6 fatos bizarros sobre a internet em Cuba que muita gente desconhece

Cuba é conhecida pela total desconformidade com as questões sociais, e isso não é nenhuma novidade. O que pouquíssimas pessoas aqui no Brasil desconhecem é a maneira como é tratada a inclusão digital na ilha de Fidel. Veja abaixo algumas questões, que se comparadas com a realidade do nosso país, chegam a ser bizarras:

1. Manter um blog, só se passando por turista estrangeiro.

Yoani Sanchez, de 32 anos, se veste de turista, entra em um hotel de Havana, cumprimentando os funcionários em alemão e vai até o local onde existe conexão para a internet. Isso acontece porque cubanos como ela não estão autorizados a usar as conexões de Internet do estabelecimento, reservado apenas a estrangeiros.

Na frente do computador Sanchez precisa escrever rapidamente. Não porque ela tem medo de ser apanhada em flagrante, mas porque o acesso à rede é proibitivamente caro. Uma hora de Internet custa cerca de 6 dólares, o equivalente a 15 dias de salário para um trabalhador cubano médio.

Blogueiros independentes como Sanchez tem de criar seus sites em servidores fora de Cuba e têm mais leitores fora do país do que dentro dele. Isso não surpreende, já que apenas 200 mil cubanos, ou menos de dois por cento da população, têm acesso à Web, o menor índice na América Latina, de acordo com a União Internacional de Telecomunicações.

2. Acredite! Nem o governo tem “livre acesso” à internet.

Apenas funcionários do governo, professores, universitários e pesquisadores estão autorizados a manter contas próprias de Internet, fornecidas pelo governo.

O restante dos cubanos só podem manter contas de email, às quais têm acesso nas agências dos correios, onde também podem visitar sites cubanos. O acesso ao restante da rede, no entanto, é proibido para eles.

3. O governo culpa os EUA pela exclusão digital.

O governo culpa o embargo comercial norte-americano pela situação, porque ele impede que o país tenha acesso a cabos submarinos de fibras ópticas que correm a apenas 20 quilômetros de seu território, e em lugar deles depende de caras conexões via satélite para se conectar à rede de países como o Brasil, Chile e Canadá.

Mas os críticos alegam que isso é apenas um pretexto para que as autoridades mantenham controle sobre a Internet.

4. Até em Cuba já existe pirataria!

Funcionários do governo há muito limitam o acesso do público à Internet e a vídeos digitais, removendo as antenas parabólicas não autorizadas e controlando severamente o número de cibercafés que os cubanos podem utilizar. Resta apenas um cibercafé funcionando na velha Havana, ante três alguns anos atrás.

Mas as tentativas do governo de controlar o acesso estão se provando cada vez mais ineficientes. Os jovens cubanos dizem que existe um próspero mercado negro que oferece a milhares de pessoas uma conexão clandestina para com o mundo exterior.

Pessoas que contrabandearam antenas parabólicas para o país oferecem conexões ilegais de Internet, por uma tarifa mensal, ou baixam filmes e os vendem em CDs. Outros exploram as conexões de Internet de empresas estrangeiras e estatais. Funcionários que podem se conectar à Internet muitas vezes vendem suas senhas e números de identificação para que outras pessoas obtenham acesso de madrugada.

5. Como funciona um Cybercafé em Cuba.

Escondido em uma pequena sala nas profundezas do edifício do Congresso, o café estatal cobra um terço do salário médio mensal de um trabalhador cubano, US$ 5 – por uma hora de uso de computador. Os dois outros cibercafés que existiam no centro de Havana foram transformados em “centros postais”, que permitem que cubanos mandem mensagens de e-mail por uma rede fechada na ilha, desconectada da Internet. “É uma espécie de serviço telegráfico”, disse um jovem, dando de ombros, enquanto esperava na fila para usar os computadores de um dos antigos cibercafés.

6. Só agora os jovens começam a usar a Internet para desafiar o governo.

Uma crescente rede de jovens armados de cartões de memória de computador, câmeras digitais e conexões clandestinas com a Internet está desafiando o governo cubano nos últimos meses, difundindo notícias que a mídia oficial do Estado preferiria suprimir.

No mês passado, os estudantes de uma prestigiosa universidade de computação gravaram um feio confronto que tiveram com Ricardo Alarcón, o presidente da Assembléia Nacional cubana. Alarcón parecia perplexo quando os estudantes o cercaram e começaram a questioná-lo sobre os motivos da proibição de que viajem ao exterior, se hospedem em hotéis, procurem salários melhores ou utilizem serviços de busca como o Google. O vídeo se espalhou velozmente por Havana, de pessoa em pessoa, e prejudicou seriamente a reputação de Alarcón em determinados círculos.

Fonte: Reuters e The New York Times

CONTINUE LENDO

Os 10 tipos de estagiários mais odiados nas empresas

Um estágio pode significar a primeira etapa para o seu objetivo de carreira ou tornar-se uma experiência desastrosa. Depende de como você está preparado para lidar com o novo ambiente de trabalho e os colegas com quem irá dividir espaço.

