Vídeo mostra ‘jogo do estupro’ sendo praticado por homens muçulmanos; assista

Muita gente desconhece, mas em alguns países é muito comum lidar com a violência feminina como algo comum, banal. Em alguns lugares, isso tem até um nome: Taharrush, que pode ser traduzido como “jogo do estupro”.

O Taharrush gamea tem origem árabe e no norte da África, e consiste em uma prática onde um grupo de homens se aproveita de grandes aglomerações para abusarem sexualmente das mulheres. Este ato de barbárie ficou mundialmente conhecido a partir de um trágico episódio na Primavera Árabe, no Egito, em 2013, quando um grupo de aproximadamente 200 homens violentou sexualmente uma jornalista holandesa. Acredita-se que o Taharrush seja uma prática comum em países e demais regiões islâmicas onde a mulher não é vista como um ser humano, mas sim como uma “propriedade” dos homens. O flagrante que você confere a seguir foi registrado no Paquistão.

De acordo com esta “cultura”, os homens procuram como vítimas mulheres que são consideradas infiéis ou que não estão enquadradas nos costumes padrões dos muçulmanos, principalmente no que diz respeito ao vestuário. O Taharrush é praticado por muitos grupos extremistas, entre eles os terroristas do islamismo, que não consideram as mulheres não-muçulmanas dignas de serem respeitadas como seres humanos.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
À Toa na Net Garotas de Programa Tenso Acompanhantes SP O Macho Alpha
Comenta aí, butequeiro!