Os bastidores do vestibular do país mais populoso do mundo

O Gaokao é o grande vestibular da China. Aliás, ele é tão importante, que é encarado como a mais importante oportunidade de ascensão. Os resultados dos testes determinam o futuro dos jovens iniciantes e milhares de adolescentes. Por aí você imagina a pressão que eles são submetidos.
vestibular_chines_01
 
vestibular_chines_02
Os alunos que fazem exame de inglês dividem uma imensa sala. Inglês é uma das três principais áreas de teste, juntamente com matemática e chinês.
 
 
 
vestibular_chines_04
Estudantes de arte desenham esboços na província de Jianan, Shandong
 
 
 
vestibular_chines_05
Uma mãe espera lá fora, na província de Hefei, Anhui.
 
 
 
vestibular_chines_06
Alunos dentro de ônibus a caminho de um exame na província de Liu’an, Anhui. Milhares de familiares e amigos lotam as ruas em apoio aos candidatos.
 
 
 
vestibular_chines_07
Zheng Dong (esquerda) estuda em um quarto de hotel em Xangai. Em Pequim, mais de 1700 motoristas de táxi oferecem carona para os estudantes chegarem nos locais onde são realizados os testes.
 
 
 
vestibular_chines_08
Investigadores monitoram as salas de exame. Algumas escolas secundárias colocam câmeras de segurança em suas salas para monitorar alunos em caso de preguiça.
 
 
 
vestibular_chines_09
Um estudante faz uma rápida pausa nos estudos. Algumas escolas foram criticadas por produzirem “robôs” que estudam 15 horas por dia para o Gaokao.
 
 
 
vestibular_chines_10
Alunos estudando à noite em Hafel, província de Anhui. 9,8 milhões de estudantes participaram do Gaokao este ano.
 
 
 
vestibular_chines_11
Pais em Huaibei, Anhui, esperando os filhos terminarem os exames.
 
 
 
vestibular_chines_12
Antes dos exames, os alunos e professores participam de atividades para liberar a pressão.
 
 
 
vestibular_chines_13
Estudantes caminham por Confúcio depois de uma manhã chuvosa em Wuhan. Muitos tempos foram inundados nas semanas que antecederam o teste.
 
 
 
vestibular_chines_14
Uma verificação de segurança na província de Shenyang, Lioning. Autoridades prometeram reprimir as colas durante os exames deste ano.
 
 
 
vestibular_chines_15
Lá na China, as colas são tecnológicas. Uma câmera escondida dentro de uma caneta (esquerda) e um receptor disfarçado de borracha são exemplos.
 
 
 
vestibular_chines_16
Óculos contendo uma câmera escondida e uma moeda que serve como receptor.
 
 
 
vestibular_chines_17
Outra engenhoca descoberta em Chengdu, Sichuan.
 
 
 
vestibular_chines_18
Celulares e receptores confiscados. O Ministério da Educação disse que os estudantes pegos trapaceando seriam suspensos de outros exames por um prazo entre 1 e 3 anos.

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!