Conheça os tipos de estagiários mais odiados nas empresas:

1. O ACOMODADO

“O estudante precisa entender que o estágio serve para ele aprender e o fato de estar nesta posição significa que ele deve demonstrar interesse por novos conhecimentos. Tem muito estudante que entra na empresa e pensa: “legal, agora que passei na seleção vou relaxar.” Por causa disso, assume uma postura mais passiva do que deveria. O estudante não pode ser acomodado a ponto de achar que a empresa vai adivinhar as necessidades e as dificuldades dele. Se tem dúvida, pergunte, se não entendeu, esclareça. Uma postura passiva pode ser encarada como má-vontade e falta de iniciativa. Para quem pretende evoluir ou mesmo disputar uma efetivação, estará longe de alcançar seus objetivos.”
Jô Furlan – especialista comportamental

2. O SALTO ALTO

“O primeiro ponto para quem ingressa no mercado de trabalho é entender que está na condição de aprendiz. Portanto, não cabe agir como se já fosse empregado há muito tempo e questionar paradigmas ou tratar as diretrizes da empresa como se estivessem obsoletas. O estagiário deve ouvir mais do que falar. Com o tempo e com mais experiência profissional é que irá adquirir a maturidade necessária para opinar e contestar determinados pontos de vista. Tem muito rebelde sem causa que traz isso para o ambiente de trabalho. O estagiário que reclama de todas as tarefas, não se enturma e ainda por cima é resistente às políticas da empresa tem menos chance de ser bem-sucedido em relação ao candidato que é humilde, gentil e cortês”.
Reinaldo Passadori – especialista em Recursos Humanos e Comunicação Verbal

3. O BOCA SUJA

“Em casa ou com os amigos até cabe o uso de gírias ou expressões menos elaboradas, comuns ao dialeto da juventude. No ambiente de trabalho a coisa já muda de figura. A comunicação deve ser uma preocupação constante do jovem. É pela maneira com a qual ele se comunica que suas mensagens serão recebidas e decodificadas pelo outro. Por isso, é fundamental evitar gírias e palavras que denotem baixo nível intelectual. Além do jovem ser ‘percebido’ de uma maneira imatura por causa da maneira como fala, uma linguagem vulgar deve ser evitada, sobretudo, porque é nesta fase que ele deve se preocupar em evoluir. O estudante tem de ler muito para ampliar seu vocabulário e ter uma pronúncia melhor. Uma comunicação eficaz poderá demonstrar seu talento, potencial e suas habilidades.”
Reinaldo Passadori – especialista em Recursos Humanos e Comunicação Verbal

4. O NECESSITADO

“Tem muito estudante que se preocupa mais com o quanto ganha do que com aquilo que realmente aprende no estágio. Sei que a condição do jovem brasileiro não é fácil e muito aluno depende do dinheiro para pagar os estudos. O estágio, porém, é a fase em que ele está livre para errar, fazer testes, se desiludir. É nessa hora que ele deve priorizar seu aprendizado. O valor da bolsa-auxílio, neste caso, pode ser até um revés. Se um estudante tem um bom salário para a condição de estagiário, mas desenvolve atividades pouco desafiadoras e, por vezes, até desestimulantes, ele compromete seu futuro. O jovem precisa evoluir. Ficar no estágio por causa do salário o transforma em um trabalhador braçal e não em um estudante que tem um futuro pela frente. O mercado de trabalho, por sua vez, é muito cruel nesse sentido. Se você passou pelo estágio e se prendeu aquele que pagava mais, mas que não te ensinou muito, certamente você sofrerá conseqüências no futuro”.
Maria Ester Pires da Cruz – consultora do Ibmec Carreiras do Ibmec São Paulo

5. O INFLEXÍVEL

“Uma competência fundamental que o estagiário dever ter é flexibilidade para mudanças. Atualmente, as empresas são muito dinâmicas, logo, as prioridades de trabalho mudam rápido demais e o estagiário pode não acompanhar ou até mesmo não entender. É interessante que ele tenha essa competência, pois assim, evita-se que ele fique frustrado em algumas situações ou tenha a impressão de que nunca consegue terminar suas atividades ou projetos. Uma sugestão para o estagiário é conversar sempre com seu tutor/gestor e procurar entender o que acontece no momento e quais são as prioridades de trabalho.”
Felícia Duarte – gerente de projetos da Cia de Talentos

6. O INDIVIDUALISTA

“Procure desenvolver suas atividades de bem com a vida e com seus colegas dentro da empresa. Isso significa que você deve ser pró-ativo, deve estar sintonizado com o mercado, precisa ser curioso e sempre trazer outras idéias para o grupo. Entenda que no ambiente de estágio (ou de trabalho) todas as funções são importantes, portanto, valorize as suas atividades e a de seus colegas. Procure agregar e, se possível, tenha envolvimento com projetos de outras áreas. Lembre-se: sozinho ninguém muda nada.”
Rossano Lippi – diretor da Central de Estágios Gelre

7. O DEIXA PRA DEPOIS

“O estágio é o momento em que o estudante deve trabalhar em tempo real, quer dizer, não deixar para depois o que ele pode fazer hoje. Em geral, somos avaliados sobre aquilo que produzimos. Se produzirmos rápido (e com qualidade) isso pode ser um ponto a favor em relação aos demais estagiários na hora da empresa optar entre um e outro para fazer parte de um novo projeto ou até mesmo na hora de decidir quem será efetivado.”
Suzy Fleury – Psicóloga e consultora empresarial

8. O ENVERGONHADO

“Não tenha vergonha de perguntar o que não sabe. É muito importante exercitar a curiosidade mesmo que se trate de assuntos que não estejam diretamente ligados à sua área de atuação. Lembre-se que o estágio é uma oportunidade não só de demonstrar as suas competências, mas também de adquirir novos conhecimentos. Aliás, a curiosidade (ou a sede de aprender) é um diferencial que não deve ser perdido nunca, pois constitui uma das características fundamentais do profissional de sucesso. Só tenha o cuidado de escolher a hora certa para fazer suas perguntas, para não atrapalhar as atividades de quem vai responder.”
Celso Dutra – gerente de Recursos Humanos do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola)

