Objetos que foram moda no exterior mas não decolaram aqui no Brasil

Curiosa a forma como a moda tem o poder de se transformar em cultura popular de uma maneira relativamente rápida, e depois perde popularidade com a mesma velocidade. Mais curioso ainda é que algumas modas tentam influenciar outras culturas mas não encontram o mesmo espaço.

Aqui no Brasil os empresários tem o hábito de copiar o que é sucesso lá fora, mas esquecem que nosso País tem identidade própria e por fim, nem tudo o que é moda no exterior pega impulso no Brasil. Veja alguns exemplos:

Sea-Monkeys

Sea Monkeys são uma espécie de macacos do mar, criaturas que se parecem com cavalinhos do mar e que começaram a ser comercializados em 1957 por Harold von Braunhut como “Instant Life”, logo depois Braunhut mudou o nome para “Sea-Monkeys”. As criaturas são vendidas em pacotes. Você adiciona o conteúdo de um pacote em água filtrada e após 5 dias seu Sea-Monkey já está pronto para fazer a primeira refeição. Aqui no Brasil pouco se ouviu falar nos Sea-Monkeys.

Bichinhos Virtuais

Quem não conhece os “Bichinhos Virtuais”? É uma espécie de animal de estimação que se alimenta, caminha, dorme e se exercita apenas com o pressionar de alguns botões. Aqui no Brasil os mascotes chegaram a ter certo destaque, mas ficaram longe de conseguir o mesmo sucesso obtido no Japão, tanto que o “Tamagotchi Connection V3” foi lançado em 2005 no Japão até agora não chegou ao nosso país. O novo “Tamagothi Connection”, além de sensor infravermelho e de jogos e funções adicionais àquelas conhecidas, tem interação com o computador, em um site “Tamagothi Town”, onde pode-se adquirir produtos virtuais através dos pontos ganhos em jogos.

Atualmente é difícil encontrar alguma criança com um desses “bichinhos”.

Anel do Humor

Popular nos anos 70 nos Estados Unidos, o anel do humor, uma bolha de vidro preenchida com cristais líquidos, foi comercializado para alertá-lo de como poderia estar o seu humor (como se você já não soubesse). Azul significa que você está feliz, preto ansioso, e segue uma infinidade de cores. Aqui no Brasil algumas empresas tentaram, sem sucesso, vender o anel.

Cabbage Patch Kids

Inventada em 1978 e produzida em massa a partir de 1982, a Cabbage Patch Kids ditou a moda dos anos 80 nos Estados Unidos. O sucesso era tanto, que ela chegou a causar brigas e tumulto entre os pais que tentavam garantir uma unidade para o Natal. Aqui no Brasil ainda é possível encontrar algumas unidades sendo vendidas no Mercado Livre.

Lâmpada de Lava

Lâmpada de lava, conhecida em inglês como Lava lamp, é uma lâmpada mais utilizada para decorar do que para iluminar. É assim chamada por produzir um efeito que lembra lava. Ela foi inventada na década de 60 por Edward Craven Walker. Considerada horrenda por alguns, as lâmpadas de lava se tornaram um ícone da cultura popular nos Estados Unidos. Depois de todos esses anos, as pessoas ainda compram estas lâmpadas e os fabricantes oferecem centenas de opções de design.

Carinha sorridente

A figura da carinha sorridente foi popularizada no início dos anos 70 por dois irmãos, Murray e Bernard. As carinhas logo tornaram-se ícones, estampando, canecas de café, camisetas, adesivos para pára-choques e em muitos outros itens, acompanhada da frase “Have a happy day”. Atualmente, é mais comum vê-la na internet.

Pet Rock

Gary Dahl era um executivo de publicidade que inventou e vendeu um produto muito simles e interessante. Acredite ou não, ele criou a pedra de estimação ou Pet Rock. Essas pedras eram embaladas em uma caixa de papelão que imitava as caixas de transporte de animais da época. O pacote também acompanhava um manual de treinamento da pet rock.

