Promessa faz soldado ir ao funeral do amigo usando roupa de mulher

A imagem seria cômica se não contasse uma triste história. As fotos mostram um soldado escocês usando roupas de mulher no enterro de um amigo. Mas calma, Barry Delaney não é transexual.

Segundo o jornal Time, tudo não passava de uma simples promessa. Kevin Elliott e seu amigo, Barry Delaney, acordaram que, aquele que sobrevivesse, deveria ir ao funeral do outro, vestido de mulher. Qualquer pessoa poderia desprezar um acordo deste tipo, mas Delaney provou que além de ser um amigo fiel, realmente tem palavra.

Elliot, que tinha apenas 24 anos, era o primeiro voluntário a se apresentar para ajudar o pelotão sob fogo cerrado, responsável pelo patrulhamento na província de Helmand. Ele foi abatido em 31 de agosto, juntamente com o sargento.

Delaney chorou de joelhos, enquanto os outros colegas disparavam uma salva de tiros.

“O dia mais triste das nossas vidas foi ouvir que ele tinha morrido – algo que nenhum pai quer escutar. Mas há 24 anos, Kevin trouxe muita alegria para nossas vidas”, desabafou seu pai.

Já acessou o iG Jovem hoje?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!