Evite gafes na internet, veja algumas dicas

As ferramentas de comunicação são grandes promotoras das gafes; desde as mais simples até aquelas que geram demissões das empresas. Por isso, acho importante o usuário de tecnologia ter sempre em mente algumas dicas para evitar situações constrangedoras. Com boas maneiras e atenção voltada àquilo que está fazendo, as chances de as gafes acontecerem ficam bastante reduzidas.

E-MAIL

1) Use sempre uma linguagem adequada ao contexto. Mensagem para amigos podem conter gírias e abreviações. Nas mensagens corporativas, jamais use gírias e abreviações. E para esses casos mais formais use sempre o corretor ortográfico.
2) Preste bastante atenção aos remetentes, para não enviar a mensagem a pessoas que não deveriam recebê-la.
3) Use contas de e-mail separadas. Uma para o trabalho e outra para assuntos pessoais.
4) Sempre leia novamente o e-mail antes de enviá-lo. Assim você terá a certeza de que não existe nada de anormal no conteúdo.
5) Evite mandar arquivos “engraçadinhos” ou pornográficos para seus amigos em seus e-mails de trabalho. E jamais use sua conta profissional para isso.
6) Esqueça, remova, abomine correntes por e-mail. Não encaminhe essas mensagens e não incentive esse tipo de prática. A melhor coisa a fazer com um e-mail desses é delatá-lo imediatamente.
7) Quando precisar enviar um e-mail para mais de um destinatário, faça uso dos campos e “com cópia” e “com cópia oculta”, quando necessário. Não coloque todos os destinatários no campo “para”.
8 Evite ao máximo usar o “responder a todos”. Faça essa opção apenas se o contexto exigir que a resposta seja realmente enviada a todos.
9) Não escreva e-mails com letras maiúsculas, pois esse tipo de escrita está associado a gritos.

COMUNICADORES INSTANTÂNEOS (MSN, GTalk, Yahoo Messenger…)

1) Quando a empresa permitir o uso desses comunicadores como forma de comunicação interna, crie uma nova conta. Assim, você pode usar essa alternativa para o trabalho e manter os contatos de amigos em outra conta.
2) Quando o assunto é profissional, não abuse — para não dizer “não use” — as carinhas personalizadas.
3 Preste a atenção no status da pessoa. É muito comum alguém mudar o status para “ocupado” e, logo em seguida, receber a famosa pergunta: “você está ocupado?”.
4) Evite discutir assuntos muito íntimos nesses programas. Lembre-se que é possível salvar histórico das conversas e, se o computador usado for compartilhado por outras pessoas, elas podem ter acesso ao conteúdo das mensagens.
6) Atenção, muita atenção. Ao conversar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo tome cuidado para não enviar a mensagem ao destinatário errado.
5) Não escreva com letras maiúsculas, pois esse tipo de escrita está associado a gritos.

SITES DE RELACIONAMENTO (Orkut, MySpace, Facebook…)

1) Lembre-se: seu perfil pode ser lido por todos. Evite escrever dados muito pessoais e, se for fazê-lo, deixe-os disponíveis apenas para seus amigos.
2) Recados devem ser escritos com cautela, pois todos podem ler o que você escreve. Evite divulgar endereços (eletrônicos e reais), número de telefone ou mesmo mensagens que possam colocar em risco você ou sua família.
3) Algumas empresas adotam a pratica de estender a pesquisa por candidatos a sites de relacionamento, identificando comportamentos e gostos dos candidatos. Por isso, é sempre bom selecionar bem as informações ali divulgadas.
4) Evite usar fotos vulgares e “extremamente micosas”.

FÓRUNS E GRUPOS DE DISCUSSÃO

1) Seja sempre muito objetivo em suas perguntas.
2) Leia sempre com atenção as regras dos fóruns e grupos. Pesquise se já não existe a resposta para sua dúvida.
3) Evite ridicularizar as pessoas por suas dúvidas. Lembre-se da velha frase “ninguém nasceu sabendo”.
4) Nunca ofereça respostas como ‘www.google.com.br’. Quer coisa mais irritante do que fazer uma pergunta e a resposta lhe sugerir uma busca? Se isso fosse legal, todos meus posts aqui seriam ‘www.google.com.br’. 🙂

ÚLTIMO E MAIS IMPORTANTE!

Miguxês (akela linguagi irritanti xeia d errus d portugues) nunca, jamais, em nenhuma situação!