9. O ESTAGIÁRIO DO ORKUT

“Administre bem o seu tempo. Chegar antes e sair depois de todos não é sinônimo de dedicação e competência. Cuidado com o tempo perdido com e-mails, MSN, com a navegação na Internet ou com o Orkut. O estagiário deve se perguntar ao final de cada dia: “Eu dei lucro ao meu empregador hoje? Se a resposta for afirmativa, você está no caminho certo.”
Tom Coelho – especialista em carreira e conteúdo motivacional

10. O IRRESPONSÁVEL

“Ao conversar com gestores de grandes empresas muitos deles reclamam da postura profissional de estudantes de universidades clássicas e conceituadas. No dia-a-dia no estágio, ele se comporta como se não precisasse se esforçar, imagina que a boa fama de sua universidade de origem seja suficiente. O estagiário, porém, deve ter claro que esta é a fase em que ele abrirá portas para o mercado. É preciso estar atento, aproveitar oportunidades e decidir com maturidade o que é mais importante em cada momento. O estudante não pode ser inconseqüente a ponto de executar mal uma tarefa, priorizar compromissos secundários ou simplesmente culpar outros pelos seus erros. Quem tem esse tipo de comportamento não se sustenta por muito tempo.”
Carmem Alonso – psicóloga e coordenadora de treinamento para clientes do NUBE (Núcleo Brasileiro de Estágio)

Fonte Universia

CONTINUE LENDO

Faça você mesmo sua maquiagem cinematográfica

Se você é daqueles que adora pregar uma peça nos amigos e na família nos fins de semana, comemore! Saiba como fazer sua própria maquiagem cinematográfica.

Só não culpem o Buteco pelas consequências [risos]!

Material necessário:
– Adstringente facial
– Gelatina em pó ou em folhas sem sabor incolor (pode ser vermelha)
– Corante alimentar ou tinta guache
– Tinta para a pele nas cores preta e vermelha (em pó, em creme ou líquida)
– Óleo de rícino ou azeite extra-virgem
– Glicerina
– Espátula pequena ou hashi
– Pincel chato de cerdas macias

Cuidados e precauções:
– Sempre faça um teste de alergia: aplique uma pequena quantidade dos produtos que entrarão em contato com a sua pele em uma parte pouco visível, próxima ao cabelo e deixe pelo tempo que pretende usar a maquiagem. Remova conforme indicado e espere um dia. Se notar vermelhidão ou alguma outra reação, NÃO APLIQUE A MAQUIAGEM!
– NÃO deixe a água do banho-maria ou a gelatina ferverem
– A maquiagem pode ser aplicada sobre a boca e próxima aos olhos, mas tome cuidado.
– Ao contrário das que usam látex como base, essa pode ser aplicada sobre os cabelos. Não só pode, como deve, para ficar com aspecto mais realista, mas tenha o cuidado de lavar muito bem o cabelo para remover todos os resquícios após o uso.

Como fazer:
– Prepare a gelatina, acrescentando água somente o suficiente para dissolver e derreta-a em banho-maria (leve uma panela não muito cheia de água ao fogo e coloque um pote de metal com a gelatina dissolvida dentro da panela cheia de água.)
– Adicione o corante alimentar ou tinta guache à gelatina de modo que fique em um tom parecido com a sua pele (caso seja incolor)
– Deixe amornar e, enquanto isso, limpe bem a pele e remova a oleosidade com adstringente, para que a maquiagem fique bem aderida.
– Aplique sobre a pele limpa com uma espátula, fazendo a textura de pele queimada.

Dilua a tinta para pele com óleo de rícino e aplique com o pincel chato sobre a maquiagem e partes da pele. Se precisar, auxilie com os dedos. Veja na foto número 4.

Alternativamente, você pode usar gelatina vermelha preparada conforme instruções da embalagem.

Nas partes mais altas da aplicação de gelatina, passe a tinta preta sem diluição (ou diluída em água caso seja creme ou pó). Passe também em algumas bordas e no cabelo. Veja nas fotos 5 e 6.

Aplique glicerina até que fique com aspecto de “úmido” e boa diversão!

Via: Acidez Mental

CONTINUE LENDO

Australianos escolhem as músicas mais gays de todos os tempos

Em homenagem à Parada Gay de Sidney, o site australiano Samesame divulgou uma relação com as músicas mais gays de todos os tempos.

O critério de votação foi bastante simples, foram escolhidos os hits que mais embalam o público GLS nas pistas de dança pelo mundo.

Confira os 10 primeiros:

1. ABBA – “Dancing Queen” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

2. Village People – “YMCA” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

3. Gloria Gaynor – “I Will Survive” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

4. The Weathergirls – “It’s Raining Men” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

5. Kylie Minogue – “Your Disco Needs You” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

6. Pet Shop Boys – “Go West” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

7. Kylie Minogue – “Better The Devil You Know” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

8. Olivia Netwon-John – “Xanadu” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

9. Madonna – “Vogue” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

10. Alicia Bridges – “I Love The Nightlife” [ VEJA O VÍDEOCLIPE ]

As demais músicas são:

11. Gloria Gaynor – “I Am What I Am”
12. Cher – “Believe”
13. Diana Ross – “I’m Coming Out”
14. Bronski Beat – “Smalltown Boy”
15. Judy Garland – “Over The Rainbow”
16. Village People – “Macho Man”
17. Frankie Goes To Hollywood – “Relax”
18. Village People – “In The Navy”
19. Coming Out Crew – “Free, Gay And Happy”
20. Dolly Parton – “9 to 5”

Dica do Marcos do Comentário Atravessado

CONTINUE LENDO

Você sabia que existe concurso de “Miss” para homem? Um paulista foi eleito o homem mais bonito do Brasil

Apesar de ser paulista – de Votuporanga – Vinícius Ribeiro, de 26 anos venceu o concurso Mister Brasil Mundo 2008 representando o estado do Espírito Santo. Segundo os organizadores isso é possível pois o concurso ainda não tem a mesma dimensão que o Miss Brasil.

