Pesquisa afirma que desenhos deixam jovens mais agressivos

Quem nunca ouviu dizer que a TV contribui para comportamentos antissociais? Esta é uma afirmação antiga, que começa a tomar forma com a recente divulgação de pesquisas, sobretudo envolvendo jovens.

A mais atual, realizada na Grã-Bretanha, mostra que altos níveis de violência nos desenhos animados podem tornar os jovens mais agressivos.

De acordo com o Daily Mail, o estudo descobriu que os desenhos influenciam muito mais do que outros programas, como as séries e filmes, e que as crianças copiam e criam fantasias, tal como fazem os personagens.

A pesquisa também constatou que os jovens tendem a imitar o comportamento negativo que veem na TV. Os psicólogos entrevistaram 95 garotos com idades entre 10 e 11 anos, questionando-os sobre seus programas de TV favoritos, incluindo: Lost, Buffy, a caça Vampiros, Scooby-Doo e Pokemon.

O resultado mostrou que as produções destinadas às crianças, como os desenhos animados, possuíam os mais altos níveis de violência. Para se ter uma ideia, são registrados 26 atos de agressão em uma hora, em comparação com apenas cinco em outros nove programas considerados impróprios para menores de 14 anos. Uma espécie de reafirmação para o que já era percebido há décadas.

“Os resultados indicam que existem maiores níveis de agressão física em programas infantis do que em programas para audiências gerais”, disse o estudo.

O estudo, realizado pela Universidade de Iowa e publicado no Journal of Applied Developmental Psychology, também descobriu que as crianças na escola copiam as agressões verbais vistas na TV. Entre os comportamentos negativos destacam-se: espalhar boatos, fofocar, trocar agressões físicas e verbais e a exclusão de amigos do grupo.

E você, acha que os desenhos animados oferecem este tipo de contribuição antissociais?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!