Você também pode ver mais dicas sobre etiqueta na internet aqui no manual da Netiqueta (etiqueta da internet). Se tiver outras dicas, você também pode usar os comentários aqui do post.

Fernando Panissi – G1

CONTINUE LENDO

Homem encontra rato em saco de batata chips

Jack Hines, um aposentado de 66 anos, afirma que encontrou um rato frito dentro de um saco de batata fritas que comia. “Ainda bem que percebi a tempo. Já estava perto da minha boca”, afirmou Jack Hines. “Eu cheguei a sentir a pele, mas logo percebi e joguei no chão”, acrescentou.

A batata é produzida por uma empresa chamada Frito-Lay Inc., que prontamente informou que recolherá o pacote de bataras e o rato para que iniciem as investigações sobre a causa do incidente, chamado de “reclamação insubstancial”. A empresa divulgou que o material será encaminhado para a sede da empresa em Plano, Texas.

Jared Dougherty, que é porta-voz da empresa, disse que após ver as fotos do rato, achou pouco provável que ele tenha entrado no saco durante a produção, e que, normalmente esses “corpos estranhos” entram nos sacos após saírem da fábrica.

O porta-voz, ainda afirmou que o Sr. Hines manteve o pacote de batatas-fritas por mais de duas semanas antes de comê-lo, foi quando descobriu o rato.

Curiosamente, esse não é o promeiro caso envolvendo a Frito-Lay. No início de 2007 no Colorado, ocorreu uma situação parecisa, na ocasião, uma investigação concluiu que o rato havia entrado no saco depois que saiu da fábrica, eximindo a empresa de qualquer responsabilidade.

Acabei lembrando da mulher que comprou um ovo de páscoa com larvas nas Lojas Americanas.

Faça coleção de animais

Fonte(inglês)

CONTINUE LENDO

Diferenças entre uma limousine do Brasil e outra dos EUA

No Brasil, uma Brasilia limousine, com chassi alongado… (clique para ampliar)

Nos EUA, um Boeing 727 transformado em uma limousine. A limousine foi construída no chassi de uma ônibus da Mercedes e tem dois quartos, uma tevê com 52″, nela você pode receber até 50 pessoas. Há alguns anos ela estava sendo vendido no Ebay por $980.000.

CONTINUE LENDO

Os 10 produtos mais chatos da tecnologia

A edição norte-americana de PC World listou os 10 produtos mais chatos do mundo da tecnologia. Acompanhe a lista e veja se você concorda com a classificação.

Que tal conhecer uma lista de artigos que mais nos irritaram e, hoje, podem ser considerados os mais chatos de todos os tempos no mundo da tecnologia? Não perca o bom humor e conheça os 10 campeões na categoria “chatice”.

10 – Apple QuickTime for Windows (de 2001 até o presente)

Por que é que todos os players de mídia acham que dominam seu PC? Instale o QuickTime e ele logo aparece na área de notificação do Windows, em ícones na área de trabalho e carrega um applet qttask.exe sempre que você liga o computador – isso tudo sem perguntar nada. Você pode apagá-lo, mas assim que instalá-lo de novo tudo volta. Pior, se quiser usar o iTunes, o QuickTime vem no pacote. Muitos programas instalam atalhos em várias partes do seu sistema, mas a maioria pergunta antes se pode ou não.

9 – Microsoft Windows Update (de 1998 até o presente)

Tudo bem, sabemos que nossos computadores seriam mais vulneráveis se não fosse o Windows Update tapando os infinitos buracos do Windows. Mas usá-lo para fazer propaganda do sistema operacional da Microsoft já o colocaria na ala dos chatos, sem mencionar que ele sempre reinicia o sistema depois de realizar alguma instalação. Anunciado como um update “crucial” há alguns meses, o WGA se instalou sem chamar muita atenção, enviou informações sobre o sistema dos usuários e identificou erroneamente milhões de cópias legais do XP como sendo piratas. Ninguém gosta de penetras e isso é algo a que todos estamos expostos com esse serviço.

8 – Microsoft Windows Vista (2007)

Uma das leis não escritas da computação: todos os Windows são chatos. O Windows Me leva a medalha de ouro, mas o Vista, junto com suas inúmeras janelas de confirmação “Continuar ou Cancelar?” não fica muito atrás. Porém, essa é só a ponta do iceberg. Instalar o Vista num sistema usado é um bom passatempo e também ajuda a descobrir que sua placa de vídeo e alguns de seu programas não irão funcionar como deviam. E mesmo quem for comprar um computador novo, não irá conseguir aproveitar todos os recursos do novo sistema operacional sem pagar uma boa quantia adicional, sem mencionar o fato de que é bem capaz que alguns deles não funcionem de jeito nenhum.

