Homem acusa remédio de ter feito ele começar a gostar de homens

Por mais estranho que possa parecer, o francês Didier Jambart afirma que acabou tendo sua opção sexual modificada em virtude de alguns medicamentos para combater a doença de Parkinson.

De acordo os advogados, o comportamento dele mudou completamente depois que passou a usar a droga, em 2003.

Ele afirma ter se tornado viciado em apostas pela internet e chegou a perder as economias de sua família, usando-as para alimentar seu vício, levando-o ao desespero e tentar o suicídio três vezes.

De acordo com o site Metro, Jambart também tornou-se viciado em sexo compulsivo gay. Segundo ele, a vontade é tanta, que ele começou a travestir-se e se expor na internet.

Os advogados alegam que seu comportamento voltou ao normal quando ele parou de tomar as medicações em 2005, mas acabou ficando com trauma psicológico, como resultado de seus vícios.

Por conta disso, Jambart pede uma indenização de R$ 1 milhão, alegando que o fabricante vendeu um remédio “defeituoso” e que seu neurologista não advertiu sobre os riscos da medicação.

Parkinson é uma doença do sistema nervoso que provoca tremores, diminuindo o movimento de um indivíduo e afetando a fala.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!