna” (1983)
87. Madonna , “Confessions on a Dance Floor” (2005)
88. Hüsker Dü, “Zen Arcade” (1984)
89. Fifth Column, “To Sir With Hate” (1986)
90. Kate Bush, “The Kick Inside” (1978)
91. Grace Jones, “Nightclubbing” (1981)
92. Morrissey, “Viva Hate” (1988)
93. Sade, “Lovers Rock” (2000)
94. Coletânea do espetáculo “Hair”, (1968)
95. Culture Club, “Kissing to Be Clever” (1982)
96. Nick Drake, “Bryter Layter” (1970)
97. Janis Ian, “Between the Lines” (1975)
98. Ferron, “Testimony” (1980)
99. Joni Mitchell, “For the Roses” (1972)
100. The Beatles, “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (1967)

Fonte: Wiki e Outras

Veja também

Confira outras matérias. Tem muuuuuuito mais…

Jade detona e diz que CBG proibiu água em Pequim
Loira + Capoeira+samba = 6 milhões de visualizações
Separados no nascimento, por um clique no Photoshop
Brincalhão usa 400 sacos de salgadinho em pegadinha
Enfim, ele deve ser punido por causa da “Pirikita”?
Praticar Taekwondo não é para qualquer um
10 erros que fazem seu currículo ir parar no lixo
Conheça o primeiro rapper mudo do planeta
Abertura dos Simpsons totalmente feita com Legos
Conheça a fantástica história de Christian, o Leão

CONTINUE LENDO

Jade detona e diz que CBG proibiu água em Pequim

Jade Barbosa detonou a Confederação Brasileira de Ginástica nesta sexta-feira e divulgou uma série de restrições impostas às atletas durante as Olimpíadas de Pequim.

Segundo a ginasta, a CBG restringiu o consumo de água entre os atletas, chegando ao ponto deles terem que contentar-se apenas com spray na boca. “Era proibição dos técnicos. Podíamos, no máximo, dar borrifadas de uma garrafinha com spray na boca, tentar refrescar o corpo, mas, ainda assim, isso era feito escondido“.

Quando tive crise renal, fui orientada pelo médico a tomar 1,5 litro de água por dia, mas tive restrições e tinha que ouvir piadas: ‘Lá vai a Jade tomar a aguinha‘”, descreve o iG Esporte. Jade também declarou que, por diversas vezes se viu obrigada a tomar água do chuveiro.

E, se pedia água, davam quente, esquentada no microondas, e eu não conseguia tomar. No Japão, no desespero, porque fechavam o registro do filtro, tomei a água do chuveiro. Hoje tenho cinco pedras nos rins“.

Para quem não sabe, desde a semana passada o pai da atleta vinha criticando a Confederação, alegando que negligenciaram o tratamento da contusão no punho da atleta, cogitando, inclusive, processar a entidade. Jade inclusive declarou que começou a tomar altas dosagens de antiinflamatório, o que causou efeitos colaterais e comprometeu suas atuações. “Tomava os remédios por causa da dor no punho. Eu até melhorava um pouco da dor, mas, depois, tinha muitos vômitos, não conseguia treinar direito e tinha a sensação de estar sem força nas pernas“.

Jade declarou ao jornal Folha de S. Paulo que tomava uma dose inicial de 400g do remédio, mas passou a duas cápsulas em julho e a três em agosto, durante as Olimpíadas.

É, talvez isso explique o rostinho de sofrimento que ela fazia quando ia se apresentar.

UPDATE:
A direção da CBG negou que proibiu o consumo de água entre as ginastas, mas só “os excessos”, alegando que poderiam aumentar o peso das atletas e agravar o risco de lesões devido aos exercícios de alto impacto.

CONTINUE LENDO

Separados no nascimento, por um clique no Photoshop

Calma, evidentemente tudo não passa de uma brincadeira feita pelo site Freaking News.

Clique sobre a imagem das celebridades para ver o resultado.

CONTINUE LENDO

Brincalhão usa 400 sacos de salgadinho em pegadinha

Isso mesmo! O sujeito espalhou o conteúdo de 400 sacos de salgadinho na sala de um colega de trabalho, simplesmente para se divertir.

Na realidade, este tipo de brincadeira é muito comum lá fora. Para você ter uma idéia, já foram utilizados bloquinhos post-it, fita adesiva, caixas de papelão, jornal e agora 100 kg de salgadinhos, ou se você preferir, 75.000 unidades do lanchinho.

O dono da sala, que estava almoçando enquanto o fanfarrão aprontava a pegadinha, tirou a última foto, mostrando como ficaram suas mãos.

Ah, antes que eu esqueça, se fosse aqui no Brasil, o sujeito gastaria módicos R$ 600,00. Agora, Imaginem o cheiro.

CONTINUE LENDO

Enfim, ele deve ser punido por causa da "Pirikita"?

Eis que surge a mais recente “celebridade” do mundo virtual: o “Policial Dançarino”. É inevitável. Caiu na net, virou hit.

Para quem ainda não sabe, o escolhido da vez é um policial militar de São Paulo, que acabou aparecendo em dois vídeos publicados no You Tube, fazendo em um deles, uma dancinha muito estranha ao som do forró “Pirikita”.

O vídeo fez tanto sucesso, que já apareceu no Fantástico e em centenas de blogs brasileiros, gerando grande repercussão ao caso, e fazendo com que a Polícia Militar de São Paulo abrisse procedimento administrativo para investigar os dois policiais envolvidos na gravação. Com isso, eles podem receber punições que vão desde uma advertência até a detenção no batalhão da corporação.