7 – MySpace (de 2003 até o presente)

Os sites de relacionamento costumam ser os maiores transmissores de malwares e um dos maiores do mundo na categoria não seria exceção. A facilidade para quebrar suas barreiras tornaram o MySpace um ótimo meio de se encontrar “amigos”. Aparentemente todos os que um ser humano precisa e mais um pouco.

6 – Bonzi Buddy (de 1999 a 2004)

Descrito como um aplicativo de ajuda, o Bonzi Buddy entregava anúncios contextuais no seu PC – basicamente, depois de colher informações de você. Eles faziam pipocar propaganda o tempo todo e esconder o que precisava ser usado.

5 – Real Networks RealPlayer (de 1996 até 2004)

Em 1996 a Progressive Networks (agora Real Networks) começou a oferecer o RealPLayer numa versão Plus, de 30 dólares, e numa versão gratuita – mas achar o link para o download gratuito era como brincar de “Onde está Wally” no site da Real. Uma vez com o player gratuito baixado e instalado, ele se auto declarava seu player padrão para todos os formatos e começava a soltar avisos pedindo que você adquirisse a versão paga Plus. As versões posteriores se instalavam na área de notificação e soltavam balõezinhos com anúncios de “ofertas especiais” da Real. Parece que queriam ser pagos para acabar com o incômodo diário…

4 – McAfee Internet Security e Symantec Norton Internet Security (de 1998 até o presente)

Pacotes de segurança deveriam servir de guarda-costas para o seu PC. Não é o caso desses dois. O Norton e o McAfee constantemente nos avisam para verificar nossas configurações de segurança, atualizar nossas assinaturas e/ou comprar novos produtos. Foi-se o tempo em que não era preciso comprar assinaturas anuais para antivírus, e não ser incomodado por nada a respeito disso.

3 – DRM: Apple iTunes, Microsoft Windows Media Player, Microsoft Zune, Napster (de 2003 até o presente)

Os players de mídia em si são muito bons, mas os esquemas de direito digitais (DRM) incompatíveis não. Apesar da recente decisão da Apple de vender músicas sem DRM, a maior parte das músicas do iTunes só vai tocar em iPods, alguns telefones Motorola ou computadores com o iTunes instalado, sem falar que as musicas sem DRM são ligeiramente mais caras. A Microsoft afirma que logo irá vender música sem DRM para o Zune. A conferir.

2 – Windows Me (2000)

Já dissemos que o Windows Me foi “a pior versão do Windows já lançada”. A enquete da PC World EUA só confirmou. Logo depois de seu lançamento houve uma avalanche de relatórios de bugs em Redmond. A instalação era difícil, o suporte de driver do hardware era grosseiro e o sistema travava quase todo dia. Como já disse um colunista da PC World, “Millenium era uma referência ao número de vezes que você teria que consertar o sistema”.

1 – CDs AOL (de 1993 a 2006)

A enxurrada de discos gratuitos da AOL foi provavelmente a campanha da marketing mais chata já feita. Estima-se que o número de discos feitos entre julho de 1993 e julho de 2006 em cerca de um bilhão. Você provavelmente deve ter alguns em sua casa. Use-os como porta-copos.

Pesquise DVD player

IDGNow

CONTINUE LENDO

Propaganda censurada pelo presidente Lula

A Peugeot retirou do ar sua nova campanha publicitária, que usava como mote a crise aérea e a famosa frase “relaxa e goza”, da ministra do Turismo, Marta Suplicy. Longe de seguir apenas critérios comerciais, segundo executivos da montadora, a decisão saiu sexta-feira após a direção da fabricante de veículos ter sofrido pressão do governo, que se disse insatisfeito com a exposição negativa da ministra.
CONTINUE LENDO

O que você precisa saber para comprar sua câmera digital

O acúmulo de diferentes funções e nomes técnicos que envolvem a compra de uma câmera digital pode levar usuários sem qualquer conhecimento a acreditar na máxima de que “quanto mais poderosa, melhor”.

Em geral, é comum os usuários considerarem a resolução como a principal característica a ser notada. O melhor aparelho, então, é aquele que consegue tirar uma foto com maior número de pixels, certo?