O concurso foi realizado na noite de sábado (08/03), em Poços de Caldas (MG) e teve a participação de 25 candidatos.

Segundo o G1, antes da festa de premiação, os candidatos participaram de uma disputa esportiva classificatória. Ao todo, foram cinco modalidades: corrida (vencedor Pará), basquete (vencedor Rio Grande do Norte), peteca (dupla vencedora Goiás e Pernambuco), bocha (vencedor Rio Grande do Norte) e natação (vencedor Santa Catarina).

Na final, eles desfilaram usando smoking, sunga e roupa esportiva. Vinícius Ribeiro ficou em primeiro lugar e recebeu o título de Mister Brasil Mundo. O candidato de Minas Gerais, Maciel Mendes, ocupou a segunda colocação e ganhou o título de Mister Brasil Internacional.

De acordo com Fontes, que participa da organização do evento, Ribeiro ganhou um prêmio simbólico de R$ 3 mil, viagem para os Estados Unidos com acompanhante, guarda-roupa completo e terá direito aos cachês de apresentações, além das despesas pagas para participar do concurso Mister Mundo, que vai ser realizado na Itália.

CONTINUE LENDO

Videoclipe é tirado do ar porque pode causar ataque epilético

A revista Billboard publicou esta semana, que o novo videoclipe da dupla Gnarls Barkley teve que ser retirado do ar, porque os efeitos estroboscópicos em um fundo de tela preto e branco podem causar desconforto para pessoas que sofrem de epilepsia. Um exame chamado “Harding test”, usado para detectar o efeito em programas de TV foi usado para fazer a avaliação.

Como forma de prevenção, a MTV no Reino Unido solicitou que “Run” fosse editado.

DJ Danger Mouse afirmou: “Eu não sei exatamente o que está acontecendo, mas nós estamos enfrentando problemas. Eu acho que o vídeo é legal. Funciona para mim. Mas eu não sou o tipo de pessoa que se sente mal freqüentemente”.

O novo disco do Gnarls Barkley será lançado no dia 8 de abril.

Veja abaixo (sem cortes) o clipe da música:

PS.: Não senti nenhum desconforto, embora não tenha epilepsia.

CONTINUE LENDO

9 grandes desastres causados pelo Photoshop

As bancas estão recheadas de revistas, que na grande maioria, trazem fotos que são resultado de muito tratamento de Photoshop. Alguns exageram tanto nas “pinceladas” e acabam por criar verdadeiros desastres.

Veja abaixo alguns exemplos:

1. O salto foi muito excelente, porém esqueceram a cabeça do outro jogador. Publicado no Sports Illustrated
2. O que houve com o “cofrinho” de Michelle Branch?
3. Modificaram tanto a foto de Heidi Klum, que a moça acabou ficando com o seio – digamos – um pouco deformado.

4. O que fizeram com o resto do dedo da modelo?
5. A mão da moça sofreu um pequeno aumento.
6. Essa não vou revelar onde está a falha. Apesar de estar bastante aparente, muita gente não encontra onde está a falha. Se você achou comenta!

7. Acharam que Kata Dobo estava um pouco “cheinha”, mas esqueceram de retocar o azulejo também.
8. Esta já é conhecida! De onde surgiu essa mão?
9. Trataram demasiadamente a foto de Ashlee Simpson que deixaram a moça com aspecto de boneca de porcelana.

Fonte: PSDisasters

CONTINUE LENDO

Prato do Dia: Links ao Molho de Salmão

• [ SITE ] Ninguém mais será torturado! [ VEJA ]

• [ VÍDEO ] Os melhores desenhos da década de 80 [ VEJA ]

• [ SITE ] Um site dedicado a coisas que cairam de caminhões, vai de cocaína à crocodilo… [ VEJA ]

• [ FOTOS ] Retratos feitos com tampinhas de refrigerante [ VEJA ]

• [ SITE ] Seu notebook não precisa ser igual aos outros! [ VEJA ]

• [ FOTOS ] Fotos bem legais de gente “brincando” com o Sol. [ VEJA ]

• [ FOTOS ] Motorista sofre acidente e carro fica pendurado em penhasco [ VEJA ]

• [ SITE ] A limousine mais rápida do mundo [ VEJA ]

• [ SITE ] 31 soluções rápidas para problemas com o Windows XP ou com o Vista [ VEJA ]

• [ SITE ] Concurso escolhe laptop mais feio da Estônia [ VEJA ]

• [ VÍDEO ] A morte dos lactobacilos vivos [ VEJA ]

• [ VÍDEO ] Homenagem ao Seu Madruga [ VEJA ]

CONTINUE LENDO

Terminando o namoro pela Internet

Como hoje as relações pessoais estão inevitavelmente ligadas à vida digital, acabamos por encontrar momentos no mínimo inusitados. É comum, hoje em dia, encontrarmos publicados vídeos que mostram intimidade de casais, fotos sensuais, cartas comprometedoras, scraps no Orkut e uma infinidade de meios que visam “vingar” uma das partes pelo fim de um relacionamento frustrado.

A última cena de “vingança digital” foi protagonizada pelo co-criador da Wikipedia e de sua, agora ex, namorada. Jimbo (James Wales), resolveu editar seu verbete, incluindo a informação de que não estava mais envolvido com Rachel Marsden.

