Viciados em jogos online continuam jogando mesmo após enchente; assista

As Filipinas sofreram tanto com a passagem de um tufão, que parte das casas ficaram literalmente alagadas. Mas veio de uma lan house (algo que está cada vez mais raro aqui no Brasil) a imagem mais curiosa que circulou o mundo. A casa de eventos na cidade de Calinta, em Rizal, não fechou mesmo estando completamente alagada. Sim, a água não incomodou nem um pouco os clientes e mesmo com o risco de serem eletrocutados, eles continuaram jogando como se nada tivesse acontecido.

O dono da casa de jogos explicou o episódio. “A gente não sabia que a água da enchente subiria naquele dia, então quando vi os jogadores, imediatamente disse que precisavam transferir os equipamentos para um local mais alto. Depois, eles pararam de jogar e foram embora”.

CONTINUE LENDO

Mulher bate o carro em posto de combustível e causa grande incêndio

A motorista de uma SUV causou um acidente impressionante em Al Aflaj, na Arábia Saudita, após bater em uma bomba de combustível, de acordo com um vídeo que circula na internet. A mulher parou seu carro para ser abastecido e, por algum motivo, acabou avançando sob a bomba de combustível provocando um incêndio. A mulher e o passageiro conseguiram fugir do veículo enquanto um funcionário do posto tentava controlar o incêndio.

CONTINUE LENDO

Youtuber grava tentativas de furto de celular com câmera escondida; assista

Um youtuber foi até o centro de Nairobi, no Quênia, para atiçar um pouco os bandidos de lá. Para isso, usou uma daquelas réplicas-modelo de smartphone, segurando-a do lado de fora da janela do carro. Uma outra câmera filmava a ação ao seu redor e registrou todas as tentativas de furto. Curiosamente, além dos larápios, ele também encontrou algumas pessoas que o advertiram sobre o risco que estava correndo.

CONTINUE LENDO

Concessionária do Rio Grande do Sul, que fechou as portas há 11 anos, ainda possui carros 0 Km

concessionaria_19
Há 11 anos, a ex-concessionária Copiva, localizada em Estrela/RS, fechava as portas.

A empresa não teria assimilado comercialmente o aumento das cotas da Volkswagen alemã, que aumentou de 60 para 160 carros vendidos no mês.

Além disso, o proprietário desistiu de tudo depois que sua esposa faleceu.

No entanto, apesar de tudo isso, a concessionária permanece praticamente intacta, com móveis preservados e, o mais importante, com automóveis zero quilômetro.

Isso mesmo, a empresa ainda mantém um Fusca, uma Quantum e um Santana. É impressionante! Veja as fotos.

CONTINUE LENDO

Dois brasileiros na lista dos 10 jogadores que mais descuidaram do corpo

O jornal britânico “The Sun” elegeu os 10 jogadores mais gordos do futebol mundial. Na realidade, este não seria o termo correto, já que alguns já não são mais jogadores, e outros já perderam peso. No entanto, ainda cabe a pergunta feita pela publicação: “Quem comeu todas as tortas?”

A lista traz dois brasileiros entre os top 10.
gordo_jogador_01

Confira o restante da lista.

CONTINUE LENDO

Imagem do Dia: Peste-Gay já apavora São Paulo

imagemdodia_01
A “peste gay”, como assim ficou conhecido o vírus HIV no início da década de 1980 no Brasil.

Os primeiros casos da ainda desconhecida doença foram registrados em 1977/78. No Brasil, o primeiro caso de um portador com o vírus HIV foi em 1980, em São Paulo, mas registrado oficialmente apenas em 1982. Logo a seguir foi identificada a possibilidade também da transmissão por transfusão sanguínea, adotando-se a nomenclatura temporária do termo “Doença dos 5 H” – Homossexuais, Hemofílicos, Haitianos, Heroinômanos (usuários de heroína injetável), Hookers (profissionais do sexo em inglês). O termo “HIV” – Human Immunodeficiency Virus – só foi difundido e oficializado a partir de 1985.

Entre os brasileiros, popularmente a doença acabou sendo conhecida como “peste gay”, por este grupo ter sido identificado, supostamente, como os potenciais transmissores do vírus e terem monopolizado os primeiros casos de infecção. A associação aids/homossexualidade passou a ser tão direta quanto 2+2=4, como comenta um estudioso desta temática no período. Por um lado, o ainda nascente movimento gay se viu fragilizado pela observância desses casos em membros de sua comunidade, por outro lado, o senso comum, apoiados pelos setores mais conservadores da sociedade, viu na AIDS a ratificação, divina ou natural, da condenação dos gays por seus pecados e desvios “contra a natureza”.

Via Imagens Históricas

CONTINUE LENDO