Errado, por dois motivos: (1) de nada vale uma avalanche de megapixels, se o usuário não vai precisar de fotos maiores do que 10 x 15 centímetros e (2) existem outras funções importantes que o usuário precisa conferir antes de comprar sua máquina.

“Existe uma guerra de megapixels, mas o usuário não sabe porque está comprando. É tudo uma questão de número, mas não faz muito sentido”, esclarece Jairo Rozenblit, gerente de marketing de fotografia da Kodak.

Megapixel
Diferente dos sistemas ópticos, em que a imagem é contínua, nas câmeras digitais a foto é decomposta em milhões de pixels. Quanto mais megapixels, melhor a resolução. “Para fotógrafos eventuais, normalmente, 4 ou 5 megapixels são o ideal”, explica Roberto Sandrini, assistente de marketing da Canon da América Latina.

É consenso entre os especialistas que, para usuários amadores e em fotos de viagens familiares, a média seriam os sensores de no mínimo 3 megapixels (2.048 x 1.536) para conseguir fotografias reproduzíveis com dimensões de 18 x 24 centímetros. A maioria das câmeras mais populares atualmente se encontra no nível dos 5 megapixels (séries de 2.560 x 1.920 pixels no sensor) com o que é possível chegar a reproduções de boa qualidade de até 30 x 40 centímetros.

Atualmente, cerca de 90% das fotos tiradas digitalmente, segundo cálculo de Rozenblit, são impressas no tamanho de 10 centímetros por 15 centímetros. Logo, para fotos amadoras, câmeras de 3 megapixels, são suficientes, mas, com a evolução tecnológica, é possível encontrar máquinas com 5 megapixels por preços competitivos.

Caso o usuário pretenda empregar suas fotografias em pôsteres ou faixas, uma câmera de maior resolução é bem-vinda. Modelos de 8 megapixels podem produzir imagens de boa qualidade de até 70 centímetros por um metro.

Zoom
Com a resolução definida, é hora de se preocupar com outra característica necessária para os usuários domésticos: o zoom.

Quando for comprar uma máquina, você verá informações sobre o zoom óptico e o digital. Qual a diferença entre eles?

“O zoom óptico é uma consideração primária na hora da compra, já que não reduz a resolução da fotografia, como faz o digital”, aconselha Joe Guzman, diretor-assistente da Olympus América.

Na prática, o zoom óptico não prejudica a resolução e definição da imagem, pois usa lentes especiais antes de bater a fotografia. No digital, você pode perder qualidade.

“Se você tem uma câmera com 3 megapixels e usa o zoom digital de 3x, o arquivo final terá a resolução de uma fotografia tirada com uma câmera de 1 megapixel”, exemplifica o executivo da Olympus.

A dica é simples: considere o zoom óptico, se esse for um recurso importante para você.

Armazenamento
Os meios de armazenamento determinam o tamanho e desenho de qualquer câmera digital. Ficaram no passado as máquinas que guardavam a imagem em uma unidade de disquete ou floppy.

Alguns modelos menos compactos ainda têm certo respeito pelas unidades de CD e seguem oferecendo a opção de guardar as fotos neste tipo de meio, porém são os cartões removíveis de memória compacta os que dão as cartas.

Esses cartões se sustentam em uma tecnologia de memória flash capaz de reter a informação, inclusive quando são extraídas da câmera. A outra facilidade que oferecem é que os formatos em que são guardadas as imagens, em geral JPEG, podem ser vistos em outros equipamentos sem a necessidade de instalar um software adicional. As versões disponíveis são muitas:

Compact Flash: têm o tamanho de uma caixa de fósforos e uma grossura de dois milímetros. Há os convencionais, Tipo I, e os Tipo II, que são em geral mais grossos por contarem com funções adicionais. Os conectores para cartões do Tipo II aceitam módulos do Tipo I e II, mas não o inverso.

Smart Media: trata-se de um suporte de plástico quadrado com os contatos integrados em uma lateral. Esta tecnologia está se tornando obsoleta.

Memory Stick: trata-se de uma tecnologia de propriedade da Sony, que foi licenciada também para outras empresas. Existem vários subtipos destas e capacidades variáveis de armazenamento.

Multimedia Card (MMC): do tamanho de um selo dos Correios, os cartões MMC estão tomando o lugar das Smart Media e Compact Flash nas câmeras mais recentes e nos assistentes pessoais digitais ou PDAs.