Marsden acessou a Wikipedia no sábado e se deparou com a notícia, mas não se deixou abater. Ela resolveu leiloar as roupas do ex namorado que estavam em seu apartamento, em Nova Iorque. Entre os ítens, uma camiseta com manchas brancas, que já está sendo disputada por custa US$2,226.00.

Fonte: Blog do Becher

CONTINUE LENDO

Internet para quem não tem dinheiro, computador ou alfabetização

Isso mesmo, o Question Box é um projeto que foi lançada na Índia visando a “inclusão digital”, com ela não é preciso ter computador, internet, nem precisa ser alfabetizado.

Trata-se de uma caixa, onde o usuário aperta um botão e é atendido – do outro lado – por um interlocutor sentado na frente de um computador conectado à Internet. Funciona assim, você faz a pergunta, o operador procura na Internet e lhe retorna a resposta, por voz. Se você preferir, o operador também pode te enviar um e-mail.

Segundo o site do fabricante, atualmente, há duas Question Box em funcionamento, nas aldeias indígenas de Ethida e Poolpur, ambas localizadas perto de Nova Deli.

Após o sucesso dos projetos piloto, a Open Mind, irá expandir rapidamente o programa.

Via O Velho

CONTINUE LENDO

As grandes estrelas que já "tocaram" nos Simpsons

12. Aerosmith
Episódio: “Moe Flamejante”

Os integrantes do Aerosmith dublaram eles próprios no episódio “Flaming Moe” (“Moe Flamejante”, no Brasil) dos Simpsons. Segundo Joey Kramer, “Foi muito alegre e divertido, principalmente quando dublamos nossas vozes no desenho.”. [ VEJA O VÍDEO ]
11. Smashing Pumpkins
Episódio: “Homerpalooza”

Homer consegue uma vaga no elenco do festival Lollapalooza, como parte do show de excentricidades que acontece nos intervalos das bandas de rock. Para isso, ele se submete a um número perigoso: levar tiros de canhão na barriga. Homer acaba virando a sensação do evento, mas paga um preço alto por isso. Com participação especial de Smashing Pumpkins, Sonic Youth, Cypress Hill e Peter Frampton. [ VEJA O VÍDEO ]
10. The White Stripes
Episódio: “Jazzy e as Gatinhas”

Neste episódio, Homer e Marge compram uma bateria para Bart, como um modo construtivo de canalizar sua energia. Em uma cena, – uma sátira do clipe de “The Hardest Button To Button – Bark toca sua bateria em seu quarto, nas escadas, no ônibus da escola e nas salas de sua escola, e em uma esquina, onde sua bateria colide com a de Meg. [ VEJA O VÍDEO ]
9. R.E.M
Episódio: “Homer the Moe”

Moe transforma sua taverna em uma danceteria badalada e expulsa Homer do lugar. Rejeitado, ele decide abrir um bar clandestino em sua garagem e arranja um show com os roqueiros do R.E.M., com o pretexto de que a apresentação era para “salvar a floresta tropical”. No dia de Ação de Graças, Homer e Moe fazem as pazes e ceiam com a banda.
8. The Ramones
Episódio: “O Ursinho”

O Sr. Burns tem um sonho em que lembra de seu ursinho Bobo quando era criança. Agora, ele quer recuperar este ursinho que acaba parando nas mãos de Maggie. No desenho a banda é contratada para tocar o parabéns-a-você no aniversário do patrão de Homer. [ VEJA O VÍDEO ]
7. N Sync
Episódio: “Novos Garotos na Área”

Bart aceita uma carona de um estranho, uma pessoa melancólica que denominaremos L.T.Smash. Após Smash ter levado Bart de volta para casa, ele revela ser um produtor musical que está formando a mais recente sensação em banda juvenil. Ele pede ajuda a Bart, Milhouse, Nelson e Ralph. Após os meninos fazerem uma apresentação completa, Smash utiliza um “amplificador de voz” para transformá-los em cantores. [ VEJA O VÍDEO ]
6. Red Hot Clili Peppers
Episódio: “Krusty Sai do Ar”

O programa de Krusty começa a perder audiência devido a um novo sucesso da TV, que é o show do Gabbo. Com o passar do tempo, o programa do Krusty sai do ar, deixando seus fãs revoltados. Então Bart e Lisa resolvem fazer um especial para Krusty, ajudando-o na volta à televisão com a ajuda de Red Hot Chilli Peppers, Bette Midler, Barry White, Elizabeth Taylor
5. Metallica
Episódio: “O Mauricinho, o Chef, sua Mulher e seu Homer”

Chega à Escola Primária de Springfield Michael, um garoto quieto e tímido. Logo os garotos da escola começam a zoá-lo. Sensibilizada com ele, Lisa se torna amiga dele e descobre que ele tem dotes para ser cozinheiro. Mas essa amizade pode se complicar quando se descobre que Michael é filho do chefão da Máfia de Springfield, Tony Gordo.
4. Paul and Linda McCartney
Episódio: “Lisa, A Vegetariana”

Neste episódio Lisa vive quase a mesma experiência vivida pelo ex- Beatle e sua esposa, que decide deixar de comer carne e tornar- se vegetariana por amar os animais.
3. Sting
Episódio: “Bart Radialista”

Sting participou do episódio Bart radialista como uma das celebridades convidadas por Krusty para cantar a música “Mandamos Nosso Amor Para Baixo do Poço” na tentaiva de resgatar o garotinho Timmy O’Toole (na verdade uma brincadeira de Bart com um microfone) que supostamente estaria preso num poço. A música é uma paródia as diversas músicas de caridade famosas nos anos 80 como “Do They Know It’s Christmas?” (na qual Sting é um dos vocalistas) e “We Are the World”. No final do episódio Sting resgata Bart (que acabou caindo no poço de verdade) por pensar que ele é um dos seus fans, o que Marge corrige dizendo que nunca viu Bart ouvir um dos seus discos.
2. Barry White
Episódio: “O Grande Dia”