O resultado foi que ele acabou ficando milionário com essa idéia. E como se não bastasse, esse feito incrível aconteceu num período de apenas 6 meses. A tal pet rock era vendida por $3,95. Estima-se que Gary tenha vendido cerca de 5 milhões dessas pedras em meio ano de atividade. Além disso, as pedras eram compradas por um preço irrisório, apenas alguns centavos de dólar.

CONTINUE LENDO

Como saber se seu antivírus está realmente protegendo seu computador

A técnica é chamada EICAR e é usada pelas empresas desenvolvedoras de antivírus. Consiste na criação de um arquivo de 68 bytes, desenvolvido pelo European Institute of Computer Anti-Virus Research (Instituto Europeu para Pesquisa de Antivírus de Computador), e usado para testar a eficiência dos antivírus na detecção de vírus conhecidos sem qualquer risco ao computador.

Vamos ao teste:

1. Abra o Bloco de Notas (ou Notepad);

2. Copie o seguinte código (CTRL+C):
X5O!P%@AP[4PZX54(P^)7CC)7}$EICAR-STANDARD-ANTIVIRUS-TEST-FILE!$H+H*

3. Cole (CTRL+V) no Bloco de notas e salve com o nome: teste.exe.

Segundo o MDig, alguns programas nem permitirão que você renomeie o arquivo, outros permitirão, mas para que o antivírus detecte o “falso vírus” você terá que entrar na pasta onde o salvou.

O meu AVG detectou perfeitamente, e o seu?

CONTINUE LENDO

Menina de 8 anos é uma das mais jovens divorciadas do mundo

Uma decisão do tribunal do Iêmen causou grande polêmica. Uma menina de 8 anos conseguiu o divórcio do marido, de 30 anos.

Casamentos de crianças são comuns no Iêmen e infelizmente não existe nenhuma legislação vigente que proíba esta prática. Segundo dados de uma universidade do país, esse tipo de casamento é motivado pela miséria e pobreza que a maioria das família das áreas rurais passam. Conceber o casamento a uma filha menor de idade pode render algum dinheiro.


Nayud no tribunal com sua advogada

Nayud Mohamad Naser afirma que abandonou a casa do marido há aproximadamente uma semana em função dos maus-tratos a que era submetida. Segundo seu relato, assim que conseguiu fugir, ela procurou ajuda no tribunal. Nayud contou ao juiz que sofria muito. Era constantemente agredida, maltratada, e obrigada a manter relações com o marido.

“Sempre tentava fugir, mas ele me perseguia, me pegava e fazia comigo o que desejava sem que eu entendesse ao certo o que estava acontecendo”. Nayud afirmou também que mesmo quando estava brincando, o marido a agredia e a trancava no quarto.


O homem da direita é seu pai, Mohammed Ali Al-Ahdal. À esquerda o marido de Nayud, Faez Ali Thameur

Segundo o Yemen Times, no veredito, o juiz não só autorizou o divórcio, mas também decretou a prisão do pai da garota e do marido.
CONTINUE LENDO

Aposentado de 93 anos bate em dois Porsches ao mesmo tempo e causa um acidente de R$ 154 mil

Um motorista de 93 anos, que até então, não tinha registrado um acidente sequer nos seus 76 anos de habilitação, conseguiu causar um acidente de £ 60 mil, pouco mais de R$ 154 mil, atingindo ao mesmo tempo dois Porsches.

Jack Higgs milagrosamente saiu ileso quando seu Ford Fiesta atingiu um Porsche Carrera II, e em seguida, um Porsche 911 que estavam no estacionamento de uma loja em Penarth, Inglaterra. Ele foi encontrado pendurado de cabeça para baixo, preso pelo cinto de segurança.

O carro do senhor Higgs, um Fiesta de 13 anos de idade, com valor aproximado em £ 600, ficou totalmente destruído. Os Porsches eram de clientes e estavam no estacionamento aguardando manutenção.

“A única coisa que me lembro claramente é que eu estava pendurado de cabeça para baixo no meu carro, agradecendo a Deus por ainda estar vivo.”, disse o aposentado que mora próximo ao estacionamento da loja e é conhecido por todos os funcionários.

Segundo o Daily Mail, o custo do seu acidente, estimado em £ 60 mil, será coberto por sua companhia de seguros.

