Policial é acusado de racismo ao usar taser contra adolescente que esperava namorada na varanda de sua casa

Imagens de uma câmera de vigilância capturaram o momento em que um policial atirou em um adolescente considerado “birracial” de acordo com a cultura norte-americana.

Jack Rodeman, de 16 anos, foi seguido pelo policial rodoviário George Smyrnios até o quintal da casa da namorada de Rodeman. Quando o adolescente mandava uma mensagem para a namorada, dizendo que havia chegado, foi surpreendido pelo policial. A filmagem mostra o policial a poucos metros de distância apontando seu taser para o rapaz. Em seguida, Rodeman fala “eu não fiz nada” e continua a olhar o celular. O policial, então, descarrega o taser, fazendo o adolescente cair e bater a cabeça numa fonte de tijolos. Em seguida, ele é algemado enquanto a namorada vai ao seu encontro.

A mãe do adolescente acusou o policial de traçar o perfil racial de seu filho como alguém suspeito.

Apesar de Rodeman já ter sido preso por vadiagem, porte de maconha medicinal e infrações criminais de trânsito, o policial argumentou que utilizou a arma de choque porque o rapaz havia entrado no local através de arbustos e que seu comportamento era suspeito.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!