A cidade de Springfield se prepara para O Grande Dia (caça anual às cobras) mas Lisa não concorda com esta atitude de bater nas cobras. Então ela decide evitar este “espancamento”. Enquanto isso, Bart é expulso da Escola Elementar de Springfield e Marge passa a ensiná-lo. Bart lê um livro do qual gosta e passa a se interessar por História.
1. Michael Jackson
Episódio: “Papai Muito Louco”

Michael Jackson participou do episódio Papai muito louco sob pseudônimo John Jay Smith fazendo a voz de um colega de hospício de Homer, Leon Kompowsky que acredita ser o Michael Jackson real. Michael teve que dublar sem se identificar por razões contratuais. Por estas mesmas razões os produtores foram advertidos de não divulgarem sua participação no show, divulgando quando questionados a seguinte frase “leiam as entre-linhas”.

No episódio Comichão e Coçadinha, o Filme Lisa divulga que tanto Dustin Hoffman quanto Michael Jackson apareceram anonimamente no filme de Comichão e Coçadinha, uma referência ao fato de ambos terem participado dos Simpsons sob nomes falsos. O mesmo é confirmado nos cometários dos produtores no DVD da 3ª Temporada. Entretanto não é a voz de Michael que canta e sim a de Kipp Lennon por questões contratuais novamente. [ VEJA O VÍDEO ]

Fonte: Wikia

CONTINUE LENDO

Homem recebe conta de R$ 36 mil após fazer download de “Friends”

Um inglês recebeu uma conta de 14 mil euros (cerca de 36 mil reais), após sua mulher ter feito o download de quatro episódios da série “Friends” através do seu telefone celular, enquanto ele viajava.

Segundo o Jornal Telegraph, o download, feito em banda larga, dos episódios até era gratuito se tivesse sido feito em solo britânico, mas como o casal viajou para a Alemanha, foram acrescidas taxas adicionais pelo download.

Quando retornou para casa, o proprietário, que não foi identificado pelo Jornal, recebeu uma ligação da sua operadora, a Vodafone, alertando-o que sua conta já somava 14.400 euros.

O caso vai ser investigado pela Ofcom, a agência reguladora das telecomunicações do Reino Unido.

Para evitar situações como esta, a comissária europeia para a Sociedade da Informação, Viviane Reding, deu até 1 de Julho para que as operadoras de telefonia celular baixem as taxas que cobram pela transferência de dados e envio de mensagens de texto no exterior, lembra o jornal. Segundo Reding, “As altas tarifas cobradas no exterior devem ser justificadas ou terão que desaparecer. Enviar uma mensagem de texto ou fazer o download de dados em outro país não deve ser substancialmente mais caro do que em casa”.

Esta não é a primeira vez que a Vodafone é envolvida em cobranças vultosas. Ray Elmitt, diretor de uma empresa, recebeu uma fatura de £ 1,150 depois de utilizar o seu telefone para conectar-se ao site da sua empresa por uma hora, enquanto estava viajando na Espanha .

CONTINUE LENDO

Profissionais apontam 10 pecados que não podem ser cometidos em uma entrevista de emprego

Um dos momentos mais tensos é o momento de uma entrevista de emprego. Muitas vezes são nessas entrevistas que as empresas decidem o futuro do entrevistado.

Veja abaixo 10 pecados que não devem ser cometidos numa entrevista de emprego:

1. Chegar atrasado

“Chegar atrasado numa entrevista, além de desorganização, demonstra que o candidato não está dando o devido valor à entrevista. A displicência com o horário mostra que você não priorizou tal compromisso em sua agenda. Além disso, fazer uma pessoa esperar é falta de respeito. Tempo é um recurso escasso, logo, deve ser bem aproveitado. Caso você, por algum motivo, atrase na entrevista, informe imediatamente o entrevistador. Verifique se é possível passar um candidato na sua frente, ou, se necessário, remarque a entrevista. Se você chegou no horário, mas tem compromisso para mais tarde o ideal é avisar o entrevistador de antemão. Não faça a entrevista na correria para não se sentir pressionado. Isso pode prejudicar seu desempenho.”

Profissional: Wander Mendes, professor e consultor na área de Gestão de Pessoas e Planejamento Estratégico da FGV-PR (Fundação Getúlio Vargas do Paraná).

2. Usar roupas informais demais

“Hoje em dia, os jovens são muito despojados. Na faculdade, não há nada de mal nisso. Agora, para a entrevista de emprego, não custa melhorar um pouco o visual. Isso não quer dizer que todo candidato a estágio ou jovem recém-formado deva vestir terno e gravata ou, no caso das meninas, tailer e scarpin. É preciso saber escolher a roupa e adequar o vestuário a cada tipo de empresa. Uma agência de publicidade, por exemplo, permite um visual mais informal. Agora, se a entrevista é para uma instituição financeira, é óbvio que o candidato terá de seguir a regra básica: esporte fino. Lembre-se: o que deve prender a atenção do entrevistador é o seu conteúdo e não a ‘embalagem’, portanto, jamais vá para a entrevista de chinelo, regata, roupa decotada, barriga aparecendo, saia curta ou short.”