“Eu tenho habilitação desde que tinha 17 anos, nunca sequer tomei uma multa de trânsito”, disse Higgs.

“Foi um milagre eu permanecer vivo, Deus realmente cuida de mim. Infelizmente este é o fim da minha carreira de motorista.”, brincou ele.

“Não estou muito preocupado com os carros – o que importa é que Jack sobreviveu, o que é incrível considerando sua idade”, disse um dos funcionários da empresa.

O simpático aposentado, decidiu que agora só andará de ônibus ou táxi.

CONTINUE LENDO

Os 10 doces mais bizarros do mundo

O doce normalmente é fabricado para conceber prazer para quem come. No entanto, nem sempre é assim, essa lista, feita pela List Universe é uma prova. Aqui está a lista dos mais bizarros doces que você poderia comer.
10. Doce cêra no ouvido

Não importa o gosto, quem mentalmente sadio iria raspar cêra de ouvido de uma orelha plástica para comer? O doce vem com o seu próprio cotonete. Imagine quantas crianças vão começar a cavar seus próprios ouvidos, depois que o doce ababar?

9. Doce-ferida

O ponto alto desse doce não é seu sabor, mas o fato de ser concebidos em forma de feridas. Nós poderíamos lidar perfeitamente com isso, mas imaginem uma criança lambendo seu próprio braço machucado pensando ser um doce.

8. Dubbel Zout

A coisa mais esquisita deste doce holandês é que ele é feito de licorice. Uma substância produzida através do licopódio (tipo de erva rasteira), matéria prima para fabricação de bebidas e certos comestíveis (também com funções medicinais). O problema é que o licorice usado tem uma enorme quantidade de sal. É isso mesmo – é um doce-salgado.

7. Pirulito de escorpião

Ok, este realmente é um doce, mas dentro de cada um destes existe um escorpião verdadeiro. Isso mesmo, quando você lambe todo o açúcar, começa a ter contato com o escorpião que está dentro dele. Quem criou este doce deve ter sido forçado a comer algumas Dubbel Zout.

6. Meleca de gorila

Estes são incríveis! Os “gorila boogers” são feijões pretos e secos (populares na cozinha asiática), levemente açucarados. Só não entendi porque chamam de “meleca de gorila”.

5. Doce de formiga

Existe uma semelhança desse doce com o doce de escorpião, citado anteriormente. Este é basicamente um monte de açúcar derretido com um punhado de formigas mortas dentro dele. De todas as coisas do mundo que eles poderiam ter adicionado ao doce, foram logo escolher formigas.

4. Doce de atum

O atum foi criado pela mãe natureza para ajudar vegetarianos e pessoas que tentam tirar a gordura de sua alimentação habitual. O ingrediente bizarro nessa gota de açúcar é o atum. Depois disso vem um grupo de substâncias químicas de origem desconhecida e, finalmente açúcar. Sinceramente, quem come peixe com sabor doce?

3. Doce de gafanhoto

Só porque Moisés e os judeus comeram gafanhotos no deserto, não significa que qualquer pessoa deve fazê-lo agora. Estes são grilos verdadeiros vendidos com uma variedade de sabores.

2. Doce de Durião

Durião é uma grande árvore da família das Bombacáceas, muito comum no Oriente. Ela produz um fruto espinhoso, semelhante à jaca no aspecto e tamanho e que, apesar de possuir odor repugnante, é considerado pelos orientais um fruto muito delicioso. Suas sementes se torram e comem como castanhas.

No Sudeste Asiático é proibido levar este fruto à hospitais ou hotéis. Portanto, aparentemente, não faz muito sentido fazer doce disso, mas sempre existe um pé cansado para um sapato velho. Este fato bizarro quase deu a este doce o número 1 na lista, mas ele só perde para o Beanboozled.

1. Beanboozled

BeanBoozled são geléias de feijão. Em uma caixa de BeanBoozled encontramos 10 cores de feijão e 20 sabores – cada cor tem um sabor delicioso, e um sabor repugnante – a idéia é que você nunca saiba se está prestes a ter uma boa ou má experiência. Isto o torna ideal para fazer brincadeiras. Depois de ler a seleção dos “maus” sabores você compreende porque ele é o primeiro desta lista bizarra: spray de maconha, queijo estragado, fralda de bebê, ovo podre, vômito, e muito mais. E acredite, eles realmente tem o gosto que os nomes sugerem. Da próxima vez que você estiver assistindo a um filme no escuro com os amigos, ofereça uma dessas, certamente você terá muitos motivos para rir!

