Programa de TV francês, que simula morte, causa polêmica

Um canal de TV estatal da França está causando polêmica com um falso game show, no qual os participantes, sem saber da verdade, obedecem ordens para aplicar choques elétricos cada vez mais potentes em um homem, que na realidade é um ator, até que ele aparentemente morra.

Os produtores do “The Game of Death” (“Jogo da Morte”) afirmam que a intenção é examinar a mente humana e testar o poder dos seres humanos em obedecer ordens.

“A televisão tem poder. Sabemos disso, mas é teórico”, disse o produtor Christophe Nick ao Jornal Le Parisien. “Eu me perguntava: é tão importante que pode nos transformar em carrascos potenciais?”

Talvez a resposta de Christophe esteja no fato de que, quatro em cada cinco jogadores jogadores tenham dado o golpe “fatal”.

Segundo o The New York Times, os recrutadores encontraram 80 competidores e disseram que eles iriam participar de um programa de TV chamado “Real Zone Xtreme”. Cada um foi apresentado a um outro suposto competidor – na realidade, um ator – cujo trabalho era responder a uma série de perguntas enquanto permanecia amarrado em uma cadeira elétrica.

Em um jogo de associações de palavras, o ator, identificado como Jean-Paul, sofria punições caso errasse as respostas. Os choques iniciavam em 20 volts e iam até sofríveis 460, sendo controlados pelo concorrente.

Como as respostas estavam erradas, o apresentador e a platéia, aos gritos, aumentavam a pressão sob o “carrasco”.

Curiosamente, na contagem final, 81% dos concorrentes chegaram ao limite, despejando uma carga potencialmente mortal no ator. Apenas 16 pessoas, entre as 80 que participaram, desistiram.

A pergunta-chave da polêmica é: qual o limite do ser humano?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!