Profissional: Marisa Silva, consultora de Recursos Humanos da Career Center

3. Não saber nada sobre a empresa ou o setor

“É muito comum que os candidatos partam para a entrevista de emprego sem saber sobre a empresa em questão ou sobre o setor em que ela está inserida, quando na verdade, ele deveria estar munido do maior número de informações possível. Se a empresa de recrutamento não divulgar qual é a companhia que está em busca de candidatos, ela deverá, ao menos, informar sobre o setor. Tem mais chance de sucesso o candidato que sabe se posicionar na entrevista porque domina o assunto trabalho, em detrimento daquele que não se deu ao trabalho de pesquisar mais sobre a empresa em questão. Sempre repito isso para meus alunos: informação nunca é demais.”

Profissional: Jaqueline Mascarenhas, consultora de carreira do Ibmec Minas Gerais

4. Expressar-se mal, com gírias e frases sem sentido

“O discurso mais adequado para uma entrevista é aquele em que o candidato consegue ser objetivo, responder as perguntas do entrevistador, expor seu ponto de vista quando é convidado a fazer isso e perguntar, com tato, detalhes sobre a vaga. No meio do caminho, porém, é muito comum que os candidatos façam uso de gírias e regionalismos na hora de tirar suas dúvidas. O linguajar é um detalhe importante, dependendo das expressões utilizadas, o discurso demonstra certa imaturidade do candidato. O ideal é responder as perguntas com calma, ter tempo para pensar e expor suas idéias com tranqüilidade. Este, aliás, é outro problema grave de muitos discursos. Tem candidato que fica tão nervoso na hora da entrevista que dispara a falar e quando percebe já mudou de assunto e não respondeu a pergunta do entrevistador. Isso é muito ruim, já que o ritmo da entrevista é um fator importante.”

Profissional: Marco Túlio Rodrigues Costa, professor de Aspectos Comportamentais Éticos de Gestão de Pessoas da FGV-BH (Fundação Getúlio Vargas de Belo Horizonte)

5. Mentir sobre suas qualificações

“Mentir na entrevista é o mesmo que dar corda para se enforcar. Inventar cursos, referências e pequenos sucessos colocam o candidato numa situação vulnerável porque, caso seja contratado, terá de sustentar essa inverdade por muito tempo. E como diz o ditado: mentira tem perna curta, hora ou outra seu deslize será descoberto. Aí o prejuízo será bem maior. Uma vez que seu superior descobrir que você não tem as habilidades destacadas na entrevista, perceberá que seu perfil não atende às necessidades da empresa, e mais, que errou ao apostar em sua seleção. Ao ser contratado, o indivíduo precisa ter claro que convenceu o recrutador de possuir determinadas competências. Ao mentir, não só estará provando que não as tem como atestará sua falta de caráter ao faltar com a verdade. Isso deixará o recrutador descontente duas vezes e poderá resultar em demissão comprometendo, inclusive, futuras recomendações.”

Profissional: Gustavo G. Boog, diretor da Boog Consultoria

6. Falar mal do emprego ou do chefe anterior

“Mesmo que esteja com raiva da empresa ou do chefe antigo, jamais fale mal deles na entrevista de emprego. Essa atitude é vista com maus olhos por 99,9% dos recrutadores. Na entrevista de emprego, o recrutador não está interessado em ficar por dentro de ‘pendengas’ cujas pessoas e razões ele simplesmente desconhece. Seu objetivo é investigar de que maneira seu perfil profissional e suas qualificações poderão ser úteis para a empresa. Caso você vá logo partindo para o discurso de que estava infeliz no emprego anterior porque seu chefe o perseguia, além de desviar o foco da entrevista, estará levantando questões que podem levar o recrutador a repensar sua contratação. Afinal, numa situação de conflito, é preciso avaliar a parcela de culpa de ambas as partes. Além disso, falar mal da empresa ou do antigo chefe revela uma postura antiética de sua parte, pois se tratam de segredos e detalhes de um negócio do qual você não faz mais parte. Mas, atenção: isso não quer dizer que você deva mentir, e sim, contornar a situação. Uma boa saída é dizer que saiu da empresa por estar em busca de novos desafios profissionais.”

Profissional: Maria Bernadete Pupo, gerente de Recursos Humanos da Unifeo e professora da FAC FITO

7. Disputar espaço com o entrevistador

“Para disfarçar o nervosismo, tem muita gente que acaba partindo para o ataque e disputando espaço com o recrutador durante a entrevista. Para driblar a insegurança, ele acaba querendo fazer pose de sabido a fim de triunfar sobre o recrutador. Isso tudo, porém, é muito mais que previsível para quem trabalha com Recursos Humanos. Aí, das duas uma: ou você perde a vaga porque o recrutador percebe sua insegurança por meio de uma postura imatura de quem está na defensiva, ou acaba sendo eliminado pela prepotência e o excesso de arrogância que esse comportamento demonstra. Por isso, não entre numa disputa direta com o recrutador. Espere, escute e, aí sim, faça suas considerações, sempre com humildade.”

Profissional: Mariá Giuliese, diretora-executiva da Lens Minarelli e especialista em análise e aconselhamento de carreira

8. Vangloriar-se de suas conquistas pessoais

“Na hora de ‘vender seu peixe’ ponha o ego de lado e não em primeiro lugar. O discurso não pode estar recheado de “eu fiz”; “eu consegui”; “eu conquistei”; e “eu realizei”. Quando você coloca todas as conquistas em primeira pessoa pode soar presunçoso para o entrevistador. Até porque, na maior parte das empresas, os projetos e as realizações não são fruto do trabalho individual, mas sim, de uma equipe. Na hora de destacar seus feitos, procure valorizar sua participação em um projeto de sucesso implementado por uma equipe, e a partir disso, destaque como foi sua atuação para que ele fosse bem-sucedido. Lembre-se: egocentrismo não é uma característica admirada pelos contratantes. Para não cair nessa, vale treinar na frente do espelho. Olho no olho, com segurança no discurso. Um pouco de bom humor também ajuda. Existe uma tese que diz: quando você sorri, se desarma internamente e se torna mais receptivo.”