CONTINUE LENDO

Adolescente conta como tornou-se a pessoa mais jovem a ter problema nos rins por causa do álcool

Ela começou a beber demasiadamente aos 12 anos e aos 14, Natasha Farnham foi diagnosticada como a mais jovem paciente com insuficiência renal hepática causada pelo alcoolismo.

Natasha bebia até seis garrafas de vinho por dia – e agora, aos 18, ela foi advertida de que, se continuar bebendo vai morrer dentro de poucos meses.

Após beber uma garrafa de cidra, quando tinha 12 anos, Natasha logo se transformou, como ela mesma descreve, como uma “alcoólatra abandonada”, bebendo até quatro vezes por semana no horário escolar.

“Eu nunca me dei conta do que eu estava fazendo e minha mãe nem imaginava, porque eu dizia que ia dormir na casa de alguma amiga”, contou ela ao Daily Mail .

Natasha entrou num mundo sem volta, chegou a roubar sua mãe para manter o hábito. Ela disse: “Aos 13, eu bebia até três litros de vinho por dia, seguido de duas garrafas de Lambrini e de vez em quando, um litro de vodka. Eu era muito jovem para entender o que era ser uma alcoólatra, e muito menos compreender que eu era uma delas.”

Apesar do ritmo desenfreado, Natasha afirma que se surpreendeu quando os médicos a informaram sobre uma grave insuficiência hepática, deixando-a chocada. “Eles disseram que nunca tinham visto falência hepática em alguém tão jovem.”

No réveillon de 2004, ela foi internada em um hospital depois de passar três dias bebendo. Ao todo foram quatro caixas de vinho – equivalente a 16 garrafas. Foi então que os médicos afirmaram que se ela não parasse iria morrer.

Infelizmente nem a opinião médica bastou, Natasha, continuava a beber enquanto tomava comprimidos para a falência hepática.

Após muita luta, Natasha enfim foi colocada em um programa de reabilitação. A experiência foi tão positiva que há dois meses ela está trabalhando com os médicos, ajudando outras pessoas a vencer seu vício.

“Estou certa que Natasha não é a primeira e não será a última adolescente envolvida com álcool e que sofre com insuficiência hepática”, afirmou sua mãe.

Sarah Matthews, da British Liver Trust, afirmou: “Essa história é uma tragédia e ela tem muita sorte de estar viva. Estou certa que ela é a pessoa mais jovem no Reino Unido a sofrer de insuficiência hepática provocada por bebidas alcoólicas. Este caso levanta uma série de questões. A principal coisa que precisa ser feita é proibir a venda de álcool nos supermercados.”

Imagens: Reprodução Daily Mail

CONTINUE LENDO

Você gosta de falar palavrão?

Quem compara o Leandro e o Marcius (os porteiros) do “Zorra Total” com os do show “Nós na Fita” percebe uma grande diferença, talvez por uma limitação que eles são obrigados a cumprir. O fato é que o show deles é muito bom e o vídeo abaixo mostra isso. É um trecho que fala sobre os palavrões. Não precisa nem advertir que contém diálogo, digamos, não conveniente para ambientes públicos.

Tenho certeza que muitos se identificarão com o vídeo! risos

Vi no Blobagento
CONTINUE LENDO

A vida de um gordo, em 11 fases

Christian Gump, um especialista em efeito-sanfona, conseguiu, em poucas linhas, listar a vida de um gordo, em 11 fases. Leia abaixo, e se quiser fazer um exame de conciência, fique à vontade para comentar!
1. A Ilusão

Nessa fase, acha que é magro por natureza e nada pode mudar isso. Come muito e se exercita pouco.

A vida é um enorme rodízio de pizzas.

2. A Negação

Começa a receber apelidos como “Zé Barriguinha”. Acha uma extrema injustiça, e xinga todo mundo que vier falar que está gordo.