Bom, a pergunta que não quer calar: após ver a perfomance do rapaz, você acha que ele realmente deveria ser punidos ou ganhar uma oportunidade de participar do Superpop?
CONTINUE LENDO

10 erros que fazem seu currículo ir parar no lixo

É evidente que não existe uma receita de bolo para fazer com que seu currículo seja aceito numa empresa, mas existem algumas erros que precisam ser observados para evitar que ele vá parar no lixo.
Muito cuidado com os erros de ortografia e digitação
Independente do cargo almejado, o cuidado com as regras básicas do idioma, acentuação e concordância deve ser seguido. Em alguns processos seletivos, o candidato pode ser eliminado antes mesmo de ter a oportunidade de justificar o erro, ou até mesmo, de ser entrevistado. Os especialistas recomendam revisar todo o documento antes de enviá-lo. Uma boa dica, é consultar o iG Educação, que já tem disponível todas as mudanças nas regras da Língua Portuguesa.

Caso você não domine o idioma, melhor não arriscar e pedir ajuda a alguém com mais conhecimento. As mesmas regras valem para quem está fazendo um currículo em outro idioma. Nada de dar um “control+c” no Tradutor do Google e colar diretamente no currículo.

Mentira tem pernas curtas
Nada de inventar “mentirinhas”. Além de ser antiético, pode deixar você em uma situação bastante desconfortável, caso o entrevistador peça para que você faça um teste prático. Além disso, mesmo que você consiga o emprego, mais cedo ou mais tarde você será desafiado a cumprir o que está no currículo, e aí não vai haver justificativa. O ideal é descrever com exatidão seus pontos fortes, sem porém, “exagerar nas tintas”.

O currículo não é o livro da sua vida
Segundo os especialistas, dois minutos é o tempo máximo que você tem para se apresentar ao selecionador. Portanto, esqueça os currículos com várias páginas e cheio de informações, mesmo que você tenha experiência e comprove tudo o que escreveu. O ideal é ter, no máximo, duas folhas e somente citar informações relevantes ao cargo que você deseja. Portanto, se você fez um curso de pesca submarina, não precisa dizer isso se estiver em busca de uma vaga de atendente. Lembre-se, o importante é qualidade, e não quantidade.

Nem tanto, nem tão pouco
Não precisa economizar quando precisar fornecer as informações necessárias para que o selecionador o conheça melhor. Informações como: datas de formação, entrada e saída das empresas anteriores, período de cursos, locais de formação e descrição de atividades desempenhadas, são absolutamente importantes no processo de seleção. Dá para ser objetivo, sem ser superficial.

Cuidado com o objetivo
Antes de tudo, você precisa apontar seus objetivos profissionais. Segundo os especialistas, é pelo objetivo que os selecionadores costumam iniciar a leitura de um currículo. É também através dele, que eles definem se continuam lendo, ou joga no lixo. Portanto, esse ponto é muito importante. Procure ser claro e convincente. Afinal de contas, é preciso saber realmente o que você quer. Apontar objetivos distintos pode demonstrar imaturidade e falta de foco.

Documentos pessoais são desnecessários
Lembra daqueles currículos que eram vendidos nas bancas de revista, que vinham com vários espaços em branco onde você precisava preencher até o número do CPF, RG, carteira de reservista? Esqueça! Este tipo de informação é absolutamente irrelevante no processo de seleção. Outra informação que deve ser evitada é a pretensão salarial. Na realidade, por ser um assunto confidencial, ela só deve ser usada caso a empresa exija.

Esqueça as fotos
As empresas são legalmente proibidas de solicitar fotos. Trata-se de um ato discriminatório, porque o que está em avaliação é sua competência profissional e não a aparência. No entanto, se você está disposto a colocar sua foto, uma dose de bom senso vai bem. Tente usar fotos mais formais e que não comprometam sua entrevista.

Cuidado com a estética
Enfeitar o currículo é uma faca de dois gumes. O ideal é avaliar o perfil da empresa que você está tentando uma oportunidade e montar seu currículo de acordo com ele. Os especialistas lembram que o formato tradicional, com folhas brancas e letras tradicionais, como Times New Roman e Arial é o mais garantido. Entretanto, se a organização permite que você utilize um formato, digamos, mais moderninho isso pode diferenciar você no processo de seleção. Cuidado e bom senso é fundamental.

Um currículo para cada empresa
Os especialistas afirmam que um currículo com texto adequado ao perfil da empresa chamam mais atenção dos selecionadores. Procure aprender um pouco mais sobre a atividade da empresa e monte um currículo ressaltando suas características profissionais, relacionando com o perfil da empresa, mas nada de inventar.

Esqueça os documentos anexos
Anexar seus certificados e diplomas não atestam, pelo menos nesse momento, sua capacidade profissional. Deixe-os guardados em casa, para utilizá-los quando forem solicitado. Os especialistas também afirmam que não é necessário assinar o currículo.

Fonte: Universia

Veja também

E muuuuuiiito mais…
Conheça a fantástica história de Christian, o Leão
10 coisas que podem ser consideradas ruins, mas que a ciência mostrou um outro lado
Ronco de motor deixa as mulheres mais excitadas
Esta sim é uma brincadeira perigosa
Comer coisas do lixo virou estilo de vida. Sabia?
Vídeo mostra queda de avião de dentro da cabine
Site vende chatos para quem quer vingar-se do(a) ex
Muito cuidado durante a execução do hino dos EUA
Top 10-Pessoas com condições físicas inacreditáveis

CONTINUE LENDO