Tekpix é realmente uma boa opção de compra?

O Natal e o décimo terceiro salário se apromixam, e com eles as listas de presentes.

Resolvi criar este post motivado por perguntas que sempre me fazem sobre a câmera Tekpix, que é vendida pelos programas de TV. Quando imaginei criar o post não queria simplesmente emitir minhas impressões pessoais, mas buscar embasamento técnico, utilizando as informações que os próprios vendedores usam para comercializar a câmera.

1. Prestações com valores baixos e sem comprovação de renda

Segundo a Tecnomania, a Tekpix pode ser comprada sem consultas, cartões de crédito, nem conta bancária por 36 x R$ 39,90, resultando num total de R$ 1.436,40. Os valores das prestações podem ser convidativos, porém uma excelente câmera digital, com carregador e cartão de memória pode ser adquirido por menos de R$ 1.200,00. Uma outra câmera, com perfil mais simples pode ser comprada por cerca de R$ 500,00, logo percebe-se que o valor final da Tekpix está totalmente fora da realidade.

2. Tecnicamente é uma boa compra?

Analisando os aspectos técnicos, note que os vendedores focam em três pontos que podem seduzir o consumidor:

* A Tekpix possui 3.1 Megapixels de resolução máxima. Uma foto tirada com essa resolução não permite que sejam feitas ampliações de qualidade razoável. Comparando-se com as câmeras com resolução acima de 5.0 megapixels nota-se a sensível diferença.

* O vendedor afirma que é possível gravar até duas horas de vídeo, mas para esta quantidade de tempo é necessário um cartão de memória para armazenagem, pois a câmera é vendida com apenas 16 mb de memória, o que daria no máximo 2 minutos e 39 segundos de vídeo.

* O argumento que é mais levado em consideração pelos compradores está na afirmação dos vendedores de que você não precisará de um computador. Mas pensando racionalmente, o que o comprador fará quando a memória interna da máquina se esgotar? Logicamente, ele precisará descarregar sua memória para poder continuar usando-a, sendo assim, precisará de um computador para fazê-lo.

A qualidade da imagem não compensa o preço?

Encontrei uma comparação avaliando a Tekpix DV 3100 juntamente com uma Canon PowerShot A310, câmera lançada em 2004 com 3,1 megapíxel, sem zoom ótico e que não é mais vendida atualmente.

Todas as fotos feitas nesse comparativo foram realizadas no mesmo local, na mesma hora e usando o modo automático das câmeras (embora a câmera da Canon possibilite alguns ajustes manuais a TekPix não fornece essa possibilidade). Mesmo que alguns detalhes técnicos das câmeras sejam citados foi privilegiado a qualidade da imagem gerada. Nenhuma imagem passou por edição, sendo apresentadas da maneira que saíram das câmeras e todas estão na mesma resolução (640×480 píxels) que visa facilitar a visualização pela internet.

Cor

Toda imagem feita em JPEG por uma câmera digital já sofre um processamento prévio pelo software interno do equipamento. São aplicados correções de contraste, brilho e balanço de branco. Claro que nunca fica perfeito e um pós processamento é necessário por parte do usuário. Mas, se a imagem que saí da câmera já tem uma qualidade aceitável, facilita muito o trabalho do fotógrafo.

Latitude

Latitude de exposição é a capacidade de um sensor em registrar detalhes em cenas que possuem zonas de sombra e luz. Esse é um dos principais obstáculos que o digital tenta vencer em relação ao filme, que ainda vence os sensores das digitais compactas nessa categoria.

Macro

Todas as câmeras digitais possuem um modo macro, que serve para aproximarmos a câmera o máximo possível de um assunto para captarmos os mínimos detalhes. Alguns modelos conseguem ser melhores do que os outros nessa categoria.

A Canon até que se saiu bem nesse teste, mas a sua concorrente foi lastimável. O modo macro da TekPix é uma enganação. Ele é selecionado na objetiva da câmera, mas não mostrou nenhum resultado efetivo. Aliás, a câmera me surpreendeu por não possuir auto-focus, ou seja, ela não tem a capacidade de efetuar o foco em uma dada parte do assunto a ser fotografado. Ela funciona como as antigas câmeras de filme em que você aponta e aperta o botão disparador. Você deve se preocupar com a distância mínima de foco, que no caso da TekPix, é de cerca de 50 cm. Tudo que estiver mais perto do que isso da câmera fica desfocado.

Qualidade geral da imagem

A pessoa que compra uma câmera digital compacta tem por objetivo registrar as situações do dia a dia. Um passeio, um aniversário ou uma reunião com amigos. Para isso, o consumidor comum, não exige uma qualidade de imagem espetacular, vide o número de câmeras Sony que são vendidas no mundo, mas existe um limite de qualidade que se deve exigir de qualquer equipamento.

A foto acima foi feita em uma condição muito comum. Fim de tarde, na frente de uma residência. Poderia haver um grupo de amigos reunidos nesse lugar ou membros da família. Notamos que ambas as câmeras tiveram dificuldade em fazer a leitura correta da luz no ambiente, mas a qualidade da Canon se mostrou bem melhor. Diria que a da TekPix não chega ao mínimo aceitável.

A decisão de compra fica à cargo da necessidade do comprador, mas é interessante avaliar muito bem a compra. Prudência é sempre importante.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!