Secure Digital (SD): este tipo de cartão incorpora a codificação de dados e a possibilidade de armazenar música. Outra vantagem dos cartões SD é que contam com proteção de gravação, o que evitará apagar acidentalmente alguma foto. Também estão se desenvolvendo slots com a capacidade de ler tanto cartões MMC como SD.

Bateria
Na hora de selecionar uma opção de compra, é importante estimar quais serão as suas necessidades como usuário, porque, dependendo da natureza e do poder da bateria, assim será o rendimento de elementos chave como o zoom ou o visor de tela LCD.

Mas o mais importante é que hoje em dia quase todos os fabricantes oferecem um padrão recarregável.

Entre eles se encontram as câmeras que funcionam – e trazem baterias de Níquel-Cádmio ou Níquel-Metal Hidrato (que oferecem maior tempo de uso e são recarregáveis) – e as de baterias recarregáveis de íon de lítio (similares tecnologicamente às que usam os telefones celulares).

Estas últimas são consideradas pelos especialistas como a opção preferida. Se a câmera não traz nenhum desses tipos de baterias, a opção que nos resta é a das clássicas pilhas AA alcalinas não recarregáveis (e nada recomendáveis).

A autonomia das baterias disponíveis no mercado não se altera muito: em média, é possível bater até 400 fotografias usando o LCD. Sem o dispositivo, o número pode até dobrar.

Para tentar aumentar ainda mais a autonomia, fotodigit_selo02o usuário pode apelar para truques, como a regulagem mais baixa do flash e a diminuição no tempo de visualização das fotografias já batidas, além de evitar a visualização do LCD.

Pesquise câmera digital

CONTINUE LENDO

Pastor que morreu no acidente da TAM teria tido uma espécie de visão antes do acidente

Um vídeo com uma pregação do pastor evangélico Luiz Antônio Rodrigues da Luz, uma das vítimas do acidente com o vôo 3054 da TAM, atraiu a atenção dos internautas neste fim de semana. Alguns usuários viram nas mensagens uma espécie de premonição.

As imagens foram postadas em 20 de julho. Em menos de 48 horas, mais de 17 mil pessoas tinham acessado o vídeo no site. A gravação teria sido feita em abril deste ano em um evento pentecostal em Camboriú, Santa Catarina.

Na pregação, Luiz Antônio conta a uma platéia de evangélicos sobre uma madrugada em que estava em casa, mas não conseguiu dormir. Segundo o pastor, ele teve uma revelação. “Eu vi dezenas de centenas de pessoas mortas, enroladas em alguma coisa que não consegui discernir, sendo levadas para um lugar estranho e escuro”, afirmou.

O pastor embarcou no Airbus A320 da TAM porque viajaria para Minas Gerais, onde participaria de um congresso. Luiz Antônio era um conhecido líder evangélico do Sul do país e pertencia à Assembléia de Deus em Ivoti, cidade a 55 km de Porto Alegre. Ele era casado com Maria Isabel Bomber da Silva Luz e tinha três filhos.

Monte seu próprio avião

CONTINUE LENDO

Menu estranho do McDonald’s em torno do mundo

Você acha que conheçe o menu do McDonald’s como a palma de sua mão? Saiba que pedir pelo número em alguns lugares do mundo, pode se transformar numa grande surpresa!

1. INDIA

Na Índia, não há existem Big Mac´s, porque o povo não come carne.

Entretanto, para substituir o sandubão-chefe, existe o Maharaja, que é um Mac grande feito com carne de cordeiro ou de galinha. Há também um hamburguer vegetariano, chamado McAloo Tikki.

2. ALEMANHA

Como pode-se perceber na imagem acima, na Alemanha, o McDonald’s serve cerveja como opção de bebida.
3. HONG KONG

Em Hong Kong, onde come-se bastante arroz, nada mais natural do que – hamburguer de arroz, onde os hamburgueres estão entre dois bolos de arroz.
4. CANADÁ

No Canadá, você poderá comer sanduiche de lagosta, acredite.
5. CHILE

No Chile, você pode temperar seus sanduiches com pasta de abacate ao invés de ketchup.

Compre VHS

CONTINUE LENDO

Com 560 kg, mexicano finalmente entra no Guinness como o homem mais gordo do mundo

Um mexicano de 560 kg fará parte do Guinness, como o homem mais gordo do mundo, apesar de já ter perdido 200 kg e poder concorrer como o homem que mais perdeu peso no mundo.