Vai a uma churrascaria para extravasar a raiva.

3. Um Princípio de Consciência

Começa finalmente a perceber que engordou, e decide tomar uma providência: pára de se pesar! Afinal, se não souber do problema, ele não existe.

Come uma barra de chocolate para relaxar.

4. O Susto

Quando finalmente se pesa, vê que está obeso e pensa: “Como fui chegar nesse ponto?”

Entra em depressão. Fica sem vontade de sair (“uma pessoa tão gorda não pode ser vista em público”), sem vontade de dormir, nenhuma vontade de trabalhar. Mas tem Muita vontade de comer.

Fica extremamente deprimido quando é usado como ponto de referência:

– A impressora fica ali do lado daquele gordo

Percebe também que não é mais o “loirinho” ou “aquele cara alto”. Passa a ser “o gordão”.

Come o estoque de comida de um mês em 3 dias, para aliviar a frustração.

5. A aceitação

Começa a fazer piadinhas de si próprio:

– O elevador vai cair agora que eu entrei!
– Eu só faço a posição “gangorra”!

Também começa a falar seu peso em toneladas. Ex.: 0,115 toneladas.

Tem orgulho das façanhas nas churrascarias e rodízios de pizza.

Critica a sociedade. Afinal, ela só julga as pessoas pela aparência.

Comemora a auto-aceitação comendo tudo que vê pela frente.

6. Um Princípio de Insatisfação

A vida é muito boa, com muitas orgias gastronômicas, mas algo está errado. Não faz mais sucesso com o sexo oposto, não é mais chamado para atividades que envolvam algum tipo de atividade física, e é sempre a vítima preferencial das piadinhas.

Pede uma pizza para ajudar a pensar de deve iniciar uma dieta.

7. O Surto

Até olhar-se no espelho lhe faz mal. Comprar roupas é a atividade mais depressiva do mundo. Culpa-se por ter deixado a banha ocupar a maior parte de seu corpo. Comer continua sendo bom, mas passou a ser um ato sempre acompanhado de culpa.

Durante essa fase, são inúmeros os momentos de loucura em que passa alguns dias comendo só duas folhas de alface, até não aguentar mais e comer tudo que tem na geladeira. Inclusive o que deixou vencer nos dias em que só comeu mato.

Tal qual um viciado, “injeta” chocolate na veia, seu único momento feliz do dia; depois, vem a culpa e a depressão.

8. Um Princípio de Consciência

Recuperado da depressão da fase do surto, começa a perceber que pode mudar.

Essa fase é a famosa “Segunda eu começo!”.

Na verdade, o que o gordo pensa é: “Segunda eu começo! Então hoje vou fazer uma ‘despedida'”.

E corre para a churrascaria no almoço, toma um pote de sorvete à tarde e vai a um rodízio de massas à noite.

Ah sim! Há uma regra não escrita nessa fase. Se não conseguir começar na segunda, é totalmente proibido ao gordo começar a dieta na terça. Nesse caso deve-se tirar a semana inteira para “despedidas”, para só na próxima segunda-feira começar a dieta.

9. A Consciência

Depois de ganhar mais de 5 kg nas “despedidas”, toma realmente consciência de que precisa melhorar. Mas ainda não sabe bem como. É a fase mais bizarra, e 80% dos gordos nunca passam dela.

É a época em que tenta-se de tudo.

Primeiro, o gordo passa 6 horas por dia fazendo exercícios e, após isso, come 1 quilo de comida. “Agora eu sou um atleta, então posso”.

Depois, experimenta as dietas da moda. Passa uma semana só tomando leite; 3 dias comendo ovo com laranja; 6 dias só tomando sopa; 5 dias tentando a dieta de Atkins; 5 dias a base de Shakes de dieta; e tenta até a famigerada dieta da USP, que nem da USP é.

Entre uma tentativa de dieta e outra, há uma recaída para a fase anterior. “Já que não deu certo essa dieta, na segunda eu começo outra! Qual é mesmo o número do disk-pizza? Preciso me despedir mais uma vez de uma bela meia portuguesa meia calabresa”.

