Os roteiros mais clichês do cinema

Se você abre um quadrinho, assiste uma série, filme ou desenho, com certeza já passou pela sensação de déjà vu em alguns deles. Os personagens são diferentes, a ambientação e até mesmo a maneira de contar pode mudar. Porém, nada de novo é apresentado e, pior, você fica com aquele gostinho de “já vi isso antes” antes mesmo de terminar de ler ou assistir. Confira abaixo os nove roteiros mais clichês do mundo e um que deveria ser banido para evitar esse tipo de problema:

9. Viagem no tempo – Paradoxos, futuros imutáveis, maquinas fantásticas… e tudo isso jogado fora em uma série de clichês. Encontros com seu eu do passado, personagens adivinhões e piadas com a cultura do passado/futuro. Encontrado em: Pokemon 4 – Viajantes do Tempo, Next, O Confronto.

8. Animal/Monstro/Vilão ataca – Inexplicavelmente, um animal enraivecido/monstro produzido por mutação genética/vilão adormecido de lendas surge e ataca os herói. E só. Não há motivação ou função para justificar as cenas lotadas de sangue. Encontrado em: a série Sexta-Feira 13, Godzilla, Altered Beast.

7. Besteirol sem razão – Não importa a motivação, esse tipo de roteiro serve só para reunir um monte de situações constrangedoras (que duram de 2 a 7 minutos), nu gratuito, aquisição de traumas e piadas escatológicas. Normalmente acontece em um grupo de jovens. Encontrado em: American Pie, Todo Mundo em Pânico, Love Hina.

6. Dupla de heróis/tiras – Eles são engraçados, vivem zoando um com a cara do outro, mas na hora de lutar contra o crime, não há ninguém melhor. As séries originais até que seguram o clichê, o que mata são as continuações. Encontrado em: Máquina Mortífera, Bad Boys, Bad Dudes.

5. Troca de papéis – Um é o oposto do outro, seja pai e filho, branco e negro, rico ou pobre. De repente, por uma combinação mágica, acordo, aposta ou um simples desejo mútuo realizado na mesma hora, eles trocam de papel.O final é previsível, com tudo voltando ao normal e os protagonistas se reconciliando. Encontrado em: Vice-Versa, Trocando as Bolas, tramas de quadrinhos dos anos 80.

4. O resgate da mocinha – As meninas odeiam, mas é quase sempre assim: a filha, namorada, pretendente, amante, gatinha e/ou desconhecida vacila e entra em uma cilada. O vilão rapta a mocinha e isso já é motivo o suficiente para desenvolver toda uma “história”. Apesar de cativa, a mocinha adora zoar com a cara do vilão. Encontrada em: série Super Mario, Os Aventureiros do Bairro Proibido, Double Dragon.

3. Os opostos se atraem – Eles não combinam em nada, são o inverso do outro. Em um filme de ação, seriam inimigos mortais. Mas em uma comédia romântica, acabam se interessando um pelo outro e se tornando inseparáveis. Atenção para as cenas onde um não consegue se adaptar ao estilo de vida/mania do outro. Encontrado em: Homem-Aranha, quase todos os filmes de comédias românticas.

2. Rebeldes versus Império – A luta de classes é um excelente motor para tramas. Só que chega um ponto em que satura! Desde Star Wars, a cultura pop é inundada por governos tiranos e suas contrapartes revolucionárias. E lembre-se: derrotar o lider acaba de uma vez só com todo o império. Encontrado em: série Final Fantasy, Gundam Wing, Conan, o Bárbaro.

1. O escolhido – O mundo depende dele. Ele é o portador da luz, condutor da força, o prometido, o messias, o rei da cocada preta, mesmo sem saber. Até ele dúvida dessa capacidade de salvar o mundo (ou o dia), mas uma epifania na metade para o final da história muda tudo isso. Pode morrer no final da trama. Encontrado em: Chonchu, Matrix, Transformers.

0. Quem sou eu? – Nosso herói desmemoriado está sozinho. Não consegue nem lembrar o próprio nome. Não que isso impeça que seus algozes o persigam e ele lembre que sabe lutar, operar um computador ou revelar um segredo quando a hora chegar. Mas o nome… qual é o nome mesmo? Encontrado em: Johnny Mnemonic, Wolverine, Quem sou eu?.

Ufa! E aí, esqueci de algum? Só ressaltando, todos esses roteiros são excelentes temas, mas em mãos erradas acabam virando clichês. Ou seja, 90% dos blockbusters e best-sellers…

Via baldorium

Mais Postagens
Mais Postagens
Parceiros
Comenta aí, butequeiro!