‘Estou contente de ter entrado no Guinness como o homem mais gordo. Também estou igualmente feliz por ter perdido 200 kilos,’ disse Manuel Uribe, 41 anos.

A fotografia de Uribe aparecerá no livro de 2008 e ao lado, a descrição do tratamento que fez e das ofertas de cirurgia que recebeu.

Há anos ninguém consegue encontrar uma balança adequada para Uribe e as estimativas sobre o peso dele são realizadas parcialmente por meio de medições de volume.

O recorde para o homem mais pesado da história era de Jon Brower Minnoch, que morreu em Seattle em 1983 depois de chegar a 635 quilos. Minnoch estava na casa dos 40 anos de idade.

Veja moda para bebê gordinho

CONTINUE LENDO

Massa manda Alonso ir à merda!


Alonso aponta o carro após a corrida

“Massa e Alonso se aproximam, fazem alguns cumprimentos e o espanhol diz algo em volume baixo, de costas para a câmera. Faz gestos sobre os toques entre os dois e Felipe começa a falar mais alto: “Na briga pela posição?”, e o espanhol responde: “Eu mostrei a todos os espectadores. Assista”.

O brasileiro fica revoltado: “Vai à m…! Você vence e faz uma coisa dessas? Você vence e diz uma coisa dessas?”. Alonso responde de forma mais dura: “Você bate em mim, você bate em todo mundo! Isso não se faz”. A réplica de Felipe: “Vê se aprende!! Vê se aprende!”, e sai do quadro da câmera. O bicampeão do mundo continua falando com ele: “Vê se aprende você! Bate com todo mundo, faltavam três voltas…”, enquanto o piloto da Ferrari volta e senta-se em uma cadeira próxima.

Depois de alguns segundos de silêncio, fazendo gestos irônicos de concordância, Massa levanta novamente, bate nas costas de Alonso e fala algo que não pôde ser totalmente entendido, mas pareceu ser: “Como você fez na primeira corrida, na largada! Aprende, aprende!”. Possivelmente, o brasileiro estava se referindo ao toque entre ambos na largada do GP da Espanha deste ano. Neste momento, Herbie Blash, delegado da FIA, se aproxima e pede calma aos dois.”

Faça modelismo.

CONTINUE LENDO

Record lança série no mesmo nível de Heroes

A trama se passa na clínica Biogênese, no Guarujá. Depois de modificar embriões geneticamente e criar mutantes, o cientista Sócrates (Juca de Oliveira, o Dr. Albieri de ‘O Clone’) é assassinado. “A suspeita será Maria (Bianca Rinaldi), acrobata de um circo. A família do Sócrates tenta salvar a clínica e tem interesse na extinção dos mutantes”, adianta.

Nem todos os mutantes saberão dos seus poderes. “Alguns não aceitam. Uns serão do bem e outros do mal”, diz Tiago, que criará uma série de mortes misteriosas. “O público não saberá quem é cérebro criminoso. Tuca Andrada será o braço armado dele. E forma quadrilha com o irmão (Alexandre Barilari)”, diz.

Gente, que medo… quando nossa teledramaturgia resolve copiar os EUA, ‘exageram nos traços’ e beira o ridículo. Por outro lado, se a série seguir a mesma qualidade que o anúncio acima, a ‘poderosa’ que se cuide!!!

CONTINUE LENDO

Os vídeos brasileiros mais vistos do Youtube

Em primeiro lugar: Chaves Maconheiro (é uma redublagem, portanto não custa nada lembrar que contém linguagem chula).

2. As árvere somos nozes (um dos vídeos que mais ri na minha vida)
3. Fala Sônia (tem quem ache engraçado)
4. Jeremias (clássico da web)
5. Wilson vai (a música é bem feita)
6. Chaves – adultério (o Kiko dançando é hilário)
7. V.T.N.C (novo hit da web).

Lógico que existem vários outros vídeos que são sucesso de exibição, portanto se você tiver alguma sugestão, coloca aqui nos comentários.

VIA

CONTINUE LENDO

Briga feia em uma das competições do PAN

O tempo fechou durante a premiação da prova do “oito com” no remo. Enquanto repórter Ivan Moré, da Rede Globo, falava sobre a medalha conquistada pelo time brasileiro, um funcionário da ISB, empresa responsável pela geração de imagens do Pan, entrou na frente da câmera da TV carioca. Os dois discutiram, xingaram-se e trocaram agressões. A Força Nacional interveio com truculência e um dos seus membros tirou, com uma chave de braço, o repórter da área. Tanto Moré quanto Paulo Roberto, que trabalha na produção técnica da ISB, foram levados para o 14º DP. Ademar Casanova, capitão da Força Nacional e responsável pela segurança, não acha que houve uso de força desproporcional. Segundo ele, havia um conflito e, então, o uso de força foi na medida certa.