10. Um Princípio de Mudança

Depois de aprender que fazer jejum completo ou ficar doente de tanto fazer exercícios são atitudes que, isoladas, não resolvem nada, ele passa a aprender como emagrecer de verdade. Vira especialista em dieta e exercícios.

Na verdade, fica obcecado. As únicas pessoas que respeita e admira são as que conheceu na academia. Olha horrorizado para os colegas de trabalho comendo aquela feijoada gordurosa no almoço ou tomando café com açúcar, aquele veneno branco. Faz longos discursos acerca dos males de uma alimentação ruim e da falta de exercícios.

Nesse momento, já não é um simples gordo.

É um gordo chato!

11. A mudança

Poucas pessoas chegam realmente nessa fase, onde a obsessão e a neura passam um pouco. Depois de persistir na dieta e nos exercícios ele se torna, novamente, um cara magro. Talvez até mais saudável do que era antes.

Tão saudável que acha que acha que nada pode mudar isso e…

Ops!! Começa tudo de novo!

CONTINUE LENDO

O poder de tratamento de uma fotografia

Em época de imagens photoshopadas uma foto chamou bastante atenção. Ela circulou por várias listas de discussões, sites e blogs dos EUA, levantando muita polêmica. Trata-se de uma foto do vice-presidente americano, Dick Cheney, publicada no site da Casa Branca, mostrando um tranqüilo dia de pescaria do atual vice de George W. Bush.

Até aí tudo bem, se não fosse um detalhe: o reflexo nos óculos de Cheney. Algum curioso ficou intrigado com o que estava à frente do vice-presidente e resolveu ampliar a foto para investigar e começaram os boatos. Sem muito fundamento, alguns afirmaram que Chaney estaria de frente para uma mulher nua, outros preferiram não opinar, mas afirmaram que ele estava em qualquer lugar, menos numa pescaria, o que caracterizaria uma manipulação por parte do site do governo.

A confusão só foi desfeita quando, finalmente, publicaram a ampliação real da foto. Nela é possível ver, nitidamente, o que o vice-presidente americano realmente estava olhando.

Para fazer uma pequena pesquisa de opinião, antes de ver a imagem real, quero que você diga o que acha que está refletido nos óculos do vice-presidente.

Ah, para ver a imagem real, clique sobre a segunda imagem. Realmente, o poder de tratamento de uma fotografia é incível!

CONTINUE LENDO

Adolescente é acusado de ameaçar matar Chuck Norris

Um estudante da Pennsauken High School foi preso depois que um professor encontrou uma lista de pessoas que ele supostamente tentaria matar. Dentre os citados, estava o ator Chuck Norris.

O procurador, Jason Laughlin, diz que a lista também inclui os nomes de três alunos e um agente da escola. Felizmente ninguém foi ferido.

Curiosamente, Norris faz parte de uma outra lista folclórica na internet, onde constam fatos engraçados sobre ele, como: “Chuck Norris uma vez chutou um cavalo no queixo. Os descendentes desse cavalo são conhecidos hoje como “girafas“.” O superintendente da Escola, James Chapman, disse que os garotos disseram que a lista era uma brincadeira. O garoto já foi suspenso por “ameaças terroristas” e corre o risco de ser expulso.

Segundo o Philadelphia Inquirer, Norris se pronunciou, dizendo:

Eu espero que, caso as investigações avancem, não nos distanciemos deste jovem, mas o abracemos e demos a ele a ajuda necessária para recomeçar. No caminho certo.

E agora qual novo fato você acha que deveria ser criado?

CONTINUE LENDO

MPVB da semana: As flores no Jardim

Fregueses, o MPVB está de volta, e desta vez com um representante à altura! Apresento-lhes, Renato, O Mpbista – com “As Flores do Jardim”.

Para os fregueses que começaram a freqüentar nosso recinto recentemente, o MPVB é uma abreviação para “Melhor Pior Vídeo do Buteco”. É a nata do freak, a mair demonstração da criatividade do ser humano, enfim… se você conseguir ver o vídeo abaixo até o final vai entender o que estou dizendo. risos

Antes que esqueça, se você tem uma sugestão à altura dos nossos astros, Hélio dos Passos, Ednaldo Pereira e do Renato, mande-me através do e-mail aí na barra lateral do blog.

