Mulher é presa após descumprir decreto de quarentena em parque de SP; assista

Uma mulher foi detida pela Guarda Civil Metropolitana de Araraquara, após se recusar a sair da Praça dos Advogados da cidade, que fica em zona nobre e estava fechada por conta do decreto municipal que determina a quarentena no município, durante a epidemia do novo coronavírus.

Ela responderá pelo artigo 268 do Código Penal. “Infringir determinação do poder público, destina a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”. A mulher classificou as quarentenas como um “cirquinho de coronavírus que armaram para implantar uma Ditadura Comunista” no Brasil.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!