Várias horas de trabalho e poucos minutos para a água destruir tudo

Normalmente, quando um artista resolve trabalhar, a eternização de sua obra é uma espécie de prêmio por todo esforço empregado. Mas esse não é o caso de Andres Amador. O artista utiliza as areias da praia como tela e mantém seu trabalho exposto até quando o vento, e principalmente o mar, decidem acabar com tudo.

Muitas das suas deslumbrantes imagens começam com um simples rabisco num velho notebook, até ganhar os grãos de areia.

O mais curioso é que o trabalho de Andres depende de todo um ritual. Segundo o Daily Mail, o artista americano espera pacientemente pela lua cheia, para aproveitar os períodos de marés baixas.

Andres comentou que percebe a reação das pessoas ao ver as areias estilizadas. “A dimensão do meu trabalho artístico, combinado com o fato de que em breve será apagada, chama a atenção do espectador. Minha meta final é promover a auto-consciência.”

Veja o que Andres quis dizer:

>> Já acessou o iG Jovem hoje?

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!