Via: Uhull

CONTINUE LENDO

Você sabe que fim levou as notas de 10 reais de plástico?

Li essa matéria e achei bem curiosa. Você tem em casa uma nota de 10 reais de plástico?

Elas foram lançadas em 22 de abril de 2000, para comemorar os 500 anos do Brasil, no total foram 125 milhões de cédulas plásticas.

A tecnologia foi comprada da Austrália, e vinha com a promessa de aumentar a vida útil das cédulas em quatro vezes, em comparação com as de papel (mas com o custo de produção 59% mais caro). Também seriam mais resistentes e de dificil falsificação, pois um dos truque usados pelos falsificadores consiste em lavar a tinta das notas de 1 real e sobre elas imprimir o valor de 50 reais. Com o polímero, usado nas notas de 10 reais de plástico, a remoção da tinta será bem mais difícil. Na época, para o lançamento, em 05/06/2000, o Banco Central disponibilizou para compra, envelopes especiais numerados de uma série limitada. Além da nota o kit tinha uma cartilha com toda a descrição do projeto.

Mas onde elas foram parar? Atualmente é muito difícil encontrar uma nota de 10 reais de plástico por ai, quase 8 anos depois do lançamento.

O problema é que, como vários outros projetos no Brasil, este não emplacou. Infelizmente as notas se desgastam mais rápido do que era esperado e, temos a impressão de que não são mais produzidas ficando apenas as já bem gastas circulando pelo País. Infelizmente não foi encontrada mais nenhuma informação sobre as notas de plástico.

Curiosidade, no Mercado Livre, duas notas forma negociadas. Uma teve sua venda finalizada em R$ 24, e outra por R$ 135.

Você tem, ou sabe onde foram parar as notas de R$ 10,00 de plástico?

CONTINUE LENDO

Você já viu Campeonato Mundial de… "air sex"?

Você já ouviu dizer que houve um campeonato de “air sex”. Essa notícia não é recente mas nunca havia postado aqui antes, agora achei relevante.

“Air sex” para quem não sabe é parecido com o famoso “air guitar”, onde o sujeito faz de conta que está tocando uma guitarra no ar, só que ao invés de tocar uma guitarra virtual o individuo simula que está fazendo sexo. “É como fazer sexo com um parceiro invisível“, explica Sugisako Jtaro, organizador do campeonato da modalidade.

O campeão do último torneio, o Cobra, afirmou: “Nunca fiz sexo com uma mulher

O organizador do campeonato afirmou que “Existe uma disparidade enorme entre os que podem e os que não podem conseguir sexo no Japão. Então, entre os dois, temos o air sex“.

Passo todo meu tempo fazendo air sex. Na verdade, eu não fiz muito sexo real“, revela.

Tem coisas que a gente nem imagina que acontecem.

Colaboração do Asttro

CONTINUE LENDO

Câmera flagra jovem quebrando a perna da própria namorada para tentarem aplicar golpe, e ele acaba preso

Um homem que quebrou a perna da sua própria namorada, em 2006, na esperança de receberem uma indenização de 100 mil libras, cerca de 332 mil reais, foi condenado a três anos de prisão.

Gordon Thomson planejava processar o município, alegando que sua namorada, Elizabeth Hingston, tinha se ferido após a queda de um muro.

O crime seria perfeito se não fosse um detalhe. Os policiais acabaram encontrando um vídeo no telefone celular de Thomson, que mostrava como o fato realmente ocorreu. O rapaz foi conduzido para a prisão local.

No vídeo, o rapaz, que é um cozinheiro desempregado, é visto colocando a perna esquerda de Elizabeth entre dois tijolos e saltando sobre ela com ambos os pés. O som da perna sendo quebrada assustou o juiz que assistiu ao vídeo.

Elizabeth, que havia aceitado o plano bizarro, havia bebido uma garrafa de vodca e tomado uma dosagem de Valium para aguentar a dor. No entanto, nem a combinação foi suficiente para ela suportar a dor. Testemunhas escutaram os gritos de agonia da moça.

