Saiba como ir para Salvador curtir o Carnaval com acompanhante e com tudo pago

Não há como negar o encanto que o Carnaval de Salvador exerce sobre quem curte uma festa popular.

Este ano, a festa carnavalesca oficialmente ocorre de 16 a 21 de fevereiro e o clima da capital baiana já começa a mudar.

Segundo números não oficiais, são esperados mais de 550 mil turistas, expectativa de mais de 220 mil empregos temporários, 83 blocos no circuito Osmar (Campo Grande), 48 blocos no circuito Dodô (Barra – Ondina) e 113 blocos no circuito Batatinha (Pelourinho, largos, ruas e palcos).

No ano passado, o Buteco teve o prazer de curtir o Carnaval na Barra diretamente do camarote da Daniela Mercury com meus amigos Cid, do Não Salvo e Caio Novaes, do Brogui. Estrutura completa com direito a buffet, boate, ar condicionado, variedade de sanitários, celebridades e uma vista privilegiada dos trios e blocos que passavam na avenida.

Confira algumas fotos que fizemos por lá: aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Confesso que foi uma das experiências carnavalescas mais divertidas dos últimos tempos. Chegamos até a fazer algumas entrevistas com famosos (que não foram ao ar). Aliás, curtir o Carnaval dentro de um camarote é uma excelente alternativa para quem não quer (ou não pode) fazê-lo na rua ou bloco.

Que tal ir para Salvador curtir o Carnaval com acompanhante e com tudo pago?

Mas este post não é só para falar da nossa experiência no Carnaval. Eis uma grande notícia! A Oi está com uma promoção muito legal no Facebook. O vencedor e seu acompanhante vão viajar com tudo pago pra Bahia, onde vão curtir o carnaval de Salvador no camarote Cerveja & Cia com tudo liberado. E ainda vão poder contar o que está rolando por lá para o Brasil inteiro ver. É só clicar neste link e seguir as coordenadas. Moleza, não?

Ah, a equipe do Buteco também estarei por lá registrando tudo. E se você for o grande vencedor, pode nos ajudar a atualizar o blog durante este período de Carnaval.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!