CONTINUE LENDO

Britânica de 18 anos vende virgindade pela internet


Imagens do anúncio da garota

“Virgindade à venda: 10.000 libras”. E o texto continua: “Oi, acho que o título diz tudo. Sou uma virgem de 18 anos com os estudos para pagar e quero vender minha primeira vez aqui. Sou morena, olhos verdes, bem distribuída e de boa aparência”. É o que diz o anúncio.

Segundo reportagem publicada no site Maltastar, a garota usou o nome de Carys Copestake e disse que mora com os pais – eles não fazem a menor idéia do que ela está aprontando. O preço: o equivalente a R$ 38 mil. O motivo: levantar fundos para pagar a faculdade.

Em uma negociação pela internet feita com um repórter que se passou por comprador, a garota declarou: “Até onde posso me lembrar, sempre quis que minha primeira vez fosse especial e com o cara certo. Não sou como essas meninas que querem se livrar disso (a virgindade) com o primeiro que aparece. Tenho curiosidade sobre o sexo oposto. Quero explorar isso, e quero alguém que me ensine.”

A jovem negociante prossegue: “Fiquei numa situação em que tenho que bancar meus estudos. E encontrei um jeito de matar dois coelhos com uma cajadada só”.

Carys disse que apareceu um monte de rapazes querendo ajudá-la a resolver esses “problemas”, mas suas propostas eram horríveis e ela os rejeitou. “Tenho que ser cuidadosa, podia ser alguém que eu conheço, até mesmo um de meus professores.”

Quando o repórter pediu uma prova de que ela tem mesmo 18 anos, Carys apresentou a carteira de motorista e brincou: “Estou chocada por você pensar que eu sou tão nova”.

Sinal dos tempos…

Colaboração de Iulo

CONTINUE LENDO

As 10 maiores farsas da internet

As chamadas correntes de e-mail, fraudes e farsas de internet irão sempre habitar a rede, prometendo “novas formas de ficar rico” ou fazendo um “pedido urgente de ajuda”.

Nesta prática, não há limites para imaginação: avisos médicos, promessas de dinheiro fácil e fotomontagens são algumas de suas formas de atuação. Porém, no fim das contas, trata-se apenas de fraudes e golpes, dos quais selecionamos os 15 mais infames já vistos na web.

1 – O turista acidental (2001)

Possivelmente, a montagem mais famosa já criada. Essa piada (horrível, diga-se de passagem), viajou o mundo todo e foi parar em inúmeros e-mails logo após os atentados de 11 de Setembro.

A imagem mostra um turista no topo de observação de uma das torres do World Trade Center, posando para um foto minutos antes da colisão de um dos aviões seqüestrados.

Num primeiro momento, a figura parece ser real, mas ao se observar certos detalhes é possível perceber que se trata de uma imagem modificada. Primeiro, o avião que se choca na torre é um Boeing 767 – e o que aparece na imagem é um 757. O avião se aproxima da torre pelo norte e o prédio que teria sido atingido, a torre norte, não tinha posto de observação a céu aberto.

2 – Criança doente precisa de ajuda (1989)

Essa farsa tinha ares de realidade. Tudo começou em 1989, quando Craig Shergold, uma criança de nove anos diagnosticada com câncer, pensou numa forma de realizar seu sonho de entrar para o Guiness Book. Craig pediu que as pessoas lhe enviassem cartões de agradecimento e elas assim o fizeram.

Em 1991, 33 milhões de cartões já tinham sido enviados, superando de longe o recorde anterior. Contudo, ironicamente, o site do livro de recordes não contém e nem menciona nada a respeito de Craig Shergold como a “pessoa que mais recebeu cartões de lembrança no mundo” – provavelmente, porque eles não querem encorajar ninguém a tentar superar essa marca.

Felizmente, os médicos conseguiram remover o tumor e Craig hoje é um adulto saudável.