Além de ficar sem o namorado, Elizabeth foi ser submetida a uma cirurgia e passou seis meses recuperando-se de muletas. Embora tenha aceitado participar da fraude, Elizabeth ainda não foi indiciada pela sua parte no plano.

O jovem chegou a relatar o suposto acidente, mas não chegou a fazer uma queixa formal contra a Câmara Municipal de Plymouth. No entanto, ele confidenciou a um amigo, que esperava ganhar 100,000 mil libras de indenização.

O promotor David Gittins, contou ao Daily Mail que a polícia encontrou o vídeo no celular de Thomson, numa operação sem ligação com o incidente, quando ele foi surpreendido por uma batida à procura de drogas, no mês seguinte. Em seguida, os oficiais localizaram Elizabeth, que admitiu que havia sugerido a idéia de conseguir dinheiro fácil.

Ele disse que pediu a um amigo que filmasse com seu celular para provar que ela também tinha consentido o plano.

O advogado de defesa se prendeu no fato de que Elizabeth Hingston tinha concordado com a idéia: “Ela disse que eles tiveram a idéia após assistir alguns casos de indenização na TV”, disse ele.

Imagens: Reprodução Daily Mail

CONTINUE LENDO

Prato do dia: Links ao molho Madeira

Depois de duas semanas fora, eles estão de volta! A rodada de links da sexta-feira no Buteco. Veja abaixo os links que selecionei para esta semana, e lembre-se, utilize o e-mail que aparece do lado direito da tela para mandar suas sugestões.

• Faça você mesmo: avatares e caricaturas personalizadas para usar no MSN
• Entrevista que dei ao blog Misto Frio
• Uma empresa aérea beeeeeem diferente. O curioso é que nem nome ela tem!!
• Joguinhos no celular é para fracos
• Nem todo mundo respeita o desbloqueio de celular
• Menina indiana nasce com 2 rostos (enviado pela freguesa Helouise Silva)
• Realmente, a China é o berço das falsificações
• MySpace de pessoas que já morreram (mórbido) (enviado pela freguesa Flavia Dutra)
• 25 anúncios de informática dos anos 80
• O polêmico comercial do Playstation
• Brincadeirinha legal pra você fazer com sua namorada
• Batman e Superman existem (são a mesma pessoa)
• Primeiro robô homosexual
• O Blogcitário precisa de uma ajuda

CONTINUE LENDO

Massagistas agora são obrigadas a usar cadeado nas roupas para evitarem praticar sexo

Salões de massagem de uma cidade indonésia estão obrigando que as funcionárias trabalhem com um cadeado as suas saias e calças, para que fique bem claro que o sexo não está em oferta.

Segundo o Daily Mail, a polêmica mudança despertou o protesto do ministro para assuntos da mulher na Indonésia, onde massagens são freqüentemente uma frente para a prostituição. “Não é a melhor forma de evitar promiscuidade”, disse Meutia Swasono. “É um insulto às mulheres … como se elas fossem as únicas erradas”.

Um salão na cidade turística de Batu na Ilha de Java foi o pioneiro. Segundo a direção, o cadeado nas roupas das moças deixou claro que a instituição não tolera prostituição.

O Jakarta Post, que citou a opinião do ministro, também mostrou uma fotografia de uma massagista com um cadeado na cintura da calça e disse que a administração local pretende barrar a prostituição e mostrar a imagem de uma cidade turística.

Batu, é a segunda maior cidade de Surabaya, e um dos destinos turísticos mais populares, por conta do seu clima, das fontes termais e da paisagem montanhosa.

A Indonésia é uma verdadeira indústria do sexo. As massagens são freqüentemente usadas como meio de prostituição. Mas, recentemente tem havidos vários debates sobre a moralidade, expondo profundas divisões no Sudeste Asiático, maioria muçulmana.

No mês passado, a Indonésia aprovou uma lei para restringir o acesso a sites pornográficos e violentos na internet, enquanto que o seu parlamento ainda tem que aprovar uma lei que visa proteger os jovens de material pornográfico.

Um projeto anterior continha disposições que poderiam levar à prisão pessoas que se beijavam em público e criminalizar muitas formas de arte ou cultura tradicional que abordar sensualidade.

CONTINUE LENDO