Profissional: Irene Ferreira Azevedo, professora de Liderança da BBS (Brazilian Business School)

9. Não perguntar nada durante a entrevista

“Não é porque você está fazendo uma entrevista que sua participação na conversa deve se limitar a responder o que o entrevistador pergunta. Por timidez ou insegurança, muita gente sai com dúvida da entrevista e isso é ruim. Caso o recrutador não mencione, é sua obrigação perguntar detalhes sobre a rotina de trabalho e benefícios. Porém, isso não significa que você deve incorporar o perguntador chato. Caso a explicação sobre a vaga não tenha sido suficiente para esclarecer suas dúvidas, pergunte com bastante delicadeza novamente: ‘Desculpe-me, não ficou muito claro para mim’. Agora, se mesmo assim restarem dúvidas, deixe para outra ocasião. Perguntar sobre o salário não é uma coisa ruim, desde que você não se preocupe só em saber quanto será a remuneração. Procure se informar sobre outros detalhes para não mostrar que está interessado só no dinheiro.”

Profissional: Cristiane Cortez, consultora de carreira do IBTA Carreiras

10. Demonstrar desequilíbrio emocional

“Não é segredo para ninguém que o nervosismo pode atrapalhar, e muito, nos momentos decisivos. Na entrevista de emprego não poderia ser diferente. O candidato pode até ter o perfil ideal para a vaga, mas se deixar a tensão dominá-lo no momento em que precisa deixar claro suas qualificações, sua chance pode ir por água abaixo. O desequilíbrio emocional demonstrado pela insegurança e o nervosismo pode dizer ao recrutador que você não está pronto para assumir uma grande responsabilidade. Por isso, evite cometer erros como: levar um acompanhante para esperá-lo após a entrevista, inflar seu discurso com comentários negativos ou colocar-se em uma posição de vítima frente adversidades. Se você tem um bom currículo e suas características correspondem ao perfil da vaga, não há motivo para se preocupar.”

Profissional: Priscila Lara, consultora de Recursos Humanos do Grupo Foco

Via Acidez Mental

CONTINUE LENDO

MPVB da Semana: O E.T. Turco

Não tem argumento… os turcos sempre liderarão os Melhores Piores Vídeos do Buteco. A mais recente pérola vem do E.T. Turco. Uma versão remendada do clássico norte americano.

Embora tenha faltado às aulas semanais de turco, interpretei que o “ETzinho” solta um gás, digamos, suspeito quando está nervoso, é isso mesmo? [risos]

Alguém lembra do Rambo Turco, que usava estoque de munição eterna?
CONTINUE LENDO

Turistas fotografam encontro impressionante e perigoso

Enquanto navegavam pelas tranqüilas águas do Havaí, em busca de um encontro com tartarugas e quem sabe algumas fotos, turistas conseguiram registrar um momento extraordinário e assustador. O surgimento de uma baleia-corcunda (ou baleia-jubarte, como é conhecida aqui no Brasil), atrás do caiaque de dois amigos.

Embora não sejam agressivas, as baleias-jubarte podem atingir até 16 metros de comprimento e 36.000 quilos, causando grande estrago para quem estiver no seu caminho, enquanto ousam sair do mar.

Estas imagens extraordinárias mostram os jovens calmamente assistindo o gigantes do mar, surgindo das profundezas.

As fotos abaixo mostram a seqüência de movimentos da baleia:

Quando de repente ela mergulha e deixa um “spray” no ar, eles se dão conta de quanto são vulneráveis.

Os turistas navegavam ao longo da costa de Maui, onde os mamíferos se reúnem para ter seus filhotes, e o inusitado encontro pode ter sido motivado pela curiosidade das baleias. Sua extrema curiosidade costuma fazer com que se aproximem de embarcações, o que muitas vezes as torna bastante vulneráveis.

Estima-se que dois terços de toda a população de baleias-jubarte do norte do Pacífico, migram para o Havaí no inverno.

Os cientistas não sabem ao certo porque as baleias saltam para fora do mar. Alguns argumentam que é uma espécie de raspagem de pele, para se livrar de parasitas, outros acham que é simplesmente uma demonstração de alegria.

Devido aos seus hábitos costeiros durante seus períodos migratórios, a baleia-jubarte sofre com capturas acidentais em redes de pesca, colisão com barcos e navios, poluição dos mares e a destruição de seus hábitats. O encontro registrado pelas câmeras foi um verdadeiro presente.

Fonte: Daily Mail

CONTINUE LENDO

Que tal brincar de frustrar o sonho de uma criança?

Costumo dizer que um dos piores sentimentos para um ser humano é o de frustação. Nada pior do que depositar em alguém ou algo seus sonhos, esperanças ou desejos e em troca, tomar um balde de água fria.

Foi exatamente o que aconteceu com a criança deste vídeo. Ele recebeu – em pleno Natal – uma caixa de videogame. Pensando encontrar lá dentro um Xbox 360 novinho, os olhos do garoto brilharam. Sua alegria foi inversamente proporcional à decepção que teve ao perceber que não havia realizado seu sonho. E para piorar a história, seus parentes filmaram tudo, talvez numa tentativa de eternizar o sofrimento alheio.

Segundo dizem, mais tarde o garoto recebeu o videogame, fato que de maneira alguma anula a falta de respeito com que o trataram.

Vi no Sedentario & Hiperativo

CONTINUE LENDO