3 – Bill Gates distribui dinheiro (1997)

“É verdade. Pensei que fosse boato, mas aconteceu com um amigo meu. Parece que a Microsoft está testando algum novo programa para rastrear e-mail e a empresa precisa de voluntários para ajudar. Ele me mandou um e-mail que recebeu da Microsoft – o e-mail era do próprio Bill Gates! Duas semanas depois, como recompensa pela participação, meu amigo recebeu um cheque de milhares de dólares”.

Ahãn, claro que recebeu… Outras versões desses boatos sempre prometem algum tipo de recompensa, principalmente em dinheiro vivo.

4 – Taxa de cinco centavos por e-mail (1999)

O e-mail começa com “Caro assinante de internet, o governo dos Estados Unidos está forçando uma medida legislativa que irá afetar seu uso da internet”. Segundo a correspondência eletrônica, a “medida 602P” autorizará o serviço postal dos EUA a considerar uma cobrança de cinco centavos de dólar por cada e-mail enviado.

Não seria uma forma ruim de evitar a enxurrada de correntes e fraudes do mundo digital. Esse alerta, que explodiu em 1999, não era verdade. Mas era plausível o suficiente para enganar Hilary Clinton durante um debate em 2000, quando ela concorria ao senado.

5 – Você pegou um vírus! (de 1999)

Não existe um vírus Teddy Bear ou mesmo um sulfnbk.exe ou Um Cartão para Você (“O pior vírus já criado!… A CNN já fez o alerta, por favor repasse esta mensagem para todos que você conhece”).

A farsa do jdbmgr.exe (também conhecido como Teddy Bear, porque o arquivo jdbgmgr.exe é representado por um ícone de ursinho) alertava internautas sobre uma mensagem de e-mail com risco de infecção de um vírus enviado via mala direta do Microsoft Messenger e que deveria ser apagado imediatamente.

Mas, na verdade, não havia vírus e infelizmente o jdbgmgr.exe era um arquivo Java necessário. Com sua insistência em afirmar que o arquivo em questão, legítimo, era um vírus, a farsa sulfnbk.exe afetou até usuários mais experientes. Muitas pessoas o removeram.

6 – Um gato realmente grande (2001)

Existem gatos grandes e gatos ainda maiores. Este aqui, dizia-se, pesava quase 40 quilos e era enorme. A imagem parecia real e gerou bastante burburinho, até mesmo com seus requintes surreais, como o fato do dono do gato trabalhar numa empresa de energia atômica e mais ainda sobre reatores nucleares.

Posteriormente, o dono do animal confessou que havia feito uma sessão criativa de Photoshop e que não acreditava que alguém pudesse crer que aquilo era real.

7 – Pôr do sol sobre a África (2003)

Uma foto magnífica da África e da Europa tirada na estação espacial Columbia. O que torna a imagem fantástica é que, em Londres continua dia, e na Itália a noite já caiu, fazendo com que as luzes de Roma, Nápoles e Veneza apareçam acesas. Uma pena que seja uma foto alterada digitalmente, provavelmente uma sobreposição de múltiplas imagens de satélite.

8 – Aterrissagem da Apolo (1969)

Você sabe que o homem nunca esteve na Lua, certo? Foi tudo uma farsa elaborada pelo Ocidente para ganhar alguns pontos na Guerra Fria. E toda aquela aterrissagem? Foi um vídeo filmado em locais supersecretos.

Pode parecer piada, mas alguns sites, como o Apollo Reality e o Moon Landing, ainda insistem que a Eagle nunca chegou lá.

9 – Rastreamento via GPS de celulares (2007)

Já ouviu falar de um site que pode rastrear a localização de um telefone celular em tempo real? Ele usa um satélite GPS em combinação com o Google Maps e é incrivelmente preciso (sem mencionar o caráter invasivo da suposta tecnologia).

Vá em frente e verifique você mesmo no site da SunSat Satellite Solutions e rastreie a localização de seu próprio telefone celular. Selecione seu país, seu número de celular e clique no botão de busca. Essa é uma das melhores farsas e vale a pena conferir por si mesmo.

10 – Microsoft compra o Firefox (2006)

O pesadelo da comunidade do software livre. Em outubro de 2006, um site até então desconhecido anunciava a compra do Firefox pela Microsoft e promovia o novo Microsoft Firefox 2007 Professional.

O site fala dos novos atributos do browser e oferece anúncios em vídeo do produto. Era tudo uma grande mentira, mas a imagem da caixa do Microsoft Firefox 2007 era tão bem elaborada e profissional que muitos entusiastas do Firefox ficaram apreensivos.

CONTINUE LENDO